Emocionado, diretor do HRTM nega perseguição a grevistas

O diretor do Hospital Regional Tarcísio Maia Eliezer Laurindo se emocionou em entrevista ao Meio-Dia Mossoró (95 FM) ao negar que o ex-sindicalista Valmir Alves estaria perseguindo sindicalistas como denunciou o Sindsaúde (ver AQUI).

De acordo com Eliezer o que existe é uma preocupação com os pacientes. “Valmir é do meio sindical. Ele jamais perseguiria pessoas que estão lutando por seus direitos. A nossa preocupação é salvar vidas”, frisou com a voz embargada.

Segundo Eliezer, existe um servidor do HRTM que não faz parte da direção do Sindsaúde com interesses eleitoreiros que está tumultuando o ambiente no hospital. “A nossa relação com o sindicato é a melhor possível, inclusive haverá uma reunião dos servidores dentro do Tarcísio Maia hoje”, explicou.

Compartilhe: