RN tem dois candidatos ao Governo mergulhados em contradições

Fátima e oligarcas já estiveram no mesmo palanque

Apontar contradições do adversário não é uma boa alternativa para uma disputa com candidatos com os perfis de Fátima Bezerra (PT) e Carlos Eduardo Alves (PDT). São dois candidatos mergulhados em contradições em suas respectivas biografias políticas. Digamos que um não pode direcionar o dedo para o outro.

Como diria nas ruas “é o sujo falando do mal lavado”.

Os dois já foram aliados em diversas oportunidades e agora pelo destino se tornaram adversários.

No passado, Carlos Eduardo tentou fazer o Rio Grande do Norte esquecer que ele tinha o sobrenome Alves. Nas eleições de 2002, 2006, 2010 e 2014 andou com a estrela do PT no peito.

Na década passada sua afinidade com o petismo era tamanha que a ida dele para o PT chegou a ser cogitada como alternativa ao Governo nas eleições de 2010. Era visto como um “Alves diferenciado” nos bastidores.

Robinson já foi parceiro político de Fátima e Carlos Eduardo

Hoje Carlos Eduardo voltou a ser mais Alves do que nunca e encarna sem qualquer constrangimento o espírito antipetista alinhando-se com a extrema direita personificada em Jair Bolsonaro (PSL), virtual presidente do Brasil a partir de 2019.

Carlos foi tão leal ao PT que na década passada articulou a exclusão da candidatura a prefeito de Natal de Rogério Marinho no PSB para juntar as principais lideranças políticas do Rio Grande do Norte em torno adivinhe de quem?

Isso mesmo. De Fátima Bezerra.

Foi em 2008.

Fátima usa o discurso contra as oligarquias com algum nível de constrangimento porque sabe que já deu as mãos aos oligarcas num passado recente.

Não é para menos.

Ela foi muito aliada dos Alves na década passada, mas também se juntou a Wilma de Faria cuja origem política é na família Maia.

No passado recente ele esteve com um legítimo representante da política tradicional como o governador Robinson Faria (PSD) e agora se junta a Ezequiel Ferreira (PSDB) e a Ricardo Motta (PSB).

VÍDEOS

As militâncias virtuais de Fátima e Carlos pipocam nas redes vídeos antigos em que Carlos pede votos para Fátima e vice e versa.

No vídeo abaixo (contendo edição), Fátima pede votos para Carlos Eduardo no segundo turno das eleições de 2012 quando o PT lhe deu um “apoio crítico”. Matreiramente, a equipe do pedetista colocou a trilha sonora do jingle de 2018. Por coincidência naquele ano o segundo turno também caiu em 28 de outubro.

Já no vídeo abaixo, Carlos Eduardo, fiador de um acordão em torno de Fátima, pede votos para a petista nas eleições para prefeito de Natal em 2008 quando ela terminou derrotada no primeiro turno por Micarla de Sousa (PV).

Resumindo: o eleitor potiguar irá as urnas escolher qual candidato contraditório vai se tornar governador.

Compartilhe:

TCM retransmite debate com candidatos ao Governo

A TCM (TV Cabo Mossoró) reafirma a parceria com a TV Band Natal para a cobertura das Eleições 2018 também no segundo turno e o primeiro resultado deste trabalho poderá ser visto nesta quinta, dia 18, com a retransmissão, ao vivo, pelo Canal 10 da TCM, www.tcm10hd.com.br e aplicativo TCM 10 Play do Debate promovido pela Band da capital entre os candidatos que estão no segundo turno disputando o Governo do RN. O programa começará às 22h35 e terá 1h40 de duração.

Compartilhe:

RN terá quatro pesquisas divulgadas na próxima semana

Quatro pesquisas estão registradas para serem divulgadas na próxima semana avaliando os cenários de segundo turno no Rio Grande do Norte para Governo do Estado e Presidência da República.

A primeira a ser divulgada é do Instituto Certus. Será na próxima segunda-feira através das redes sociais da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (FIERN). A margem de erro é de três pontos percentuais para mais para menos. Foram ouvidos 1.410 entrevistados entre 10 e 13 de outubro com margem de erro de três pontos para mais ou para menos e o registro é de número RN-02146/2018.

Na quarta-feira duas pesquisas estão previstas para serem divulgadas: Seta e Ibope. O primeiro instituto terá os números revelados pelo Blog do BG. Serão ouvidas até o dia 15, segunda-feira, 1.300 eleitores e a margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos e o protocolo é RN-00988/2018. Já o segundo está em campo até o dia 17 de outubro ouvindo 812 pessoas. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O protocolo é o de número RN-07695/2018. A divulgação será na Intertv Cabugi.

A novidade é o registro do Instituto Big data que não tem tradição de realizar pesquisas no Rio Grande do Norte. Não há contratante revelado no registro, mas a pesquisa está prevista para ser realizada entre os dias 17 e 18 de outubro com divulgação no dia 19. Serão aplicados 1.500 questionários por telefone. Os números terão margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos. O registro é o de número RN-00854/2018.

Compartilhe:

Quais pesquisas acertaram? Blog apresenta o comparativo para o Governo com base em votos válidos

As pesquisas para governador do Rio Grande do Norte no geral acertaram levando em consideração os votos válidos (excluindo brancos, nulos, abstenções e, no caso das pesquisas, indecisos).

Levando em conta as margens de erro para mais ou para menos de cada instituto, as falhas foram pequenas. Não houve nenhum erro gritante por parte dos institutos.

Quem mais acertou? Levando em consideração os percentuais de votos válidos de cada candidato nas pesquisas e o resultado das urnas o melhor desempenho foi do Ibope e do Certus que acertaram o desempenho de sete dos oito candidatos.

Os demais erraram apenas dois candidatos.

Confira o desempenho de cada instituto.

Instituto Seta

Instituto Seta**

(margem de erro 2,4%)

Última pesquisa* Resultado das urnas Diferença para limite da margem de erro
Fátima Bezerra 42% 46,17% Errou
Carlos Eduardo Alves 31% 32,45% Acertou dentro da margem de erro
Robinson Faria 17% 11,85% Errou
Brenno Queiroga 6% 6,56% Acertou
Carlos Alberto 3% 1,93% Acertou dentro da margem de erro
Dario Barbosa 1% 0,21% Acertou dentro da margem de erro

 

*Considerando os votos válidos

** Freitas Junior e Heró Bezerra não foram citados

 

 

IBOPE

Instituto Ibope (margem de erro 3%) Última pesquisa* Resultado das urnas Diferença para limite da margem de erro
Fátima Bezerra 45% 46,17% Acertou dentro da margem de erro
Carlos Eduardo Alves 32% 32,45% Acertou
Robinson Faria 15% 11,85% Errou
Brenno Queiroga 4% 6,56% Acertou dentro da margem de erro
Carlos Alberto 1% 1,93% Acertou
Dario Barbosa 1% 0,21% Acertou dentro da margem de erro
Freitas Junior 1% 0,56% Acertou dentro da margem de erro
Heró Bezerra 1% 0,27% Acertou dentro da margem de erro

*Considerando os votos válidos

Consult

 

Instituto Consult (margem de erro 2,3%%) Última pesquisa* Resultado das urnas Diferença para limite da margem de erro
Fátima Bezerra 47,9% 46,17% Acertou dentro da margem de erro
Carlos Eduardo Alves 32% 32,45% Acertou
Robinson Faria 16,3% 11,85% Errou
Brenno Queiroga 2,4% 6,56% Errou
Carlos Alberto 1% 1,93% Acertou
Dario Barbosa 0,07% 0,21% Acertou
Freitas Junior 0,29% 0,56% Acertou
Heró Bezerra 0,07% 0,27% Acertou

*Considerando os votos válidos

 

Opine

Instituto Opine (margem de erro 2,9%) Última pesquisa* Resultado das urnas Diferença para limite da margem de erro
Fátima Bezerra 50,47% 46,17% Errou
Carlos Eduardo Alves 31,7% 32,45% Acertou dentro da margem de erro
Robinson Faria 13,74% 11,85% Acertou dentro da margem de erro
Brenno Queiroga 1,7% 6,56% Errou
Carlos Alberto 1,22 1,93% Acertou
Dario Barbosa 0,27% 0,21% Acertou
Freitas Junior 0,13% 0,56% Acertou
Heró Bezerra 0,68% 0,27% Acertou

*Considerando os votos válidos

 

Certus

 

Instituto Certus (margem de erro 3%) Última pesquisa* Resultado das urnas Diferença para limite da margem de erro
Fátima Bezerra 46,91% 46,17% Acertou
Carlos Eduardo Alves 33,55% 32,45% Acertou dentro da margem de erro
Robinson Faria 12,53% 11,85% Acertou dentro da margem de erro
Brenno Queiroga 3,5% 6,56% Errou
Carlos Alberto 2,58% 1,93% Acertou dentro da margem de erro
Dario Barbosa 0,46% 0,21% Acertou
Freitas Junior 0,09% 0,56% Acertou
Heró Bezerra 0,37% 0,27% Acertou

*Considerando os votos válidos

Perfil

Instituto Ibope (margem de erro 2,61%) Última pesquisa* Resultado das urnas Diferença para limite da margem de erro
Fátima Bezerra 49,7% 46,17% Errou
Carlos Eduardo Alves 34,6% 32,45% Acertou dentro da margem de erro
Robinson Faria 12,7% 11,85% Acertou dentro da margem de erro
Brenno Queiroga 1.9% 6,56% Errou
Carlos Alberto 1,5% 1,93% Acertou
Dario Barbosa 0,1% 0,21% Acertou
Freitas Junior 0,31% 0,56% Acertou
Heró Bezerra 0,42% 0,27% Acertou

*Considerando os votos válidos

Nota do Blog: será feita o mesmo estudo com relação às pesquisas para o Senado.

Compartilhe:

Média das pesquisas aponta realização de segundo turno no RN

Na reta final das eleições seis institutos apresentaram pesquisas no Rio Grande do Norte. Na média a líder nas pesquisas Fátima Bezerra (PT) tem 35,1% sendo que a soma de todos os adversários alcança 39,5%, 4,4% a mais que a petista.

Numericamente cinco institutos indicam segundo turno Seta, Perfil, Consult, Certus e Ibope. Somente o Insituto Opine crava vitória de Fátima no primeiro turno. Mesmo assim em todos cenários dos institutos a diferença se encontra dentro da margem de erro estabelecida por cada um deles.

Isso termina por refletir na média abaixo.

Confira o quadro

Candidato Seta Consult Perfil Certus Ibope Opine Média
Fátima Bezerra 29% 36% 33,71% 36,10% 39% 37,1% 35,1%
Carlos Eduardo 21% 24,71% 23,43% 25,82% 28% 23,3% 24,3%
Robinson Faria 12% 11,47% 8,64% 9,65% 13% 10,1% 10,8%
Brenno Queiroga 4% 1,82% 1,29% 2,7% 4% 1,3% 2,5%
Carlos Alberto 2% 0,65% 1,07% 1,99% 1% 0,9% 1,2%
Outros 0 0,41% 0,64% 0,7% 2% 0,8% 0,7%
Brancos/Nulo 27% 16,88% 16,86% 17,8% 11% 15,1% 17,4%
Indecisos 5% 8,06% 14,36% 5,25% 3% 11,5% 7,8%

Confira todas as pesquisas

IBOPE indica realização de segundo turno na disputa pelo Governo do RN

Fátima cai e Carlos Eduardo se aproxima do limite da margem de erro na pesquisa Seta

Pesquisa Certus/FIERN traz Fátima estacionada e crescimento de Carlos Eduardo

Instituto Perfil traz menor diferença entre Fátima e Carlos Eduardo

Carlos Eduardo cresce mais que Fátima em pesquisa Consult

Pesquisa Opine/Band traz vantagem de 14% de Fátima sobre Carlos Eduardo

Compartilhe:

IBOPE indica realização de segundo turno na disputa pelo Governo do RN

G1/RN

Pesquisa Ibope divulgada neste sábado (6) aponta os seguintes percentuais de intenção de votos válidos para o governo do Rio Grande do Norte. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

Votos válidos

Fátima Bezerra (PT): 45%

Carlos Eduardo (PDT): 32%

Robinson Faria (PSD):15%

Brenno Queiroga (Solidariedade): 4%

Dário Barbosa (PSTU):1%

Freitas Junior (Rede): 1%

Heró Bezerra (PRTB): 1%

Professor Carlos Alberto (PSOL): 1%

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Votos totais

Veja, abaixo, o resultado da pesquisa Ibope considerando os votos totais:

Fátima Bezerra (PT): 39%

Carlos Eduardo (PDT): 28%

Robinson Faria (PSD): 13%

Brenno Queiroga (Solidariedade): 4%

Dário Barbosa (PSTU):1%

Freitas Junior (Rede): 1%

Heró Bezerra (PRTB): 0

Professor Carlos Alberto (PSOL): 1%

Branco/Nulo: 11%

Não sabe/não respondeu: 3%

Rejeição

O Ibope também mediu a taxa de rejeição (o eleitor deve dizer em qual dos candidatos não votaria de jeito nenhum). Os entrevistados podem citar mais de um candidato, por isso, os resultados somam mais de 100%. Veja os índices:

 

Robinson Faria (PSD): 49%

Fátima Bezerra (PT): 28%

Carlos Eduardo (PDT): 20%

Dário barbosa (PSTU): 12%

Brenno Queiroga (Solidariedade): 11%

Heró Bezerra (PRTB): 10%

Freitas Junior (Rede): 9%

Professor Carlos Alberto (PSOL): 9%

Poderia votar em todos: 7%

Não sabem: 8%

Simulações de segundo turno

Carlos Eduardo (PDT): 38% x 46% Fátima Bezerra (PT) (branco/nulo: 13%; não sabe: 2%)

Fátima Bezerra (PT): 53% x 24% Robinson Faria (PSD) (branco/nulo: 21%; não sabe: 2%)

Carlos Eduardo (PDT): 52% x 23% Robinson Faria (PSD) (branco/nulo: 22%; não sabe: 2%)

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos

Quem foi ouvido: 812 eleitores

Quando a pesquisa foi feita: entre 04 e 06 de outubro

Registro no TRE: RN-01962/2018

Registro no TSE: BR‐02615/2018

O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro

0% significa que o candidato não atingiu 1%. Traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado

Pesquisa contratada por Televisão Costa Branca.

Compartilhe:

Fátima cai e Carlos Eduardo se aproxima do limite da margem de erro na pesquisa Seta

A senadora Fátima Bezerra (PT) caiu de 32 para 29% em dois dias. É o que apontou a pesquisa do Instituto Seta publicada há pouco pelo Blog do BG.

O ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT) aparece na pesquisa com 21% das intenções de voto na véspera das eleições. Na pesquisa do dia 4 ele tinha 16%.

O quadro reflete na contagem dos votos válidos diminuindo a possibilidade de a eleição ser definida no primeiro turno porque agora porque Fátima tem 42% (antes tinha 50%) e Carlos saiu de 25% para 31%.

Na rejeição o quadro segue ruim para a petista subiu de 15 para 18% enquanto Carlos segue estabilizado em 8%.

A pesquisa do Instituto Seta ouviu 1.700 pessoas nos dias 3 e 4 de outubro. A margem de erro de 2,4 pontos percentuais para mais ou para menos com intervalo de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada sob os protocolos BR-00101/2018 e RN-01594/2018.

Pesquisa estimulada

Somente os votos válidos 

Rejeição

Compartilhe:

Fátima e Carlos Eduardo empatam tecnicamente em Mossoró

A vantagem de Fátima Bezerra (PT) em Mossoró diluiu de acordo com os números da pesquisa Band/Opine divulgada ontem. O quadro é de empate técnico entre ela e o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT).

Os dois estão separados por 1,2% das intenções de voto, dentro da margem de erro.

A pesquisa Opine/Band foi realizada entre os dias  30 de setembro e 3 de outubro ouvindo 1.200  (o relatório não especifica quantos em Mossoró) eleitores em  58 municípios em 10 pólos regionais do Rio Grande do Norte. A margem de erro é de 2,9 pontos percentuais para mais ou para menos com intervalo de confiança de 95%. A sondagem foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral, sob os protocolos BR-05479/2018 e RN-02315/2018.

Confira os números

Pesquisa estimulada em Mossoró

Fatima Bezerra – PT: 20%

Carlos Eduardo – PDT: 18,8%

Robinson Faria – PSD: 7,1%

Brenno Queiroga – SOLIDARIEDADE: 1,2%

Prof. Carlos Alberto – PSOL: 1,2%

Heró Bezerra – PRTB: 0

Dário Barbosa – PSTU: 0

Freitas – REDE: o

Indeciso/NS: 18,8%

Nenhum: 32,9%

Compartilhe:

Pesquisa Opine/Band traz vantagem de 14% de Fátima sobre Carlos Eduardo

Com 37,1% de intenções de voto a senadora Fátima Bezerra (PT) seria a candidata mais votada ao Governo do Rio Grande do Norte segundo o Instituto Opine em pesquisa encomendada pela Band Natal. O segundo colocado é o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT) com 23,3%.

A pesquisa Opine/Band foi realizada entre os dias  30 de setembro e 3 de outubro ouvindo 1.200 eleitores em  58 municípios em 10 pólos regionais do Rio Grande do Norte. A margem de erro é de 2,9 pontos percentuais para mais ou para menos com intervalo de confiança de 95%. A sondagem foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral, sob os protocolos BR-05479/2018 e RN-02315/2018.

Confira os números

Pesquisa estimulada

Fatima Bezerra – PT 37,1%

Carlos Eduardo – PDT 23,3%

Robinson Faria – PSD 10,1%

Brenno Queiroga – SOLIDARIEDADE 1,3%

Prof. Carlos Alberto – PSOL 0,9%

Heró Bezerra – PRTB 0,5%

Dário Barbosa – PSTU 0,2%

Freitas – REDE 0,1%

Indeciso/NS 11,5%

Nenhum 15,1%

Pesquisa espontânea

Fatima Bezerra – PT 31,4%

Carlos Eduardo – PDT 19,9%

Robinson Faria – PSD 7,4%

Brenno Queiroga – SOLIDARIEDADE 1,3%

Prof. Carlos Alberto – PSOL 0,8%

Heró Bezerra – PRTB 0,4%

Dário Barbosa – PSTU 0,2%

Indeciso/NS 23,6%

Nenhum 14,9%

Rejeição

Robinson Faria – PSD 39,1%

Fatima Bezerra – PT 16,1%

Carlos Eduardo – PDT 8,7%

Brenno Queiroga – SOLIDARIEDADE 0,5%

Dário Barbosa – PSTU 0,5%

Heró Bezerra – PRTB 0,2%

Prof. Carlos Alberto – PSOL 0,2%

Freitas – REDE 0,1%

Rejeita todos 1,1%

Indeciso/NS 11,2%

NR 1,7%

Nenhum 20,8%

Compartilhe:

Pesquisa Certus/FIERN traz Fátima estacionada e crescimento de Carlos Eduardo

A pesquisa Certus/FIERN traz crescimento do ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT). Na sondagem de 23 de setembro ele tinha 21,21% e agora aparece com 25,82%.

Já Fátima Bezerra (PT) segue na casa dos 36% como na pesquisa anterior.

No cenário espontâneo (quando não é apresentada uma lista de candidatos) Fátima tem 26,67% e Carlos Eduardo 18,72%.

Levando em consideração apenas os votos válidos (quando se excluem brancos, nulos e indecisos) Fátima Fátima Bezerra tem 46,91%, Carlos Eduardo 33,55% e o governador Robinson Faria (PSD) 12,53%. O cenário é de segundo turno.

A rejeição segue sob liderança de Robinson Faria com 36,42%, seguido por Fátima Bezerra com 14,66% e Carlos Eduardo 8,34%.

A Pesquisa FIERN/Certus ouviu 1.410 pessoas em oito regiões do RN entre os dias 30/09 a 3/10. A margem de erro 3% e intervalo de confiança de 95%. A sondagem está registrada na Justiça Eleitoral sob os números BR-01666/2018 e RN-05819/2018.

Confira os números

Pesquisa estimulada 

Considerando os votos válidos 

Rejeição 

Compartilhe: