Ressaca eleitoral: Fátima recebe adesões. Carlos Eduardo anuncia apoio a Bolsonaro

Sempre que o eleitor escolhe a realização do segundo turno tem um limbo entre o fim da apuração dos votos e o reinício da campanha. É uma época de ajustes nos discursos, correção das estratégias e recebimento de apoios.

Para Fátima Bezerra (PT) que apostou num palanque reduzido no primeiro turno é hora de conquistar os apoios que faltaram para vencer no primeiro turno. Os últimos três dias foram de recebimento de adesões. Primeiro recebeu o apoio do ex-candidato a governador Freitas Junior (REDE) que teve 9.067 votos.

Ontem ela recebeu o apoio da prefeita de Cerro Corá, Graça (PSD) e o vice-prefeito Zeca Araújo, além dos vereadores Graça Santos, Maciel de Doca, José Erivanaldo (Erinho), Francisco Aldo (Aldin) e Evilásio Bezerra, presidente do PPS.

Neste município Fátima foi a mais votada com 2.792 votos e o governador Robinson Faria (PSD) que tinha o apoio deste agrupamento ficou em terceiro com 1.417 votos.

Hoje ela recebeu o apoio do ex-candidato a deputado estadual Gustavo Costa (PSD) que teve 22.767 sufrágios.

Em outra frente o candidato Carlos Eduardo Alves (PDT) anunciou apoio ao candidato a presidente da república Jair Bolsonaro (PSL) apostando na popularidade do favorito ao Palácio do Planalto.

Bolsonaro foi bem votado no Rio Grande do Norte recebendo 541.448 votos. Já Carlos Eduardo Alves ficou com 525.933 sufrágios.

Compartilhe:

Comments

comments

3 opiniões sobre “Ressaca eleitoral: Fátima recebe adesões. Carlos Eduardo anuncia apoio a Bolsonaro

  • 10 de outubro de 2018 em 21:03
    Permalink

    É hora da onça beber água, agora vale tudo para vencer a eleição. Esqueçam pudores, cores e outros elementos.

    Resposta
    • 10 de outubro de 2018 em 21:30
      Permalink

      Bem que o blog poderia ser imparcial quanto ao seu conteúdo. Está muito direcionado a a sigla.

      Resposta
  • 11 de outubro de 2018 em 07:10
    Permalink

    Sem conseguir levar para Tv ou redes sociais o pedido de voto de Bolsonaro, de nada adianta esse apoio de Carlos. Conheço muitas pessoas que vão votar 17 + 13 e levar para Brasília um Senador preparado , JEAN PAUL PRATES. Esse não vai comer quentinha na mesa do Senado , nem ficar repetindo É GOPI.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *