Confira como votaram os senadores do RN na proposta que visa combater fraudes na previdência

Como votaram os senadores do Rio Grande do Norte na análise da Medida Provisória (MP) 871 que visa combater fraudes na Previdência Social?

O único a votar a favor foi o senador Styvenson Valentim (PODE).

Já Zenaide Maia (PROS) votou contra. Enquanto Jean Paul Prates se ausentou do plenário.

A proposta tem como foco realizar um programa de revisão de benefícios previdenciários, a MP exige cadastro do trabalhador rural e restringe o pagamento de auxílio-reclusão aos casos de cumprimento da pena em regime fechado.

A medida foi aprovada por 55 x 12.

Compartilhe:

Deputado articula propostas em audiência com senadores

Deputado presta contas de audiência com senadores (Foto: montagem Blog do Barreto)

O deputado estadual Allyson Bezerra (Solidariedade), participou nesta quarta-feira (20), de audiências com os senadores Capitão Styvenson Valentim (Podmeos) e Jean-Paul Prates (PT) e a senadora Zenaide Maia (PROS), em Brasília/DF, para tratar de assuntos de interesse do Rio Grande do Norte.

Na ocasião, o deputado solicitou aos senadores emendas parlamentares que contemplam as áreas da saúde e segurança pública. O impasse vivido pela indústria salineira também foi tema da conversa entre os parlamentares.

Allyson Bezerra destacou à necessidade da união da classe política potiguar para o fortalecimento e recuperação do Rio Grande do Norte. “Mais do que nunca o Rio Grande do Norte precisa de sua classe política unida em prol do melhor para nosso estado, é hora de esquecer bandeiras, de esquecer ideologias, arregaçar as mangas e trabalhar pelo RN”, destacou o parlamentar.

Compartilhe:

Senador nega retirada de assinatura de CPI

Senado confirma assinatura em CPI

O senador Jean Paul Prates (PT) em contato telefônico com o Blog do Barreto negou que tenha retirado assinatura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) proposta para investigar o desastre de Brumadinho.

Segundo o parlamentar, na semana passada ele foi procurado pelo senador Otto Alencar (PSD/BA) para apoiar a proposta e assinou. Durante o final de semana ele foi informado que outras duas CPIs com o mesmo tema foram sugeridas na Câmara dos Deputados, sendo uma delas reunindo as duas casas. “Aí pedi para suspender minha assinatura para saber qual delas seria proposta e após tirar as minhas dúvidas reafirmei a assinatura ontem. Quis apenas esperar qual delas ia vingar porque há um limite para CPIs”, explicou.

O petista disse ainda que assinou uma outra CPI voltada para o tema da mineração. “É possível que esta se reúna a de Brumadinho”, acrescentou.

Ele também acrescentou que o PT não é contra nenhuma das CPIs. “A justificativa de que queremos proteger (Fernando) Pimentel (ex-governador de MG) não faz sentido porque essas barragens foram construídas antes do governo dele”, justificou.

Compartilhe:

Zenaide e Jean Paul decepcionam RN em primeiro teste no Senado. Styvenson cumpre promessa

Os senadores Zenaide Maia (PROS) e Jean Paul Prates (PT) decepcionaram os eleitores que esperam votos em defesa da transparência na atividade política.

Na votação que decidiu pelo voto aberto para presidente do Senado, os dois optaram por se ausentar do plenário.

Apenas o senador Capitão Styvenson (sem partido) ficou presente e ele foi a favor da votação aberta. O militar foi eleito pregando a ética na política.

Passou no primeiro teste.

O resultado da votação foi 50 x 2 para o voto aberto. Ao todo 29 senadores se ausentaram entre eles dois do RN.

Na madrugada de hoje o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Tóffoli anulou a votação determinando que a escolha do presidente do Senado seja de forma secreta.

Compartilhe: