Sindicalista defende que PT deixe gestão municipal

A presidente do Sindserpum Marleide Cunha defendeu que o PT se afaste do prefeito Francisco José Junior (PSD).

Em entrevista ao Meio-Dia Mossoró de ontem, ela alegou que estava defendendo isso enquanto cidadã. “Não sou a favor dessa aliança. Estou falando como cidadã porque meu partido é o sindicato. Como presidente do Sindserpum não me interessa quem é o prefeito. Meu papel é defender os servidores públicos”, explicou.

Ainda falando ao programa da 95 FM, ela justificou o posicionamento como uma defesa aos princípios do PT. “A minha atuação é em sindicato. A minha questão é a luta de classes e sempre tive um pensamento de que o PT deveria seguir os seus princípios, mas o fato de eu entender o partido não significa que eu concorde”, justificou.

A sindicalista disse ainda que se houver novo atraso de salário uma nova greve está programada para 1° de fevereiro.  Ela também traçou um cenário negativo para o serviço público em 2016. “Teremos muitas  greves”, frisou.

 

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *