Presidente do PT reage a Rosalba

Blog Saulo Vale

A presidente municipal do PT de Mossoró, vereadora Isolda Dantas, rebateu às críticas da prefeita Rosalba Ciarlini (PP), que afirmou que o PT “é um partido de lobos”.

“Ela perdeu a capacidade de distinguir quem é lobo e quem é cordeiro: lobo é quem votou contra a população e está ao lado dela”, disparou, durante sessão ordinária na Câmara Municipal nesta terça-feira (18).

“Nos deixa assustadas o fato de a chefe do Executivo se prestar ao papel de ir ao bairro popular incitar ódio e fazer insinuações levianas contra o PT”, complementou.

Rosalba, neste final de semana, afirmou durante movimentação em favor de seus candidatos, que “essa candidata [Fátima Bezerra] está na pele de um cordeiro, mas todos sabem que pertence a um partido de lobos [PT]”. Ela ainda chegou a fazer ligações do PT com o ataque ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), coisa que negou posteriormente. O vídeo está disponível na internet.

Compartilhe:

Uma prévia de 2020 em Mossoró na eleição de deputado estadual

153243212981833

A vereadora Isolda Dantas (PT) e o professor e empresário Gutemberg Dias (PC do B) travam uma disputam à parte nas eleições deste ano. Pré-candidatos a deputado estadual eles atuam no mesmo campo eleitoral em Mossoró.

São dois nomes em ascensão na política local e podem emergir das eleições 2018 candidatos a prefeito de Mossoró em 2020.

O problema é que são de partidos historicamente aliados que necessitam um do outro numa esquerda ainda incipiente na capital do Oeste.

Quem for o mais votado em Mossoró poderá suplantar o outro na corrida ao Palácio da Resistência como principal nome de esquerda. Tudo isso independente do resultado geral das eleições.

Nas eleições de 2016 Gutemberg obteve a maior votação de um candidato a prefeito no campo da esquerda em Mossoró com 11.152 votos. Isolda desbancou a velha guarda do PT se elegendo vereadora com 1.861 sufrágios.

A sorte está lançada e 2020 é logo ali.

Compartilhe:

PT de Mossoró cria arestas para possível vice de Fátima Bezerra e agenda da senadora na cidade é adiada

blog-1000

O PT mossoroense está em uma disputa interna. A legenda se dividiu entre os que não aceitam a filiação do empresário Wilson Fernandes e os que enxergam o nome dele com entusiasmo. Isso provocou o adiamento da filiação do possível vice da senadora Fátima Bezerra (PT) que seria no próximo sábado.

O Blog do Barreto conversou com a presidente do PT mossoroense, vereadora Isolda Dantas, que explicou que está tentando apaziguar o partido, mas frisou que a decisão final será do diretório. Mas são setores do grupo dela quem se posicionam contra essa filiação. O grupo da velha guarda petista comandado por Crispiniano Neto, Nelson Gregório e Tércio Pereira apoia a chegada dele ao partido.

O Blog apurou ainda que Wilson é um empresário que acompanha os projetos do PT desde os anos 1980 e possui formação política identificada com a esquerda.

O imbróglio cria um problema político para a senadora na segunda maior cidade do Rio Grande do Norte.

Compartilhe:

Câmara de Mossoró tem três vereadores colocados como pré-candidatos em 2018

Eleições-2018

Faz muito tempo que um vereador de Mossoró não dá um salto político para cargos maiores na política estadual. A última tentativa exitosa foi há 24 anos quando o então edil Francisco José foi eleito deputado estadual.

De lá para cá acumulam-se tentativas frustradas de subir de patamar na política potiguar.

Para esse ano, a vereadora Sandra Rosado, que pode trocar o PSB pelo PC do B, trabalha para voltar à Câmara dos Deputados. Não é uma tarefa fácil devido à falta de estrutura de seu grupo. Daí a possibilidade de mudar de partido para ganhar algum fôlego.

Em outra ponta, Flávio Tácito (PPL) e Isolda Dantas (PT) se colocam como candidatos a uma vaga na Assembleia Legislativa. O primeiro terá o desafio de provar que a candidatura é para valer porque em outros pleitos ele “ameaçou” ser candidato e recuou em seguida. A segunda depende muito da estratégia do partido dela na disputa proporcional.

É fundamental que Mossoró recupere espaços na política estadual. Não só a cidade como a região sofre muito com a baixa representatividade e o discurso do bairrismo tem que ser apenas uma das armas para a conquista dos votos. Usá-la como única alternativa pode ser revelar um erro até porque em outras eleições o eleitor mossoroense mostrou que prefere os nomes locais (ver AQUI).

Dica do Blog: confira também essa matéria produzida pela jornalista Carol Ribeiro.

Compartilhe:

Isolda é eleita presidente do PT mossoroense

WhatsApp Image 2017-04-09 at 18.58.42

A vereadora Isolda Dantas foi eleita hoje presidente do diretório municipal do PT. Com 57% dos votos ela venceu Nelson Gregório, atual comandante da agremiação, e o ex-diretor do Hospital Regional Tarcísio Maia Valmir Alves.

A eleita disse que agora é hora de unir o PT local. “Esses processos do PT de disputa e debate só faz com que o partido se fortaleça. Vencer no PT significa fazer o diálogo com todas as forças que fazem parte do partido”, disse Isolda.

A presidência estadual será definida no final de maio.

Compartilhe:

Reforma administrativa da Prefeitura de Mossoró será por partes, revela líder governista

O líder da bancada governista Alex Moacir (PMDB) informou que a reforma administrativa que ainda não chegou a Câmara Municipal será aos poucos e dependendo da situação financeira do município. “O projeto de reforma está sendo concluído”, avisou.

Ele lembrou do anúncio da prefeita Rosalba Ciarlini (PP) de enviar ao legislativo a criação da Secretaria Municipal de Cultura. “Nós precisamos de um órgão para captar recursos para os eventos da nossa cidade. Já temos o Mossoró Cidade Junina agora em junho e precisamos já ter essa estrutura organizacional”, explicou.

O líder governista esclareceu que tudo depende das dificuldades orçamentárias. “O governo pretende fazer as reformas, mas tem as dificuldades orçamentárias. Nem sempre o que você pensa pode executar por isso será enviada por etapas a reforma administrativa”, justificou.

Pelos lados da oposição, a líder da bancada Isolda Dantas (PT) criticou a postura da gestão. “Nós estamos vendo que esse governo está totalmente desnorteado e com vários problemas”, analisou. Para ela são muitas as irregularidades. “Não é só uma reforma que vai resolver os problemas. Há irregularidades com a legislação”, lembrou.

Ela defendeu que o Ministério Público tome providências. “Estamos ansiosos para que o Ministério Público tome as devidas providências. Porque o que estamos percebendo um conjunto de ações que burlam a lei”, acrescentou.

Compartilhe:

Isolda será a líder da oposição

isolda

A vereadora Isolda Dantas (PT) foi escolhida a líder da bancada da oposição. O anúncio foi feito agora a pouco em reunião na Câmara Municipal.

A bancada governista ainda não definiu o líder.

A Câmara Municipal está reunida neste momento para discutir a aprovação do reajuste do piso dos professores.

Colaborou para o post: Vonúvio Praxedes.

Compartilhe:

Isolda decide votar em Alex do Frango

isolda

Não vai ter foto nem discurso. Apenas a palavra empenhada. A vereadora Isolda Dantas (PT) decidiu votar em Alex do Frango (PMB) para presidente da Câmara Municipal.

Pesou o fato de ele ser um nome de oposição e a avaliação interna do partido. “O PT inteiro também me orientou nesse sentido”, acrescentou.

A decisão de Isolda repõe a perda de Manoel Bezerra (PRTB) que migrou para a candidatura de Izabel Montenegro (PMDB) e colabora para estancar uma sangria dada como certa no projeto da oposição.

Compartilhe:

Justiça desaprova contas de vereadores eleitos

Os vereadores eleitos Ozaniel Mesquita (PR) e Isolda Dantas (PT) tiveram contas desaprovadas pela Justiça Eleitoral. A decisão é do juiz Cláudio Mendes Junior.

Nos dois casos, o magistrado acatou parecer dos técnicos da Justiça Eleitoral referendado pelo Ministério Público. Foram identificadas “inúmeras falhas/irregularidades”.

A desaprovação das contas não impede a diplomação dos eleitos no dia 19 de dezembro nem a posse em 1º de janeiro.

Compartilhe: