Flávio Tácito confirma ter testado positivo para covid-19

Flávio admite ter testado positivo para covid-19 (Foto: arquivo)

O vereador Flávio Tácito (PP) admitiu em conversa com o Blog do Barreto que testou positivo para covid-19. “Foi em março. Hoje estou bem”, garantiu.

O parlamentar disse que cumpriu quarentena e todos os protocolos previstos. “Segui a risca todas as orientações do meu médico”, frisou.

O vereador informou que segunda-feira fará novos exames para saber como se encontra o quadro de saúde dele.

 

Ontem a presidente da Câmara Municipal de Mossoró Izabel Montenegro (MDB) admitiu que dois vereadores estariam com covid-19.

Um deles é Flávio Tácito. O outro nome permanece sob sigilo.

Em Mossoró temos 63 casos confirmados da doença e cinco óbitos. Outros 43 foram descartados.

Compartilhe:

Partido de Rosalba passa a ter sete vereadores na Câmara Municipal

Rosalba e Beto receberam os novos filiados hoje (Foto: cedida)

O PP da prefeita Rosalba Ciarlini agora tem sete parlamentares na Câmara Municipal de Mossoró.

Além de recém-chegados Alex Moacir (ex-MDB) e Manoel Bezerra (ex-PRTB) se juntam a Francisco Carlos os vereadores Toni Cabelos (ex-PSD), Ricardo de Dodoca (ex-PROS), Zé Peixeiro (ex-PTC) e Flávio Tácito (ex-PC do B).

Também se filiou ao PP a ex-vereadora Arlene Souza.

As fichas foram abonadas pela prefeita de Mossoró e o deputado federal Beto Rosado (PP) na manhã desta quinta-feira.

Com informações do Blog Saulo Vale

Compartilhe:

“Não sou moleque para ser expulso de partido”, diz Flávio Tácito

Vereador reage à resolução do PC do B (Foto: Edilberto Barros/CMM)

O vereador Flávio Tácito reagiu ao que interpretou como expulsão do PC do B. Em conversa com o Blog do Barreto, o parlamentar mostrou indignação: “Não sou moleque para ser expulso de partido”.

O parlamentar disse que não tem nenhuma dificuldade em sair do PC do B e avisou que não teme encarar um chapão nas eleições de outubro. “Se não me querem lá (no PC do B) eu saio. Não tenho medo de encarar chapão. Já me elegi nessas circunstâncias em 2016”, lembrou.

O vereador disse ainda que não foi procurado pelo PC do B e estranhou a decisão. “O PC do B nunca elegeu um vereador em Mossoró e comigo poderia ter essa chance”, lamentou.

Compartilhe:

Partido apresenta “porta da rua” a vereador

Flávio Tácito está fora do PC do B (Foto: Edilberto Barros/CMM)

Os mais antigos diziam “a parta da rua é a serventia da casa” aos insatisfeitos ou que não seguiam as regras. Pois bem, o caso vale para o vereador Flávio Tácito que quis ficar no PC do B dando uma de “João sem Braço” para ver no que ia dar.

Sem vivência no partido e sempre fiel ao governismo coube ao oposicionista PC do B apresentar as portas da rua para o parlamentar.

Numa resolução do Comitê Municipal o PC do B informa que Flávio não fará parte da lista de candidatos a vereador pelo partido e que ele está livre para se filiar a outra agremiação. “A decisão faz parte da reafirmação ideológica do conjunto PCdoB enquanto partido progressista, defensor da democracia e opositor a gestão de Rosalba Carlini”, diz o presidente do partido em Mossoró, Pedro Lúcio Góis.

Flávio nunca foi de fato do PC do B. A filiação dele ao partido se deu de forma automática porque o PPL foi incorporado pelos comunistas no ano passado.

Confira a resolução AQUI.

Compartilhe:

Incorporação partidária terá efeitos na Câmara de Mossoró

Flávio Tácito pode ser o primeiro “comunista” da Câmara de Mossoró (Foto: Web)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou na terça-feira a incorporação do PPL pelo PC do B. A decisão tem efeitos na política mossoroense e, de forma automática, leva os comunistas a terem um assento pela primeira vez na Câmara Municipal de Mossoró.

O vereador Flávio Tácito é do PPL que vai se tornar parte do PC do B. O parlamentar, que está em licença para tratamento de saúde, vê com simpatia a possibilidade de se tornar um “comunista”. “Gosto das ideias do PC do B”, disse ao Blog do Barreto.

Flávio Tácito informa que está analisando a possibilidade de ficar ou sair do partido. “Você sabe que estou liberado para ir para onde eu quiser”, lembra em alusão ao dispositivo da fidelidade partidária que permite a troca de sigla em casos de incorporação.

Com a incorporação do PPL, o PC do B volta a ter acesso aos recursos do fundo partidário e horário no rádio e TV.

Compartilhe:

Vereador de Mossoró é assaltado

Blog Diário Político

 

Flávio Tácito foi assaltado na porta de casa (Foto: reprodução redes sociais)

Não está nada fácil conviver com a falta de segurança em Mossoró. O Diário Político noticiou semana passada assalto sofrido pela vereadora mossoroense Aline Couto (sem partido.

Desta vez a vítima da violência foi o vereador Flávio Tácito (PPL). Na sua página do Facebook Flavinho contou como foi a ação dos bandidos na noite de segunda-feira, 20/05: “Fomos assaltados na porta de nossa casa e tivemos nossos bens como carro, celulares e documentos levados por assaltantes. Apesar do triste ocorrido e das percas materiais, nenhum mal nos aconteceu. Deus é conosco!”

Num passado recente o parlamentar já foi vítima de outros assaltos e também desta vez, voltou a cobrar melhoria da segurança pública em Mossoró, destacando sua veia religiosa escreveu: “Continuaremos lutando para que tenhamos uma Mossoró cada vez mais segura e melhor para se viver! Que Deus abençoe a cada um de vocês e que poderosa intercessão de Santa Rita venha a nos livrar de todos os perigos”.

Compartilhe:

NÃO FOI RONDINELLI. Documentos mostram de quem partiu título de persona non grata para Marleide

Ao contrário do que declarou no Meio-Dia Mossoró (95 FM) a presidente do Sindserpum Marleide Cunha, não partiu do vereador Rondinelli Carlos (PMN) o requerimento propondo o título de persona non grata para a sindicalista.

O autor da proposição (ver imagem) é o vereador Flávio Tácito (PPL) que contou com o apoio dos outros colegas governistas que subscreveram a proposta.

Segundo a Assessoria de Comunicação da Câmara quando um outro parlamentar faz isso se torna também autor da matéria.

É preciso entender que são duas matérias. Uma propondo o título e outro evocando o artigo 332 que proíbe pessoas que receberam título de persona non grata sejam impedidos de receber honrarias em Mossoró.

Confira os dois requerimentos (é lá embaixo que você verá que o autor é Flávio Tácito).

REQUERIMENTO 1

REQUERIMENTO 2

Compartilhe:

Suplente se afina com governismo antes de assumir posto na Câmara

Jório deve assumir mandato por dois meses (Foto: autor não identificado)

Blog Carol Ribeiro

O vereador Flávio Tácito (PPL) deve tirar licença da Câmara Municipal de Mossoró para cirurgia, que deve acontecer depois da semana santa.

Enquanto isso, o ex-vereador Jório Nogueira, suplente da vaga de Flavinho, conversou com o Blog Carol Ribeiro e afirma que só viu a notícia através da imprensa e redes sociais. Mas, caso passe a ocupar cadeira na Câmara, tende a assumir postura governista.

“Eu torço para que Rosalba faça o melhor por Mossoró”, disse o ex-vereador. Ele afirmou que entende o período de crise que todos os municípios do país estão passando, vê boas intenções na gestão de Rosalba e que não adianta fazer oposição sem motivo. Jório disse ainda que vai apoiar os projetos que sejam bons para Mossoró.

Nota do Blog do Barreto: Jório faz o discurso correto. Na condição de suplente que vai assumir a vaga de um parlamentar governista ele não poderia dizer outra coisa a não ser que vai se alinhar ao rosalbismo.

Compartilhe:

Vereador confirma licença para fazer cirurgia

Flávio Tácito passará por cirurgia (Foto: reprodução/Youtube)

O vereador Flávio Tácito (PPL) vai se licenciar da Câmara Municipal para passar por um procedimento cirúrgico que deve tirá-lo do parlamento por pelo menos dois meses.

Ao Blog do Barreto, o parlamentar informou que a operação deve ser realizada após a semana santa.

Na ausência de Flávio que assume a vaga é o ex-presidente da Câmara Municipal Jório Nogueira (PSD).

Compartilhe: