Governo volta a discutir calendário de pagamento com Fórum de Servidores

O Governo do Estado e o Fórum Estadual dos Servidores, se reúnem amanhã, às 11 horas, na Governadoria.

Estarão presentes o Governador em exercício Antenor Roberto (PC do B), o secretário chefe da Casa Civil Raimundo Alves e a Equipe Econômica.

PAUTA

Transparência: O Fórum Estadual dos Servidores, cobra do Executivo, o retorno da apresentação do fluxo de caixa do mês vencido;

Calendário de Pagamento para o restante do ano de 2019: Décimo terceiro e dezembro

Calendário de Pagamento dos Salários Atrasados de 2018: Novembro, décimo terceiro e dezembro

Projeto de Lei, instituindo o Comitê de Negociação Permanente

Retorno imediato dos investimentos na SET

Abertura de Negociação sobre o impacto da PEC 06/19, e seus reflexos sobre os servidores estaduais

Reposição Salarial de 16,38% para os Servidores do Executivo

Compartilhe:

Governo do RN trabalha com possibilidade de receber recursos extras para pagar atrasados em abril

Terminou a reunião envolvendo a equipe econômica do Governo do Estado e o Fórum dos Servidores Estaduais. Na oportunidade, foi apresentado o cronograma do processo para a antecipação dos royalties do petróleo e gás até o ano de 2022.

A previsão apresentada pelo secretário estadual de planejamento Aldemir Freire é de que o pregão feche até o fim do mês com a entrada dos recursos na conta do Governo do Estado no dia 5 de abril.

A estimativa do Governo é de antecipar entre R$ 315 milhões e R$ 400 milhões dos royalties e não usar o limite de R$ 720 milhões. Mais da metade das etapas burocráticas foram cumpridas.

Também foi informado que está em negociação da venda da folha de pagamento para o Banco do Brasil o que geraria recursos extras para pagamento de salários atrasados.

Outra estratégia apresentada foi a de vender prédios públicos ociosos do Governo do Estado. Mas antes é preciso legalizar a situação dos imóveis. Somente dois estão aptos para serem leiloados.

A equipe econômica deixou bem claro que os atrasados serão pagos com recursos extras.

Não ficou definido um calendário de pagamento dos atrasados, contrariando a expectativa dos sindicatos. A única garantia dada é que neste caso o calendário levará em consideração a ordem cronológica.

Nota do Blog: esse montante de recursos não resolve o problema. São quatro folhas em aberto (novembro e dezembro de 2018 mais os 13º dos dois últimos anos).

Compartilhe: