Styvenson reaparece no noticiário com trapalhada e acusação leviana

O senador Styvenson Valentim (PODE) tem se mostrado um craque quando o assunto é gerar pautas negativas (desnecessárias) contra si.

No final de semana ele foi assunto nas  redes sociais primeiro pelo post atrapalhado no Instagram em que deixou escapulir duas imagens com cenas de sexo oral.

Muita gente pudica se chocou com a história.

Deixando a histeria de ordem sexual de lado, o grave mesmo envolvendo o senador foi a acusação leviana de que os profissionais da Unidade Básica de Saúde (UBS) teriam participado do assalto que levou vacinas há uma semana.

Disse Styvenson em sua conta no Instagram:

Não bastava os profissionais da saúde fingindo que aplicava injeção pra ficar com ela… agora perderam a timidez e partiram pro assalto. Imagina quanto num tá valendo uma vacina dessa ? Agora pensa aí se num já tem comprador ? Produto escasso, que salva uma vida, em lugar fácil de entrar pra roubar. Falta mais nada agora as vacinas terão escolta armada ou ficaram em cofres de banco.

O comentário leviano foi alvo de repulsa do Sindsaúde que por meio de nota:

Somos profissionais de saúde da linha de frente, há mais de um ano damos nosso sangue, lágrimas e suor na luta incansável de promover saúde e conscientizar a população acerca da pandemia que nos assola e nos tira entes queridos de forma abrupta e profundamente dolorosa. Carregamos o peso de seguir atuando sob o risco de contaminação, de levar o vírus para familiares e ainda, sob um imenso desgaste físico e mental. Como se não bastasse, sofremos um violento assalto que nos pôs sob a mira de armas de fogo, agressão física e psicológica que deixou profundas marcas emocionais em cada uma e em cada um. Não é admissível que esta grande violência seja estendida ainda mais, agora para a esfera virtual, gerando suspeitas e novos riscos de mais violência.

A entidade exige uma retratação do senador que além do constrangimento poderá ganhar um processo nas costas.

Comments

comments

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter

Canal Bruno Barreto