Isolda remaneja R$ 1,5 milhão das emendas para ações de combate ao coronavírus

Isolda remaneja recursos para atender para garantir equipamentos (Foto: cedida)

Em meio à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), no Rio Grande do Norte, a deputada estadual Isolda Dantas (PT) sugeriu aos deputados o remanejamento das emendas parlamentares e remanejou 1,5 milhões das suas emendas para a Secretaria Estadual de Saúde. O valor será destinado para a aquisição de respiradores, equipamentos de proteção individual (EPI’s) e insumos hospitalares.

O recurso, que já estava destinado para atender demandas específicas de setores em alguns municípios do Estado, será remanejado com o objetivo maior de enfrentar a crise do Covid-19: “Momentos de crise como o que estamos vivenciando exigem um posicionamento firme e decisões rápidas. Essa foi uma decisão necessária que tomamos ao que estamos enfrentando. Quanto tudo isso passar e vencermos a pandemia, teremos a tranquilidade de ter agido corretamente e pensado em salvar a vida das pessoas”, comentou Isolda.

Além do remanejamento de suas emendas, a deputada Isolda Dantas conseguiu encaminhar algumas medidas para superação  à pandemia como a distribuição de quentinhas pelos restaurantes populares e de kits merenda escolar para atender a população mais vulnerável. Além disto, Isolda busca a antecipação da formatura de estudantes de medicina da uern para atuarem contra o covid e em diálogo com o governo e demais forças políticas para encaminhar projetos que possam assegurar condições para o povo, para salvar vidas e a economia.

Compartilhe:

Isolda propõe distribuição gratuita de quentinhas nos restaurantes populares

Isolda propõe distribuição de quentinhas (Foto: Cedida)

A deputada estadual Isolda Dantas (PT) apresentou requerimento na semana passada pedindo a Secretaria do Trabalho da Habitação e da Assistência Social – SETHAS para que os restaurantes populares do Estado entreguem gratuitamente “quentinhas” à população socialmente vulnerável.

“Nós conversamos com Íris Oliveira, que está na coordenação da SETHAS, e vimos a possibilidade da produção e entrega de quentinhas como uma forma de garantir que as pessoas mais vulneráveis continuem se alimentando. A ideia é que esta distribuição ocorra de imediato!”, diz Isolda.

A medida visa garantir não só alimentação para os vulneráveis, mas também evitar aglomeração dentro do espaço dos restaurantes.

Compartilhe:

Isolda propõe ao Governo que forneça kit merenda para crianças que estão com aulas suspensas

Isolda sugere ação que beneficia crianças (Foto: cedida)

Nesta quinta a deputada estadual Isolda Dantas entregou ofício solicitando ao governo do Estado que sejam entregues kits de merenda escolar de estudantes da rede pública estadual que estejam com as aulas suspensas em função da pandemia do novo Coronavírus (COVID-19), enquanto durar a suspensão.

O requerimento visa garantir o oferecimento de merenda escolar que cumpre um papel importante na complementação da alimentação de estudantes destas instituições de ensino.

A ação já acontece em Recife e a ideia é que os alimentos sejam adaptados para a realidade de levar para casa, considerando o valor nutricional, observando a segurança alimentar e a organização para que não haja aglomeração nas escolas.

“Sugerimos o kit merenda à Fátima porque sabemos da importância que tem a merenda escolar para os estudantes mais carentes. Queremos que o RN possa passar por essa dura batalha contra o coronavírus assegurando a nutrição das crianças que estariam em aula”, diz a deputada Isolda.

Compartilhe:

Coronavírus: Isolda apresenta proposta para evitar preços abusivo de insumos

Isolda apresenta proposta para conter preços abusivos (Foto: cedida)

Nesta quarta-feira (18), a deputada estadual Isolda Dantas (PT), apresentou um projeto de lei que estipula punições para empresas que aumentarem abusivamente, sem justificativa, os preços de produtos usados no combate e prevenção ao COVID-19. A proposta da deputada Isolda prevê a garantia que o mercado de produtos como álcool gel, bem como insumos para sua fabricação, luvas e máscaras médicas, hipoclorito de sódio 5% e álcool 70%, e outros relacionados ao combate do novo Coronavírus (COVID-19) possam manter preço compatível com o habitualmente praticado.

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 6h50 desta quarta-feira, 350 casos confirmados do novo coronavírus no Brasil em 17 estados e no Distrito Federal. O Rio Grande do Norte tem 33 casos suspeitos para o vírus. O número foi atualizado pela Secretaria Estadual de Saúde, ao todo, 58 casos foram notificados, mas 24 já foram descartados.

O número crescente de casos com a pandemia aumentou 1700% a demanda nacional por álcool gel este ano. O Ministério da Saúde recomenda que o projeto seja complemento à higienização para evitar a proliferação da Covid-19. A demanda fez com que as prateleiras estejam vazias e o aumento exorbitante na venda do produto fosse adotado, portanto: “Apresentamos projeto de lei na Assembleia Legislativa do RN para impedir preços abusivos de insumos como álcool gel para conter a transmissão do COVID-19, o novo Coronavírus, que cresce diariamente em número de suspeitos e infectados no Brasil. Esperamos ajudar a coibir essa prática nociva que poderá custar a saúde e a vida da população”, defende Isolda.

O autor ou estabelecimento que cometer infração prevista na Lei estará sujeito a: multa; apreensão de bens e produtos; perda de produtos apreendidos; suspensão temporária, total ou parcial, do funcionamento de estabelecimentos ou prestação de serviço.

Compartilhe:

Articulação visa construir Central do Cidadão no Alto de São Manoel

Isolda recebeu sugestão de Ungmar (Foto: cedida)

Suplente de vereador e pré-candidato à Câmara de Mossoró nas eleições deste ano, o radialista Ugmar Nogueira apresentou um ofício, na última sexta-feira (13), à deputada estadual Isolda Dantas (PT) solicitando a instalação de mais uma Central do Cidadão em Mossoró.

Ugmar Nogueira defende que a nova unidade seja instalada no grande Alto de São Manoel, para suprir a demanda de uma população de cerca de 75 mil mossoroenses, distribuída em vários bairros. “Esse é um desejo antigo de quem mora nessa região de Mossoró, e estamos aproveitando o mandato popular da deputada Isolda para que ela leve essa demanda até o Governo. Essa é uma iniciativa que beneficiará também milhares de pessoas que vivem na zona rural”, ressaltou o radialista.

Isolda reconheceu que o Alto São Manoel tem demanda muito grande e se comprometeu em fazer gestão junto ao Governo do Estado, por meio da Sethas (Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social) e demais órgãos que atuam na Central do Cidadão. “Vamos ter reuniões para ver se a gente pode viabilizar essa solicitação do companheiro Ugmar”, assegurou a deputada.

A instalação de uma Central do Cidadão no Alto de São Manoel vai beneficiar os moradores de toda a zona leste de Mossoró, incluindo localidades como Dom Jaime Câmara, Costa Silva, Planalto 13 de Maio, Vingt Rosado, Alto do Sumaré e Bom Jesus.

Compartilhe:

Agência Moscow inicia série de entrevistas com pré-candidatos a prefeito de Mossoró

O Canal da Agência Moscow inicia amanhã a série de entrevistas “Cotados ao Palácio” reunindo os pré-candidatos a prefeito de Mossoró.

Foram convidados os deputados estaduais Isolda Dantas (PT) e Allyson Bezerra (SD), a prefeita Rosalba Ciarlini (PP), a professora Telma Gurgel (PSOL), o médico Daniel Sampaio (PSL), o empresário Jorge do Rosário (PL) e o professor/empresário Gutemberg Dias (PC do B).

O primeiro nome a ser ouvido será Gutemberg Dias que detém a melhor votação de um candidato de esquerda em Mossoró. Foram 11.152 (8,45%) votos conquistada nas eleições de 2016.

A entrevista vai ao ar às 13h.

Se inscreva na Agência Moscow AQUI.

Compartilhe:

Isolda articula envio de viaturas para PM em Mossoró

Deputada reivindicou que parte das viaturas viessem para Mossoró (Foto: cedida)

Das 70 viaturas adquiridas pelo Governo do Estado em convênio com o Ministério da Justiça, seis virão para Mossoró. Esta foi uma solicitação direta da deputada estadual Isolda Dantas (PT) junto à governadora Fátima Bezerra (PT).

A entrega dos veículos transcorreu nesta sexta-feira em solenidade no pátio externo da Escola de Governo com presença do secretário Nacional de Segurança Pública, general Guilherme Teófilo, representando o Governo Federal.

Com a parceria, a Governo está renovando a frota que tem muitos veículos ainda do ano de 2012, em condições precárias. “As novas viaturas garantem melhora nas condições de trabalho da polícia investigativa, e reforço para maior segurança da população. As viaturas que destinamos para Mossoró, junto à governadora, serão fundamentais para enfrentar a violência e insegurança que cresce cada vez mais em nossa cidade”, afirma Isolda.

No primeiro ano do Governo Fátima Bezerra, o Rio Grande do Norte teve redução de 26,3% nos Crimes Violentos Letais Intencionais (CLVIS), que resultou em 517 vidas salvas em relação aos casos registrados em 2018. Também houve reduções de 21% no roubo de veículos, de 70% nos assaltos a bancos e 30% nos feminicídios.

Saiba mais AQUI.

Compartilhe:

Isolda articula plano de ação para segurança na Maisa

Isolda levação PM à Maisa (Foto: Eduardo Maia)

Na madrugada desta sexta feira, 14 de fevereiro de 2020, ocorreu um grande arrastão no Assentamento Montana Zona Rural de Mossoró, na região da Maísa. Tem sido constante os arrastões e arrombamentos em casas em Mossoró, especialmente na zona rural.

Diante desta situação, a deputada estadual Isolda Dantas se reuniu com o comandante Humberto Pimenta, do 2 Batalhão da Polícia Militar, e solicitou reforço de segurança. No domingo, 16, às 8h, a deputada realizará Audiência Pública na Igreja Matriz da comunidade para, junto com a polícia e a população, discutir um plano de ação para enfrentar a insegurança que assola o assentamento.

“A questão da segurança é fundamental para o povo. Nesta ação buscamos agilidade para garantir uma ação eficaz em busca de paz para a Maísa, mas também para Mossoró e todo o RN”, diz a deputada.

Informações Assessoria da Comunicação de Isolda.

Compartilhe:

Projeto para coibir violência nas escolas é discutido em Mossoró

Reunião recebeu informações para pautar projeto (Foto: cedida)

A equipe parlamentar e jurídica da deputada Isolda Dantas esteve reunida nesta segunda-feira (10), em Mossoró, junto ao Grupo Mulheres em Ação e a organização internacional Visão Mundial e realizou uma conversa com a Promotoria de Infância; Ministério Público; Delegacia da Mulher (DEAM); COMDICA; Casep; Conselheiros Tutelares, Juizado da Infância, representantes da UERN, movimentos sociais, sindicais e estudantil para pensar estratégias de prevenção e enfrentamento às violências dentro das escolas do estado.

De acordo com dados do Ministério dos Direitos Humanos com base no balanço anual, em 2018, o Rio Grande do Norte registrou 420 denúncias de violência sexual contra crianças e adolescentes. Esse número cresceu em relação a 2017, quando o estado acumulou 363 denúncias.

Para a deputada, a escola é o local para o processo de educação necessário para a prevenção e combate aos diversos tipos de violência porque trabalha com o conhecimento, valores atitudes e formação de hábitos. Ao mesmo tempo, pode ser local de violação de direitos ou de identificação de abuso cometidas em outros espaços.  “Um momento muito rico de troca de informações e reflexões importantes para a proteção das nossas crianças e adolescentes em que construímos o projeto de lei e encaminhamos uma agenda de atividades para fortalecer este debate tão importante”, comentou Isolda.

A ideia do mandato estadual, é criar o PL com comissões e aproximar escolas, comunidade e rede de proteção na intenção de prevenir e encaminhar os casos identificados de violências: desenvolvendo planos de prevenção estadual, identificando, notificando e monitorando os casos de violência e abuso psicológico e sexual, bullying, maus-tratos, trabalho infantil e exploração, dentro ou fora de casa. Nisto, as escolas são espaços importantes de socialização que precisam ter relação direta com os órgãos de proteção para evitar ou enfrentar qualquer negligência, discriminação, crueldade e opressão.

 

Compartilhe: