Juiz pode bloquear recursos da Prefeitura para garantir funcionamento de maternidade

orlan

O juiz Orlan Donato deu um prazo até dia 19 de dezembro para a Prefeitura de Mossoró se manifestar a respeito dos atrasos nos repasses para as clínicas médicas que atuam na Maternidade Almeida Castro.

Neste mesmo dia ele decide o que fazer se bloqueia e como vai bloquear porque já existem outros bloqueios para pagar aos médicos das três clínicas.

Ele ouviu hoje a CAM, NEO e NGO. Também esteve presente ao encontro os interventores e o secretário de saúde do município, Antonio Almeida.

O juiz também informou o agendamento de uma reunião com os futuros gestores do município para o dia 12 de janeiro para que sejam informados a respeito da decisão judicial da intervenção. O objetivo é evitar a descontinuidade dos serviços na maternidade.

Compartilhe: