Ações de promotores em campanha pode ser investigada pelo Conselho Nacional do MP

O Conselho Nacional do Ministério Público deverá nos próximos dias decidir apurar a realização de operações e denúncias feitas por promotores em plena campanha eleitoral. O pedido foi feito pelo conselheiro Luiz Fernando Bandeira de Mello.

O assunto envolve os casos que envolvem os presidenciáveis Geraldo Alckmin (PSDB) e Fernando Haddad (PT), mas pode ter efeitos no Rio Grande do Norte onde o Ministério Público tem sistematicamente promovido ações e operações envolvendo candidatos e apoiadores importantes deles.

Nota do Blog: se as investigações seguem um curso normal e são realizadas dentro do período eleitoral não há o que discutir. A irregularidade é a de realizar denúncias atropeladas apenas para influir no pleito.

Compartilhe: