Para Sandra, só Rosados podem representar Mossoró

Entrevistada pelo jornalista Saulo Vale no programa Enfoque Político da Super TV a vereadora Sandra Rosado (PSDB) se referiu aos deputados estaduais Isolda Dantas (PT) e Allyson Bezerra (SD) como os “deputados que dizem representar Mossoró”.

Sandra é política de longa data e sabe que a questão da representação não necessariamente passa pela naturalidade da figura pública. Mas no seu peculiar recorte analítico a questão aí nada tem a ver com local de nascimento, mas de sobrenome.

É o mito de que só os Rosados são capazes de representar Mossoró na política. São os seres iluminados que trazem o progresso à terra abençoada por santa Luzia.

Sandra ainda não entendeu que os tempos mudaram e que nas eleições de 2018 as oligarquias sofreram um duro golpe nas urnas. Outro ponto que ela não compreendeu é que ela não é mais líder, mas liderada de Carlos Augusto Rosado e isso abriu espaço para que novas lideranças surgissem na cidade.

Num ponto ela tem razão: Larissa Rosado (PSDB) foi a estadual mais votada em 2018. Faltou ela lembrar que em 2014 a “Guerrerinha” teve 24 mil votos sem apoio de Governo e Prefeitura de Mossoró e quatro anos depois, com apoio de Rosalba Ciarlini (PP), com caneta na mão e tudo, a votação reduziu 7 mil votos.

A adesão ao rosalbismo diminuiu o capital político do sandrismo. A objetividade dos números é insofismável.

Sandra duela com os fatos e a ausência de um legítimo Rosado na Assembleia Legislativa ainda lhe rende uma dor de cotovelo politica.

Compartilhe:

Larissa muda de patamar na cotação para vice de Rosalba

Larissa Rosado sobe em cotação para ser vice numa chapa Rosado-Rosado (Foto: arquivo)

A ex-deputada estadual Larissa Rosado (PSDB) mudou de patamar na cotação para ser vice compondo chapa com a prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

Ela ficou mais valorizada junto ao rosalbismo após cumprir papel importante na suspensão dos trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Arena das Dunas.

Ela concorre com o empresário Jorge do Rosário (PL) que seria espécie de sonho de consumo político do rosalbismo para ocupar a vaga desde 2016 quando foi convidado e preferiu compor com Tião Couto (na época no PSDB).

Apesar de Larissa ter subido de cotação política para ser vice existe uma resistência ao nome dela porque seria formada uma chapa Rosado-Rosado, coisa que só aconteceu uma única vez e com sucesso eleitoral quando Dix-huit Rosado teve Sandra Rosado como vice em 1992.

No entanto, o contexto é outro e a chapa com membros da mesma família reforçaria o discurso contra as oligarquias dos candidatos de oposição.

Compartilhe:

As estratégias por trás da colocação do nome de Larissa no jogo eleitoral

Larissa deixou cargo na Assembleia Legislativa para ficar disponível nas eleições deste ano (Foto: arquivo)

A eleição de 2020 é ocaso ou mais um suspiro político para o grupo da vereadora Sandra Rosado (PSDB). Vai depender do que as urnas vão dizer.

Acostumado ao protagonismo na política local, o sandrismo perdeu espaço desde que se tornou aliado da prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

Ainda assim, o sonho acalentado há anos é o de indicar o vice da atual prefeita. Em 2016 quando tinha bem mais peso político que hoje não deu. Contentou-se com a articulação que levou Larissa de volta a Assembleia Legislativa em 2017.

Para 2020 o cenário é ruim para reivindicar a vaga no rosalbismo, mas Sandra não desiste. Larissa se desincompatibilizou para ficar disponível para compor chapa ou ser candidata.

Fala-se que a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Arena das Dunas seria um trunfo tendo em vista a proximidade de Larissa com o presidente da Assembleia Legislativa Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB). A investigação seria uma forma de emparedar a prefeita de Mossoró, um dos principais alvos.

Até aqui não há qualquer indício que se confirme essa especulação. Ezequiel tem tratado o tema de forma republicana dando autonomia aos deputados sem interferir.

A colocação de Larissa no jogo eleitoral tem fortes sinais de que a pressão será em vão. O grupo não agrega politicamente por não ter mais a força de antes.

Aí resta perguntar: sem espaço como vice de Rosalba, Larissa comporia com algum nome da oposição? Ela sairia candidata em chapa própria indo para mais um sacrifício político? Vai para a vereança onde certamente seria uma ótima puxadora de votos?

O certo é que Larissa é um dos melhores quadros dos Rosados e a submissão de seu nome a mais um desgaste eleitoral pode finalizar uma carreira política que tem muita lenha para queimar.

Compartilhe:

Larissa Rosado se coloca no jogo eleitoral de 2020

Larissa Rosado entra no jogo eleitoral (Foto: autor não identificado)

A ex-deputada estadual Larissa Rosado (PSDB) está se colocando no jogo eleitoral deste ano. O requisito básico para isso foi cumprido hoje com a publicação do pedido de exoneração do cargo de chefe de gabinete da Assembleia Legislativa.

Como o prazo para quem ocupa cargo comissionado para se tornar apto a disputar mandatos é de três meses antes da eleição, Larissa está habilitada para o pleito de outubro com a decisão.

Não se sabe ainda qual cargo ela vai disputar. Em conversa com o Blog do Barreto a ex-deputada disse que vai discutir internamente com seu grupo político e que espera ser ouvida pelo rosalbismo. “Ainda não sabemos qual o cargo vamos disputar. A gente ainda vai discutir. Esperamos opinar na chapa majoritária do grupo da prefeita Rosalba”, declarou.

Questionada sobre a possibilidade de tentar uma vaga na Câmara Municipal de Mossoró, Larissa foi taxativa: “a candidata é Sandra Rosado”.

Larissa disse sentir certo desconforto em tratar de política neste momento e que só tomou a decisão por força do calendário eleitoral que se for alterado será apenas em relação a data da eleição e das convenções. “Primeiro nesse momento de pandemia não é nem para a gente estar falando de política, mas a gente tem prazos a cumprir porque ninguém acredita que os prazos de desincompatibilização serão alteradoa”, analisou.

Larissa já disputou a Prefeitura de Mossoró quatro vezes sendo a segunda colocada em 2004, 2008, 2012 e na suplementar de 2014. Ela exerceu quatro mandatos de deputada estadual sendo eleita em 2002, 2006 e 2010, além de ter assumindo em 2017 após a saída de Álvaro Dias para assumir o cargo de vice-prefeito de Natal (agora é prefeito). Nas eleições de 2014 e 2018 ela foi a deputada estadual mais votada de Mossoró, o que não foi suficiente para se eleger.

Compartilhe:

Sandrismo insiste em indicar vice

Sandra busca espaço para Larissa na chapa majoritária (Foto: arquivo)

Em 2016 quando tinha mais força política o grupo da vereadora Sandra Rosado (PSDB) quis indicar a ex-deputada estadual Larissa Rosado (PSDB) como vice na chapa encabeçada por Rosalba Ciarlini (PP).

Contentou-se com a articulação que garantiu o retorno de Larissa à Assembleia Legislativa. O rosalbismo preferiu um nome nulo na chapa.

Agora sem a perspectiva de retomar o mandato de Larissa, novamente derrotada em 2018, Sandra faz de tudo para por a filha como companheira de chapa de Rosalba.

O líder do rosalbismo Carlos Augusto Rosado tem outros planos. O nome preferido é o do empresário Jorge do Rosário (PL) ou alguém da cozinha do grupo.

Sandra tem tentando pegar carona na força política do presidente da Assembleia Legislativa Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) para ver se coisa anda. O que se sabe é que o líder tucano gostaria mesmo era de ver o partido dele tendo uma candidatura própria em Mossoró, mas o sandrismo não tem forças para encara esse desafio.

Até aqui tudo na mesma.

Compartilhe:

Ex-deputadas são absolvidas em ação que apontava desvios de recursos da saúde

O Juiz Lauro Henrique Lobo Bandeira, da 10ª Vara Federal de Mossoró, absolveu as ex-deputadas Sandra Rosado (PSDB) e Larissa Rosado (PSDB) da acusação de desvios de recursos da saúde enviados à Fundação Vingt Rosado Associação de Proteção e Assistência à Maternidade e Infância de Mossoró (APAMIM) nos anos de 2004 e 2005 por meio de emendas parlamentares.

Segundo o Ministério Público Federal, Laíre Rosado teria recebido recursos desviados da APAMIM por meio de transferências bancárias entre os anos de 2004 e 2005. No entanto, a denúncia foi oferecida oito anos depois da ocorrência incidindo em prescrição e por ele ter mais de 70 anos.

Outros acusados foram condenados como:

Francisco Andrade da Silva Filho (ex-marido de Larissa): 7 (sete) anos de reclusão e a multa em 180 (cento e oitenta) dias-multa;

Manuel Alves do Nascimento Filho: 7 (sete) anos de reclusão e a multa em 180 (cento e oitenta) dias-multa;

Maria Goreti Melo Freitas Martins: 5 (cinco) anos e 6

(seis) meses de reclusão e ao pagamento de multa correspondente a 140 (cento e quarenta) dias-multa;

Maria Melo Forte Cavalcante: 4 (quatro) anos e 6 (seis) meses de reclusão e ao pagamento de multa correspondente a 100 (cem) dias-multa;

Damião Cavalcante Maia: 5 (cinco) anos e 6

(seis) meses de reclusão e ao pagamento de multa correspondente a 140 (cento e quarenta) dias-multa;

Maria Alves de Sousa Cavalcante: 5 (cinco) anos e 6

(seis) meses de reclusão e ao pagamento de multa correspondente a 140 (cento e quarenta) dias-multa.

Lei a sentença AQUI.

Compartilhe:

PSDB/RN participa de Congresso Nacional do partido

Representantes do PSDB participam de evento em Brasília (Foto: cedida)

Uma representação do PSDB do Rio Grande do Norte participou neste sábado (7) em Brasília, do Congresso Nacional da sigla, que reforçou a unidade partidária. Governadores, prefeitos, jovens lideranças e segmentos foram unânimes em afirmar: o PSDB é um partido reformador, que acredita na livre iniciativa e propõe a responsabilidade fiscal; e também o partido que não prescinde da democracia, da luta pela justiça social e pelas liberdades individuais. O governador de São Paulo, João Dória e o presidente nacional, Bruno Araújo conversaram com os potiguares no evento.

Do Rio Grande do Norte, membros da Executiva como o prefeito de Nísia Floresta, Daniel Marinho, o secretário geral do PSDB, Dr. Tiago Almeida, pré-candidato a prefeito de Parelhas, além de jovens lideranças como Cleonaldo Júnior, que aparece bem nas pesquisas para concorrer à Prefeitura de Vera Cruz, na Grande Natal. A ex-deputada Larissa Rosado, que preside o PSDB Mulher, o presidente da Juventude Tucana, Geyson Barbosa, que também preside a Câmara Municipal de Bento Fernandes, na região Mato Grande foram outros nomes de destaque. A vice-prefeita Hortência Regalado de Apodi, no Oeste Potiguar, a ex-deputada federal Sandra Rosado e a presidente da Câmara Municipal de Nísia Floresta, vereadora Polyana Dias participaram das plenárias. O assessor Washington Dantas foi outra participação potiguar na Delegação.

O prefeito Daniel Marinho, que irá concorrer à reeleição em Nísia Floresta, na Grande Natal elogiou a forma do PSDB em ouvir seus filiados. “Importante ouvir a voz de quem está na base. Foram debatidos temas como financiamento da educação e da saúde à orientação da política externa brasileira, ou seja, questões e propostas relacionadas à vida do povo nos Estados e municípios”, comentou Daniel Marinho.

O médico ortopedista Tiago Almeida, secretário geral do PSDB RN também participou dos debates. Estivemos com o governador Dória e o presidente Bruno Araújo e trocamos experiências. Defendi melhorias no nosso SUS, onde conheço e convivo diariamente com os gargalos da saúde. Quero agradecer a oportunidade dada pelo presidente Ezequiel Ferreira. Saio politicamente melhor e sabedor dos bons propósitos do nosso PSDB”, disse Dr. Tiago Almeida, que lidera as pesquisas para prefeito de Parelhas.

Para Larissa Rosado, o PSDB vive um novo momento não só no Brasil como também no Rio Grande do Norte. “Teremos muito êxito para que o PSDB eleja mais mulheres em 2020, seja como prefeitas, vice-prefeitas e vereadoras.  Estamos fortalecendo essas mulheres, a troca de ideias e as experiências para lançar nomes competitivos em todo Estado. O presidente Ezequiel Ferreira tem feito um trabalho de fortalecimento do partido, juntamente com todos os deputados”, frisou Larissa Rosado.

De acordo com o presidente da Juventude Tucana, vereador Geyson Barbosa, que apesar de seus 28 anos, preside o Poder Legislativo do seu município, os jovens líderes são importantes para a renovação política. “Pela primeira vez na história um partido abriu um debate para que seus filiados opinem sobre temas, questões e propostas relacionadas ao Brasil. A política está precisando de renovação e de quadros jovens que possam contribuir com desenvolvimento e novas bandeiras”.

O PSDB lançou no Congresso Nacional, um texto com a síntese dos posicionamentos que pretende encampar para seguir em frente. Foi realizada uma enquete online com cerca de 1.500 apoiadores do partido sobre 30 temas que ajudará a sigla a formular suas propostas. Do Rio Grande do Norte, dezenas de filiados participaram dessa enquete, contribuindo com posicionamento para temas importantes que o Brasil vive hoje. O partido também definiu as chamadas “teses guia”, do “novo PSDB”. Elas serão aprimoradas no próximo ano, quando haverá um documento mais completo sobre o assunto.

O PSDB Potiguar hoje dirigido pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira também conta com a maior bancada de parlamentares. Os deputados Tomba Farias, Gustavo Carvalho, Raimundo Fernandes e José Dias estão reforçando o PSDB em várias regiões do Estado. O partido vai apresentar nomes fortes na Grande Natal, Agreste, Seridó, Trairi, Potengi, Mato Grande, Central, Vale do Açu, região Salineira e no Alto, Médio e Oeste Potiguar.

Compartilhe:

Diocese convida autoridades do RN para festa de santa Luzia

Vigário-Geral convida autoridades (Fotomontagem: Blog do Barreto)

O vigário geral da Diocese de Mossoró, Padre Flávio Augusto visitou os chefes dos poderes legislativo e executivo para convidá-los para a edição 2019 da Festa de Santa Luzia, que será realizada em dezembro.

Em conversa com o presidente da Assembleia Legislativa Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) ele disse se tratar de um dos maiores eventos do Nordeste.

O presidente da Assembleia reconheceu: “A Festa de Santa Luzia já é um evento de importância regional, consolidado no nosso calendário como uma das mais bonitas do Estado, atraindo inclusive muitos visitantes nos dias de festividade. Desde já parabenizo a organização do evento pela extensa programação e agradeço pelo convite que muito me honra”, avaliou.

Estiveram na reunião os deputados estaduais George Soares (PL) e Isolda Dantas (PT), além dos membros da comissão da Festa de Santa Luzia (Nadja Rodrigues da Escóssia, Jheremias Escóssia, Capitão Almeida e Alexandre Fernandes). Também participaram o diretor-geral Fernando Rezende e a chefe de gabinete da Presidência da Assembleia Larissa Rosado.

Governo

Na Governadoria ele se reuniu com o governador em exercício Antenor Roberto (PC do B) para fazer o convite estendido a governadora Fátima Bezerra (PT) que está no exterior em missão oficial.

Ele aproveitou para reforçar o pedido de apoio ao Poder Público. Uma das preocupações é com a segurança pública nos dias das festividades em função do grande público que visita a cidade.

Só para a procissão de encerramento, no dia 13 de dezembro, são esperadas 200 mil pessoas.

Compartilhe:

PSDB Mulher recebe liderança nacional no RN

Deputada Yeda Crusius no Encontro Nacional do PSDB Mulher em Brasília (Foto Orlando Brito)

Com o objetivo de fortalecer a participação feminina nas eleições, o PSDB Mulher do Rio Grande do Norte realizará nesta sexta-feira (25) um encontro estadual. O evento será no auditório da Assembleia Legislativa e começará às 14 horas. Na oportunidade, será apresentado o nome da secretária do PSDB Mulher em Natal.

“Nosso objetivo é contribuir para a qualificação das mulheres que têm interesse em participar de alguma forma da política. Estamos a menos de um ano das próximas eleições municipais, e o PSDB tem a preocupação em atrair mais mulheres para a política, como forma inclusive de amplificar o debate sobre assuntos de importância para a sociedade atual”, disse a presidente estadual do PSDB Mulher, a ex-deputada Larissa Rosado.

Ainda de acordo com Larissa, o foco do partido é buscar bons nomes para compor chapas no processo eleitoral de 2020. “O PSDB não pensa apenas em cumprir uma cota, como manda a legislação. É muito mais do que isso. Nosso trabalho é atrair mulheres que desejem se dedicar a política e, de alguma forma, contribuir com a sua cidade ou o nosso Estado”, completou Larissa.

Na programação do encontro, está prevista a abertura com a presidente nacional do PSDB Mulher, a deputada federal Yeda Crusius, e a coordenadora regional do PSDB Mulher no Nordeste, Iraê Lucena. Depois, será realizado um curso sobre “Uso de Redes Sociais e Campanha Eleitoral”, sob o comando da jornalista Anna Ruth Dantas.

De acordo com Larissa Rosado, o evento é aberto ao público e as simpatizantes do PSDB, inclusive para as mulheres que trabalham como assessoras de mandatos políticos.

Compartilhe: