Acusada de corrupção na “Dama de Espadas” recupera direito de ocupar cargo público

Blog Heitor Gregório

Apontada como mentora de um esquema na Assembleia Legislativa do RN, Rita das Mercês Reinaldo ganha o direito de novamente ocupar cargo público e sair do RN.

A decisão foi do juiz Ivanaldo Bezerra, alegando não haver condenação de nenhum dos envolvidos. Nem sequer denúncia oferecida.

Ritinha fica autorizada também a frequentar novamente o espaço da Assembleia Legislativa, de onde já está aposentada.

A decisão foi estendida a outras quatro pessoas também envolvidas no processo.

Operação Dama de Espadas
Investiga o desvio de R$ 5,5 milhões da Assembleia Legislativa, entre os anos de 2006 e 2011, período em que a casa era presidida pelo hoje governador Robinson Faria (PSD).

Nota do Blog: o Ministério Público deve uma satisfação a sociedade sobre esse caso. A decisão judicial é fruto da demora do parquet em tomar uma atitude mais efetiva.

Compartilhe: