Salários de médicos das UPAs estão atrasados desde julho

O médico Leonardo Pereira Sena faz contato com o Blog do Barreto para relatar os atrasos salariais dos médicos que trabalham nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e as péssimas condições de trabalho.

Ele relata que os atrasos alcançam o mês de julho. “Há atraso dos salários desde de julho e, por mais incrível que pareça, não estão pagando as parcelas divididas dos salários do mês de Novembro e dezembro de 2015. Estamos trabalhando em uma total insegurança financeira e desmotivado devido uma situação dessa. Vale frisar, que muitos profissionais trabalham exclusivamente nas UPAS e depende desse trabalho para sobreviver”, revelou.

Indignado, ele disse que o mais próximo de uma negociação diz respeito ao parcelamento do pagamento dos salários de julho. “Estamos em outubro e falta pagar julho, agosto e setembro. A secretária de finanças fez um acordo para parcelar o mês de julho…. É brincadeira”, criticou.

 A insegurança é grande e o médico afirma que não sabe se a próxima gestão assumirá a dívida. “Está Horrível e sem condições de trabalhar aqui….Nem sabemos como vai ficar os meses de outubro, novembro e dezembro….A próxima gestão vai assumir essa dívida? Acho difícil”, analisou.

 Além dos atrasos salariais, os médicos ficam de mãos atadas por conta da falta de material. “Ainda trabalhamos sem as mínimas condições, com a falta de insumos, medicamentos e locais insalubres”, frisou.

O Blog do Barreto fez contato com a assessoria de comunicação da Secretaria Municipal de Saúde que ficou de repassar a explicação.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *