Deputado é liberado para mudar de partido e vai para o PL

Kleber Rodrigues vai para o PL (Foto: Eduardo Maia/ALRN)

Blog Saulo Vale

O deputado estadual Kleber Rodrigues vai se filiar ao Partido Liberal (PL), legenda presidida no estado pelo deputado federal João Maia.

A decisão foi anunciada depois que o Tribunal Regional Eleitoral do RN (TRE-RN) aprovou, à unanimidade dos votos, a petição de desfiliação partidária. O parlamentar, que foi eleito no pleito de 2018, estava filiado ao Avante.

“Irei conversar com o deputado federal João Maia para definirmos a data de filiação à legenda, o que deve acontecer nos próximos dias”, disse.

Compartilhe:

Vereadora oficializa filiação partidária

Aline Couto assina ficha de filiação ao Avante (Foto: Redes Sociais)

Hoje, às 19h, no Hotel Villa Oeste, a vereadora Aline Couto oficializa a filiação dela ao partido Avante. O evento será aberto ao público.

Aline conta que está retornando às origens políticas ao se filiar ao Avante. “Estamos no Avante com o sentimento de fortalecimento do partido aqui na cidade e a garantia da autonomia em relação às decisões a nível local. Estou retornando a minha casa pois sai candidata em 2012 pelo PT do B número 70 hoje, Avante. Ano de 2012 fiquei na segunda suplência”, lembra.

Compartilhe:

Vereadora encontra destino partidário

Avante recebe Aline Couto (Foto: cedida)

A vereadora Aline Couto vai se filiar ao partido Avante. O acerto aconteceu ontem em Natal em reunião com o Presidente do Diretório Municipal “Novinho” e com a presidente estadual da agremiação Karla Veruska.

Também participou do encontro o vereador Raniere Barbosa, presidente do diretório do partido em Natal.

Aline Couto foi eleita pelo PHS em 2016 e desde 2017 estava sem partido após divergências com o comando estadual da agremiação.

Ano que vem ela tenta a reeleição.

Compartilhe:

Avante pode ser o destino partidário de vereador mossoroense

Genilson pode ir para o Avante (Foto: Bruno Barreto)

O partido Avente do deputado estadual Bernardo Amorim podem ser o destino partidário do vereador Genilson Alves que busca autorização da justiça eleitoral para se desligar do PMN.

Em entrevista ao Meio-Dia Mossoró da 95 FM, o parlamentar disse não ter nada definido e que não recebeu convite de nenhuma agremiação, mas reconheceu que o bom relacionamento com Bernardo Amorim pode leva-lo ao Avante. “Ainda não tratei do assunto com nenhum partido. Vou esperar a autorização da justiça para ver para onde vou. O Avante é uma possibilidade porque tenho uma boa relação com Dr. Bernardo, inclusive fui coordenador da campanha dele em Mossoró”, frisou.

Mais à frente na entrevista Genilson pondera: “Não é porque fui coordenador da campanha dele (Bernardo Amorim) que vou para o Avante. Esse assunto ainda vai ser discutido”.

Câmara Municipal

Ao avaliar a Câmara Municipal de Mossoró, Genilson Alves declarou que trabalha para que o parlamento seja independente. “Hoje não temos independência. A bancada governista é muito subserviente”, disparou.

Compartilhe:

Projeto do Plano Estadual de Desburocratização avança na Assembleia

Projeto é do deputado Kleber Rodrigues (Foto: João Gilberto)

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) aprova em reunião realizada no final da manhã desta terça-feira (11) o Projeto de Lei 129/2019, de autoria do deputado Kleber Rodrigues (Avante), criando o Plano Estadual de Desburocratização – Empreenda Fácil, que tem por finalidade incentivar o empreendedorismo no Rio Grande do Norte.

“Abrir uma empresa no Estado demora muito e é preciso agilidade no processo para que o Rio Grande do Norte não perca empreendimentos para outros estados, onde os processos são resolvidos em tempo mais rápido. Aqui tem empresa que espera seis meses para poder conseguir autorização dos órgãos para a implantação de sua empresa”, disse o deputado Kleber Rodrigues.

Pelo Projeto que continuará tramitando para ir ao plenário para a votação final, o Plano fica vinculado à secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado. O Plano diminuirá o tempo para a abertura e fechamento de empresas.

O processo de abertura e encerramento de empresas pelos empreendedores serão realizados em plataformas online, que agregam os diferentes órgãos fundamentais para a obtenção dos licenciamentos e autorizações federais, estaduais e municipais.

Ainda de acordo com o Projeto de Lei, para as empresas que desenvolvem atividades de baixo risco, o tempo para a regularização será de quatro dias. Caberá ao Poder Executivo definir as atividades de baixo risco.

Das outras 13 matérias constantes da pauta, 10 foram aprovadas e três tiveram pedidos de vista pelos deputados George Soares (PR) com dois pedidos e Isolda Dantas (PT).

Participaram da reunião os deputados Raimundo Fernandes (PSDB), Kleber Rodrigues, George Soares, Hermano Morais (MDB) e Isolda Dantas.

Compartilhe: