Resgatando a história

Amanhã O Mossoroense traz uma reportagem especial sobre os 30 anos do marco simbólico da divisão política da família Rosado. Material que escrevi utiliza parte do que tenho colhido para minha dissertação de mestrado que aborda a cobertura dos jornais da cidade ao longo período. Na minha opinião, a divisão política dos Rosados não foi algo planejado para ocupar espaço de governo e oposição na cidade. Cada dado que coleto reforço essa visão. Foi muito mais fruto de uma série de acontecimentos políticos num processo que durou dez anos entre antecedentes, marcos simbólicos e o momento em que o fato se tornou público e notório. É um material denso. Vale a pena ler.

Improviso
Finalmente o prefeito Francisco José Júnior (PSD) atendeu uma antiga reivindicação petista. Já existe uma sede da vice-prefeitura. Funciona no prédio onde funcionava a sede de um antigo jornal da cidade. Luís Carlos foi para lá de forma improvisada.

Segredo
A transferência de sede da Vice-Prefeitura foi quase secreta. Também não foi anunciado os valores do aluguel. Estranho. Muito estranho.

Correndo
O pessoal da Prefeitura de Mossoró está correndo atrás do jornalista e escritor Tarcísio Gurgel. Na quinta-feira após O Mossoroense registrar o descontamento do diretor do “Chuva de Bala…”, a correria foi grande no Palácio da Resistência.

Furacão
A bronca de Tarcísio Gurgel é só mais um dos estragos deixados pelo furacão Ferdebez. É um constrangimento atrás do outro.

Fez o quê?
Mais uma da série “fez  o quê para merecer”. Ontem o presidente do STF, Ricardo Lewandowski, recebeu título de cidadão potiguar. Aí fica a pergunta: fez o que pelo RN? Se não me engano é a primeira vez que pisa aqui. Sou a favor da honraria. Condeno quando é só para “fazer uma média”.

Constrangimento
Ouço queixas de integrantes das entidades representativas dos empresários como CDL, Sindivarejo e Acim. Têm sido constrangedoras as tentativas dessas entidades empresariais em serem recebidas pelo prefeito Francisco José Júnior. Ele tem evitado conversar com um pessoal que na minha modesta opinião quer apenas colaborar com a gestão dele. Em tempo: os empresários querem uma solução para o retorno dos táxis intermunicipais.

Sina
Daniel José Silva de Souza, conhecido como Daniel Locutor, há anos trabalha na comunicação do Cidade Junina. Pela primeira vez desde então está sem receber pelo trabalho realizado. Ele atuou na Arena das Quadrilhas das 20h às 6h todas as noites/madrugadas. Aguarda o pagamento há seis meses.

Propostas
O deputado estadual Kelps Lima (SD) vai se superando na tentativa de se mostrar diferenciado. Primeiro faz marketing com direito a outdoor e tudo para mostrar ao povo de Natal que é contra o aumento de impostos proposto pelo Governo. Na terça-feira fará um discurso com 30 propostas para o Estado sair da crise sem aumentar impostos. Gostei.

Compartilhe:

Comments

comments

Uma opinião sobre “Resgatando a história

  • 11 de outubro de 2015 em 06:18
    Permalink

    O deputado Kelps Lima é dos melhores quadros políticos da nova geração. Alem de preparado é um parlamentar ponderado e atuante. Sinto-me bem representado pelo voto que conferi ao deputado.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *