Sindsaúde afirma que pacientes nos corredores do HRTM mais que quadruplicou

Em uma semana, o número de pacientes nos corredores do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM) saltou de 7 pacientes em macas para 30. A maior variação no RN, mais do que quadruplicou. Os dados foram divulgados hoje pelo Sindsaúde.

Nesta segunda-feira (28), o “Corredômetro” contabilizou 142 pacientes em macas nos quatro maiores hospitais do RN: Walfredo Gurgel e Santa Catarina, em Natal; Deoclécio Marques, em Parnamirim; e o Tarcísio Maia, em Mossoró.

O Walfredo Gurgel registra a maior concentração de pacientes em macas,  com 62 pacientes.

Durante essas 15 semanas, o “Corredômetro” vem sendo uma base para divulgar a atual situação da saúde pública no Rio Grande do Norte. As cenas de pacientes jogados nos corredores, com atendimento precário, aguardando um leito e muitas vezes precisando comprar medicamentos se repete a cada contagem. Desde o dia 29 de junho, o dia que foi lançado o “Corredômetro”, o Sindsaúde denuncia as condições de trabalho nesses quatro hospitais.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *