TCM apresenta nova identidade visual

A TV Cabo Mossoró (TCM) apresentou sua nova identidade e campanha de 16 anos da empresa agora há pouco, durante a abertura oficial da FICRO (Feira Industrial e Comercial da Região Oeste), noite de ontem, 08. A nova fase foi revelada pela diretora geral Zilene Medeiros: “Aqui estamos em nome dos diretores e dos 400 colaboradores da empresa, acompanhado e divulgando o desenvolvimento econômico de Mossoro e do Rio Grande do Norte ao longo desses 16 anos. Lembro ainda quando transmitimos pela primeira fez a FICRO e, na ocasião, da saudosa memória de Milton Marques que sempre dizia que se podemos fazer alguma coisa, que a façamos com capricho e zelo. Assim estamos fazendo com o legado que ele deixou. Queremos agradecer ainda a ACIM e ao SEBRAE por permitirem que neste evento lancemos a nossa nova marca que conserva as três letras TCM representadas agora com a simbologia de Tecnologia, Comunicação e Multimídia – TCM TELECOM”, disse no cerimonial da Feira.

O Grupo passa a se chamar TCM Telecom para fortalecer o conceito de empresa multissetorial, multiplataforma, unificando os vários produtos ofertados (TV a Cabo, Canal de TV local, Rádios, Internet Fibra Óptica e Aplicativos para Smartphone) em uma marca definitiva. O slogan “Sempre à frente com você” renova o pioneirismo que a TCM possui desde sua criação.

A nova logo com tipografia mais arredondada trouxe à marca modernidade. O antigo arco foi substituído por um feixe de luz mais fino que indica o atual momento da empresa: Internet Fibra Óptica, velocidade, expansão, liderança de mercado e evolução tecnológica.

Para os 16 anos de fundação da TCM Telecom, que serão celebrados no próximo dia 29, o selo de aniversário complementa a nova logomarca com o ideal de humanização, aproximação com o ser social e com as atividades socioculturais que sempre foram conceitos trabalhados incansavelmente pelo fundador, professor Milton Marques, para contribuir com o desenvolvimento de Mossoró e região.

 

Compartilhe:

Mais um “se colar, colou” de Rosalba em obras alheias

A prefeita Rosalba Ciarlini (PP) pegou gosto nesta história de pegar carona nas realizações alheias. A Azul Linhas Aéreas passará a ter seis voos semanais na linha Mossoró/Recife no próximo dia 4.

 

A ampliação nesta data já estava prevista no cronograma da empresa e foi anunciada no início do ano (ver AQUI) e não há qualquer novidade.

Mas num jogo que mistura semiótica e pegadinha com os desmemoriados, a prefeita tenta colar a imagem dela no avanço.

Se colar, colou. Né?

Só para constar o retorno dos voos comerciais no Aeroporto Dix-sept Rosado é uma conquista com as digitais do governador Robinson Faria (PSD). Saiba mais AQUI.

Nota do Blog: só temos a lamentar.

Compartilhe:

Jornalista lança blog em Mossoró

Vonúvio lança blog

Jornalista dos bons, Vonúvio Praxedes se rendeu a blogosfera com seu Diário Político. A página já está no ar com notícias e análises sobre o cenário político de Mossoró e do Rio Grande do Norte.

Atualmente Vonúvio é repórter e apresentador da TCM com destaque para a atuação no programa Cenário Político. Ele também comenta política no Jornal 95 primeira edição.

“A ideia do blog é fazer com que a minha dinâmica do dia-a-dia e sobretudo contato com a informação possa levar a notícia quente e precisa ao internauta”, diz.

Confira o mais novo espaço de notícia AQUI.

Nota do Blog: Vonúvio tem tudo para fazer sucesso nessa nova empreitada. Além de ótima escrita ele tem boas fonte. Sucesso garantido.

Compartilhe:

TCM e 95 FM fazem maior cobertura do dia eleição neste domingo

Neste domingo de Segundo Turno das Eleições Gerais, dia 28, nas disputas pelas cadeiras da Presidência da República e do Governo do Estado, as equipes do Canal 10 da TCM (TV Cabo Mossoró) e 95 FM repetirão a competente jornada de prestação de serviço realizada no primeiro turno do pleito, quando estarão no ar, ao vivo, a partir das 8h, em transmissão conjunta, para levar aos mossoroenses a cobertura completa da votação com informações instantâneas do voto, especialmente em Mossoró.

Mais de 80 profissionais estão escalados para a cobertura com participação de correspondentes em cidades da Região Oeste e na capital Natal. A programação especial só encerra ao término da apuração oficial dos votos. Lembrando que, antes das parciais oficiais do TRE e do TSE, nossas equipes já adiantam as primeiras projeções do voto em Mossoró, através dos resultados apontados pelos extratos das urnas locais divulgados logo após o encerramento do horário de votação.

Nos estúdios, nossos apresentadores receberão especialistas em política, equipes de reportagem vão às ruas mostrar a movimentação nas seções eleitorais, além da interação do telespectador e do ouvinte.

Interaja com a gente, enviando suas informações e vídeos pelo WhatsApp do jornalismo da TCM (84) 98802-8979 ou da 95 FM (84) 98170-9595. O Instagram @tcm10hd e facebook.com.br/tcm10hd contarão com conteúdos e informações exclusivas e em tempo real. A transmissão ocorre também pelo portal www.tcm10hd.com.br, aplicativos TCM Play e TCM 10 Play.

Compartilhe:

Presidente da Assembleia chama radialista para “trocar tapas”

Em um discurso na cidade de Angicos o presidente da Assembleia Legislativa Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) chamou o radialista Gean Carlos da FM Cabugi Central.

O parlamentar demonstrou incomodado com as críticas que o radialista tem feito e avisou que derrota ele no voto e na “porrada”.

Confira tudo no vídeo produzido pelo Blog do VT.

Compartilhe:

Prefeitura não consegue mostrar o que faz com dinheiro arrecadado com multas de trânsito

Na semana passada o Blog do Barreto revelou (ver AQUI) que a Prefeitura de Mossoró aumentou em 118% a arrecadação com multas de trânsito.

A reação da comunicação foi apresentar dados dos tipos de infrações mais comuns com destaque para as multas por falta de uso do cinto de segurança que correspondem a 24,17%.

No entanto, a Prefeitura de Mossoró em nome da transparência poderia muito bem divulgar através de sua assessoria de comunicação o que faz, por exemplo, com o dinheiro arrecadado com multas.

Esse dinheiro é convertido em quê?

Qual o seu destino?

Seria de bom alvitre explicar isso.

Vale lembrar que as reclamações de buracos na cidade são constantes nos programas de rádios e redes sociais. Se o dinheiro das multas estiver sendo destinado para resolver este problema já seria um avanço.

Fica a dica.

Compartilhe:

A guerra silenciosa de Rosalba contra a mídia mossoroense

Liberdade-de-Imprensa

Desgastada e com as redes sociais materializando o desempenho da gestão por meio de críticas a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) tem muito pouco o que mostrar ao povo de Mossoró.

Salário em dia é o mantra.

A lógica do rosalbismo é encarar jornalistas como serviçais que não devem fazer perguntas incômodas nem críticas à gestão. Publicidade é encarada como soldo em troca de silêncio para quem tem blog.

A nova tática da prefeita é proibir que secretários deem entrevistas aos veículos de comunicação não alinhados ao Palácio da Resistência. Nas rodas de conversas entre jornalistas as reclamações são constantes.

Os colegas relatam que as desculpas sempre giram em torno da incompatibilidade de agenda. Os convites são constantemente rejeitados e um simples esclarecimento pode demorar horas para ser apresentado por escrito.

Faz tempo que não ouço nem assisto entrevistas dos auxiliares da prefeita na mídia local. A própria prefeita só se manifesta por meio dos canais oficiais do município.

A guerra silenciosa de Rosalba com a mídia local expõe um pouco do autoritarismo ultrapassado de sua gestão que atua como se ainda estivesse nos anos 1990.

Todo jornalista sério quer abrir espaços para a gestão independente de quem seja porque sua preocupação principal é com o público. Os secretários e a prefeita têm a obrigação de se comunicarem com o povo.

Essa birra é sintoma de falta do que mostrar e medo de ter que se explicar.

Compartilhe:

Novo Jornal descumpre acordo com demitidos

Abaixo nota dos jornalistas demitidos pelo Novo Jornal denunciando o descumprimento do acordo na Justiça do Trabalho,

É com tristeza que denunciamos mais um duro golpe contra a atividade profissional regular de Jornalistas no Rio Grande do Norte. Os mais de 20 profissionais demitidos do NOVO Jornal que aceitaram proposta da empresa para receber de forma parcelada as verbas rescisórias, em um acordo claramente desvantajoso para os trabalhadores, foram prejudicados pelos sócios do jornal.

Além de tomar todas as medidas judiciais cabíveis, o grupo está tornando o caso público e procurando todos os órgãos de investigação e fiscalização para obter auxílio no processo de busca pela transparência de informações, sobretudo no tocante ao funcionamento do sistema de transferência de recursos vindos do exterior, modelo sistematicamente alegado pela empresa para justificar as inúmeras intercorrências dos pagamentos desde o final de 2014 (ano em que o grupo empresarial assumiu o jornal).

Os profissionais têm informações acerca da presença das empresas RitzG5, do ramo imobiliário, de seus diretores Luiz Matida e Fernando Lessa, gerente comercial da RitzG5, que assinava o expediente do jornal como Fernando Laudares, e do advogado e professor André Elali na organização, elaboração e no comando do arranjo empresarial que resultou na aquisição do NOVO Jornal das mãos do jornalista Cassiano Arruda Câmara, em 2014. Cassiano Arruda Câmara criou a Anote, razão social da empresa que publicava o NOVO Jornal, em 2009.

Até bem pouco tempo a Ritz era associada à construtora G5, do empresário Sami Elali. Intitulava-se RitzG5. O advogado José Henrique Azeredo também foi apontado pelo comando como responsável pela empresa durante a transição.

Todas estas informações embasarão a série de medidas que os jornalistas começaram a tomar.

Após aceitarem abrir mão de juros e correção monetária, aceitarem parcelar em até oito vezes os valores a receber e permitirem que a primeira parcela fosse efetuada somente seis meses após o processo de encerramento do jornal, em outubro de 2017 (alternativa colocada pela empresa como única possibilidade de negociação), os jornalistas viram o pagamento das verbas rescisórias ser suspenso com menos de 50% da quitação prevista. O acordo foi feito com mediação do Ministério do Trabalho. E o descumprimento, comunicado ao grupo de jornalistas neste mês.

Os profissionais vítimas do descumprimento do acordo estão recebendo apoio de colegas e entidades, como o Sindicato dos Jornalistas do RN, que está dando todo o suporte ao grupo na ação trabalhista.

É de se lamentar que, além da crise que afeta o setor, profissionais ainda sejam vítimas de um golpe só comparável à exploração de má-fé.

O Jornalismo passa por uma série de transformações, mas não concordamos que em nome delas seja justificado o desrespeito ao profissional. Ao contrário, mais do que nunca a sociedade precisa da mediação jornalística para dar vez e voz às diversas conflagrações, sobretudo as potencializadas pelas redes sociais.

Dentro desse contexto, pedimos apoio à luta dos trabalhadores demitidos do NOVO Jornal como algo que importa não só a eles, mas a toda uma classe, fundamental para a democracia e para a sociedade manter-se informada com profissionalismo e honestidade.

  Jornalistas demitidos do NOVO Jornal.

Compartilhe:

A realidade paralela de Robinson

WhatsApp Image 2018-04-17 at 11.15.00

Além da entrevista ao Meio-Dia Mossoró acompanhei outras entrevistas do governador Robinson Faria (PSD) em Mossoró. Fico impressionando com a autoestima do governador mais impopular da história potiguar.

Na opinião dele o atual Governo fez uma revolução na saúde em Mossoró. A segurança nunca recebeu tantos investimentos e os números são ruins porque os bandidos possuem bons advogados e estão organizados. Quando perguntamos sobre investimentos na área de inteligência ele disse que vai tudo bem obrigado.

Para ele a greve da educação é política (aliás toda greve é política, os próprios grevistas dizem isso) e a gestão dele está fazendo grandes investimentos.

O governador vive em uma realidade paralela onde o Rio Grande do Norte está em pleno desenvolvimento e que a gestão dele finalmente está fazendo surgir um novo momento na economia do Estado, presa a um modelo criado na década de 1970.

A impopularidade na cabeça de Robinson é fruto de armações dos institutos de pesquisa que trabalham para adversários. Ele disse sentir apoio popular por onde passa e que só em junho vai decidir se vai ou não para a reeleição.

O governador também acredita que pode ter o apoio da prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini (PP).

Ele jura que venceu a crise.

O que mais impressiona no discurso de Robinson é que ele passa a impressão de acreditar no que fala.

Compartilhe:

Portal inova com jornalismo alternativo em Mossoró

Outras vibes

Já pensou um portal de notícias com informações curiosas sobre Mossoró? Um site onde você possa encontrar seis dicas onde comer com apenas R$ 6 na cidade ou saber quais as decidas em formaturas foram mais visualizadas nas redes sociais e ao mesmo tempo ver uma matéria bacana sobre o Shopping a céu aberto na praça do Mercado Central?

Só sendo numa outra vibe mesmo.

A equipe é formada por Sabatta Soares, Danilo Moisés, Marina Clara Soares e Erisberto Rêgo. Ainda tem a participação de Lara Gois deixando de lado o esporte e escrevendo sobre moda.

A proposta do site http://outrasvibes.com/ é justamente misturar jornalismo com entretenimento e bom humor trazendo informações que você não vai encontrar no Blog do Barreto, por exemplo.

Eu já visitei, gostei e aprovei.  Vá lá e vote na enquete e opine sobre qual o mossoroense mais ilustre da história. Fui lá e votei em Antonio Francisco.

Compartilhe: