Secretário afirma que arrecadação do IPTU cresceu “apenas” 36% e admite erro técnico na alimentação de dados no Portal da Transparência

WhatsApp Image 2018-07-19 at 14.57.27

Em entrevista ao Meio-Dia Mossoró (95 FM) o secretário municipal da fazenda Abraão Padilha informou que a arrecadação do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) acresceu “apenas” 36% no comparativo entre os primeiros semestres de 2017 e 2018.

A informação contraria os dados do Portal da Transparência (ver AQUI). “Nós temos um acompanhamento constante da arrecadação e esse dado de 86% teve algum equívoco na alimentação do Portal da Transparência ou no que seja porque o dado real é de que tivemos um aumento de 36% no IPTU, mas eu ainda corrijo esse valor porque a comparação de janeiro a junho causa viés na estatística porque ano passado só começamos a cobrar o IPTU em maio e esse ano foi em março. Boa parte da arrecadação foi para o segundo semestre. Ano passado o parcelamento foi até dezembro e esse ano vai até agosto. É provável que até o final do ano o aumento seja de 10 a 15%”, frisou.

A diferença é que nas contas do secretário arrecadação do tributo em 2017 foi de R$ 9.354.975,65  e não R$ 5.612.985,39. Isso aconteceu por um equívoco na alimentação dos dados (ver “nota do Blog”).

O secretário ainda explicou que o georreferenciamento não é uma herança da gestão anterior, mas fruto de um trabalho iniciado em 2012.

Nota do Blog: o Blog do Barreto se baseou em dados do Portal da Transparência relativos ao item principal do IPTU comparando principal x principal dos primeiros semestres de 2017 e 2018.

No IPTU de 2017 há outras modalidades do tributo (IPTU Educação e IPTU Saúde) além do principal que não aparecem nos números de 2018 (nem em anos anteriores) tornando a comparação sujeita a controvérsias.

Ao fazer uma nova consulta ao Portal da Transparência o editor desta página identificou a inconsistência dos números e comunicou ao secretário que reconheceu o problema e nos informou que iria providenciar a correção.

 

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *