“Silveira não está tendo a ajuda que esperava do governador Robinson Faria”, diz Izabel Montenegro

A vereadora Izabel Montenegro (PMDB) ao analisar os problemas da gestão do prefeito Francisco José Junior (PSD) levantou uma questão até agora pouco usada pelo chefe do executivo municipal para justificar a impopularidade: a ausência de parcerias com o governador Robinson Faria (PSD).
Para a parlamentar o governador não deu a ajuda esperada. “Silveira não está tendo a ajuda que esperava do governador Robinson Faria e mesmo assim ele está fazendo alguns investimentos. Há erros e acertos. O problema é que estamos em época de eleição e só apontam os erros”, declarou em entrevista ao Meio-Dia Mossoró da 95 FM.
Sobre o PMDB, a vereadora classificou a legenda como “perdida” nas articulações. “O PMDB está perdido e meio. O PMDB está a deriva. Todos os partidos estão se reunindo e se organizando. O PMDB se perde numa disputa para indicar o vice”, acrescentou.
Sobre o nome ideal para governar Mossoró, Izabel foi além da simples definição de um nome. Para ela é preciso uma classe política unida. “Na situação em que os municípios estão, teremos que ter bem mais que boas intenções. O que falta muito no Rio Grande do Norte, principalmente em Mossoró é que todos se unam”, frisou.
Na sequência mesmo sem citar a ex-governadora Rosalba Ciarlini (PP), a peemedebista lembrou que ela no passado recente Mossoró perdeu oportunidades. “O que faltou a Mossoró foi na época das vacas gordas saber usar bem os recursos dos royalties do petróleo”, declarou.
Ela também teceu críticas ao presidente da Câmara Municipal Jório Nogueira (PSD) que na ótica dela se deixou acuar pelos estudantes que protestaram nas duas últimas semanas contra o aumento dos salários dos vereadores e a criação de 21 novos cargos comissionados. “O presidente pouco está presidindo as sessões depois desses movimentos”, avaliou.
Ela disse desconhecer que o presidente tenha comunicado a realização da sessão de hoje na Comunidade da Rural da Maisa. “Desafio ele a dizer que falou a vereadora Izabel Montenegro que a sessão seria na Maisa”, acrescentou.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *