Acredite! Vereadores se reúnem com Garibaldi e Agripino para buscar verba federal para construção de praça

Vereadores pedem ajuda para construção de praça
Vereadores pedem ajuda para construção de praça

Seis vereadores de Mossoró estão em Brasília participando da Marcha dos Vereadores. É quase um terço dos 21 vereadores da cidade. Não à toa não tivemos votações essa semana na Câmara Municipal.

Ontem Petras Vinicius (DEM), Izabel Montenegro (MDB), Flávio Tácito (PPL), Ricardo de Dodoca (PROS), Manoel Bezerra (PRTB) e João Gentil (PSD) – o único que não aparece na foto – estiveram reunidos com os senadores José Agripino (DEM) e Garibaldi Filho (MDB).

Na pauta, segundo a Assessoria de José Agripino, o pedido de uma praça em frente a uma escola particular situada na Avenida João Marcelino.

Parece brincadeira, mas não é. Seis vereadores saíram de Mossoró às custas do erário para pedir uma praça? Nem parece que a cidade está cheia de buracos, com iluminação precária, precisando credenciar um hospital novinho em folha ao SUS, que temos um rio poluído, etc… Sofremos com a violência, falta de medicamentos nas unidades básicas de saúde, violência e mobilidade urbana insuficiente.

Poderia ficar o dia inteiro escrevendo sobre o que é mais urgente em Mossoró do que construir uma praça ou reformar.

É essa a qualidade de representação que temos.

Foto: Assessoria do senador José Agripino.

Compartilhe:

Vereadores explicam que “grupo livre” é apenas um bloco partidário

Após a repercussão da criação do “Grupo Livre”, espécie de versão com nova roupagem da surrada tática do “grupo independente”, os vereadores João Gentil (PV), Aline Couto (PHS) e Zé Peixeiro (PTC) estão dizendo que não é bem assim.

João Gentil fez contato com o Blog para dizer que o grupo não foi criado para obter benesses. “Não tenho interesse NENHUM em conversar com CA (Carlos Augusto Rosado, líder do rosalbismo). Talvez ele converse com os colegas, comigo não. Tenho princípios e ideologia”, garantiu.

No plenário da Câmara Municipal, tanto Zé Peixeiro como Aline Couto falaram que se trata de apenas um bloco parlamentar para serem mais ouvidos na casa, mas garantem que seguem governistas.

Notam do Blog: qual o sentido de dois vereadores governistas se aliarem a um colega que não é mais aliado da prefeita? O ajuste de discurso não convence.

Compartilhe:

“Grupo independente” ressurge com novo apelido na Câmara Municipal

1522201769848092

Toda legislatura da Câmara Municipal a história se repete. Um grupo de vereadores governistas fica amuado com o inquilino de plantão do Palácio da Resistência. O ajuntamento de deles forma o “grupo independente”. Essa história é de priscas eras, como diria nosso decano do jornalismo mossoroense Emery Costa.

Agora o apelido é “Grupo Livre” formado por Zé Peixeiro (PTC), Aline Couto (PHS) e João Gentil (de saída do PV). Deste trio, João Gentil já tinha deixado a vaga há alguns meses.

Vão ficar naquela brincadeira de não ser oposição nem governo até que Carlos Augusto Rosado faça um carinho e voltam para o governismo sem qualquer anúncio formal.

Essa conversa de “Grupo Livre” só convence os desavisados sobre a história do nosso glorioso parlamento.

Compartilhe:

João Gentil fecha com Izabel e passa a integrar a base de Rosalba

joao-gentil

O vereador eleito João Gentil (PV) acaba de fechar o voto em Izabel Montenegro (PMDB) para presidência da Câmara Municipal.

Ele também passa a integrar a base rosalbista no legislativo.

A confirmação foi feita pela própria Izabel.

Com isso, a peemedebista passa a contar com oito votos. O adversário dela, Alex do Frango (PMB), conta com 12. Sandra Rosado (PSB) é o único voto indefinido no momento.

Compartilhe: