Regimento impede Câmara de votar recriação da verba de gabinete hoje

Blog Diário Político

A votação do requerimento sobre retorno da verba de gabinete foi adiada para próxima semana e com isso seguir prazo regimental de 8 dias para votação, mesmo tratando-se de projeto analisado em regime de urgência.

A decisão foi tomada na sessão desta quarta-feira, 05/12 pela presidente Izabel Montenegro (MDB).

O Vereador Genilson Alves (PMN) tentou argumentar de forma contrária, foi vencido já que a legislação da casa está sendo cumprido.

Discurso

A presidente da Câmara Municipal de Mossoró utilizou a tribuna do legislativo para justificar seu posicionamento sobre a aprovação de um projeto que credencia os vereadores a receberem verba indenizatória a partir de 2019. “O tribunal de contas suspendeu sumariamente nossa verba de gabinete e ainda não deu decisão favorável ao retorno”, disse Izabel Montenegro afirmando não ser contra a verba, mas que precisa de sustentação do TCE/RN.

Contas da Câmara foram apresentadas pela presidente que afirmou ter assumido a administração da casa com mais de 700 mil reais em dívidas variadas, mas que consegui colocar em dia e ainda pagar outros benefícios aos parlamentares e assessores.

Presença

A sessão da Câmara seguiu com participação de membros do MBL que protestam silenciosamente nas galerias contra a aprovação do projeto de lei.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *