PC do B adia evento

Resultado de imagem para movimento 65

O PCdoB cancelou o lançamento do Movimento 65 em Mossoró, previsto para este sábado, às 9h, no Hotel Sabino Palace. Pesou a recomendação do Ministério da Saúde, emitida nesta sexta-feira (13), para cancelamento ou adiamento de eventos com grande participação de pessoas, em razão da epidemia do novo coronavírus (Covid-19).

Iniciativa nacional, o Movimento 65 visa a aglutinar forças democráticas e populares para as eleições municipais deste ano. O lançamento em Mossoró reuniria lideranças estaduais e nacionais do PCdoB, além da militância local e outros convidados.

“Diante do atual cenário, em que vários eventos com aglomeração de pessoas são cancelados em todo o país, inclusive em Mossoró, achamos prudente reagendar para outra data, em breve”, informa o pré-candidato a prefeito de Mossoró pelo PCdoB, Gutemberg Dias.

Compartilhe:

PC do B lança Movimento 65 em Mossoró

Gutemberg Dias é pré-candidato a prefeito (Foto: Blog do Barreto)

No dia 14, às 9h, no Hotel Villa Oeste, o PCdoB lançará o Movimento 65 em Mossoró. A iniciativa tem o objetivo de realizar mobilização para aglutinar forças democráticas e populares para as eleições municipais deste ano.

O secretário de organização estadual do PCdoB e pré-candidato a prefeito de Mossoró, Gutemberg Dias, informa que o Movimento 65 é mobilização nacional do partido em defesa da democracia.

A estratégia se contrapõe a atitudes antidemocráticas no contexto nacional, disseminadas em maior grau após a eleição presidencial de 2018. A ideia é formar frente ampla no campo progressista.

Eleições

“Convidamos lideranças políticas e sociais de Mossoró para se candidatarem pelo ‘65’. Para tal, o requisito é um só: compromisso com a defesa da democracia”, explica Gutemberg Dias.

O lançamento do Movimento 65 reunirá lideranças municipais e estaduais do PCdoB e contará com a presença do ex-senador Inácio Arruda (PCdoB-CE), que ministrará palestra sobre o cenário atual.

Com informações da Assessoria do PC do B.

Atualizado às 09h42: o lançamento será dia 14

Compartilhe:

“Não sou moleque para ser expulso de partido”, diz Flávio Tácito

Vereador reage à resolução do PC do B (Foto: Edilberto Barros/CMM)

O vereador Flávio Tácito reagiu ao que interpretou como expulsão do PC do B. Em conversa com o Blog do Barreto, o parlamentar mostrou indignação: “Não sou moleque para ser expulso de partido”.

O parlamentar disse que não tem nenhuma dificuldade em sair do PC do B e avisou que não teme encarar um chapão nas eleições de outubro. “Se não me querem lá (no PC do B) eu saio. Não tenho medo de encarar chapão. Já me elegi nessas circunstâncias em 2016”, lembrou.

O vereador disse ainda que não foi procurado pelo PC do B e estranhou a decisão. “O PC do B nunca elegeu um vereador em Mossoró e comigo poderia ter essa chance”, lamentou.

Compartilhe:

Partido apresenta “porta da rua” a vereador

Flávio Tácito está fora do PC do B (Foto: Edilberto Barros/CMM)

Os mais antigos diziam “a parta da rua é a serventia da casa” aos insatisfeitos ou que não seguiam as regras. Pois bem, o caso vale para o vereador Flávio Tácito que quis ficar no PC do B dando uma de “João sem Braço” para ver no que ia dar.

Sem vivência no partido e sempre fiel ao governismo coube ao oposicionista PC do B apresentar as portas da rua para o parlamentar.

Numa resolução do Comitê Municipal o PC do B informa que Flávio não fará parte da lista de candidatos a vereador pelo partido e que ele está livre para se filiar a outra agremiação. “A decisão faz parte da reafirmação ideológica do conjunto PCdoB enquanto partido progressista, defensor da democracia e opositor a gestão de Rosalba Carlini”, diz o presidente do partido em Mossoró, Pedro Lúcio Góis.

Flávio nunca foi de fato do PC do B. A filiação dele ao partido se deu de forma automática porque o PPL foi incorporado pelos comunistas no ano passado.

Confira a resolução AQUI.

Compartilhe:

“Puxadinho”? PC do B não tem histórico de alinhamento com PT em Mossoró neste século

PC do B e PT juntos numa eleição. Coisa rara em Mossoró (Foto: Web/autor não identificado)

Um rótulo comum da política é se referir ao PC do B como um “puxadinho” do PT dado a histórica parceria entre os dois partidos no Brasil.

Mas não necessariamente o PC do B é sempre assim e Mossoró é uma prova cabal disto.

Em todas as eleições realizadas neste século o PC do B só reproduziu a parceria histórica em 2016 e ainda assim indicando a cabeça de chapa com Gutemberg Dias. Coube ao PT apresentar Rayane Andrade como vice.

A parceria foi bem sucedida com 11.152, a maior votação de um candidato de esquerda em Mossoró até agora.

Nas outras eleições os partidos estiveram apartados.

Em 2004, o PC do B apoiou Francisco José (na época no PSB) enquanto o PT lançou Crispiniano Neto. Já em 2008, o partido indicou Gutemberg Dias como vice de Renato Fernandes (que estava no PR, atual PL). O PT editou uma surpreendente parceria com o sandrismo indicando Tércio Pereira vice Larissa Rosado (na época no PSB).

Já em 2012 os dois partidos não formaram uma aliança direta, mas dividiram o palanque de cabendo ao PT indicar como vice Josivan Barbosa na chapa encabeçada por Larissa Rosado.

Em 2014, nas eleições suplementares, Gutemberg Dias se lançou candidato a prefeito pela primeira vez recebendo 2.265 votos ficando atrás de nomes como Cinquentinha (na época no PSOL) e Josué Moreira (na época no PSDC).

O pleito foi vencido por Francisco José Junior (na época no PSD) que tinha como vice o petista Luís Carlos Martins.

Alianças entre PT e PC do B em Mossoró se tornaram coisa rara neste século XXI.

Nota do Blog: o século atual começou no dia 1º de janeiro de 2001. Logo a primeira eleição para prefeito foi em 2004.

Compartilhe:

PC do B faz conferência estadual

 

Com o tema “Democracia, Desenvolvimento e Trabalho”, o Comitê Estadual do Partido Comunista do Brasil – PCdoB – promove, nos dias 22 e 23 de novembro, a 17ª Conferência Estadual do Rio Grande do Norte.

O evento acontece no Cuxá Recepções, em Natal, com ato político de abertura programado para sexta-feira, 22, às 18h30h, seguido de palestra do vice-prefeito do Recife e membro do Comitê Central, Luciano Siqueira.

No sábado, 23, no período das 9h às 16h, serão realizados os debates e deliberações. Além de aprovar uma resolução sobre o atual momento político, com destaque para a participação dos comunistas nas eleições municipais de 2020, os delegados e delegadas elegerão os membros do novo Comitê Estadual.

De acordo com o presidente estadual do Partido, Divanilton Pereira, que deverá ser reconduzido ao cargo, foram realizadas conferências preparatórias em 45 municípios do Estado, sendo que a Conferência Estadual deverá reunir cerca de 120 delegados e delegadas.

 

Programação:

Dia 22/11 (Sexta-feira)

18h00 – Credenciamento

18h30 – Sessão: “Bem-vindo, camarada!”

19h00 – Instalação da mesa e saudação dos convidados

20h00 – “O Quadro Nacional e o PCdoB”. Exposição de Luciano Siqueira, membro do Comitê Central e vice-prefeito do Recife.

21h00 – Encerramento

Dia 23/11 (Sábado)

8h00 – Credenciamento

9h00 – Aprovação do Regimento da 17ª Conferência Estadual

9h30 – Apresentação do Quadro Politico Estadual e o Projeto Eleitoral do PCdoB

10h00 – Apresentação do balanço do Comitê Estadual cessante

10h15 – Debates

12h00 – Apresentação da proposta de nominata para o novo Comitê Estadual

13h00 – Almoço

14h00 – Aprovação da Resolução Política da 17ª Conferência Estadual

14h30 – Eleição do novo Comitê Estadual

16h00 – Encerramento

Compartilhe:

PC do B reconduz presidente municipal e reafirma candidatura a prefeito

PC do B reelege presidente do diretório municipal (Foto: cedida)

O petroleiro, Pedro Lúcio Gois e Silva segue como presidente do diretório municipal do PC do B tendo como vice-presidente a professora Arleide Meylan.

A decisão foi tomada no último dia 18.

Outra decisão importante do partido foi a de reafirmar o lançamento da pré-candidatura à Prefeitura de Mossoró do empresário e professor, Gutemberg Dias, para o pleito de 2020. A postulação tem o endosso do Fábio Toskaski, secretário nacional de organização do PCdoB.

O PC do B tem foco na união da oposição para fazer frente ao governo Bolsonaro e a prefeita, Rosalba Ciarlini (PP).

“Seguiremos firmes para disputar a prefeitura municipal de Mossoró e eleger uma bancada de vereadores e vereadoras, trazendo a população para o debate sobre as problemáticas do nosso município, avançar numa frente ampla que tenha como ponto central consolidar um novo ciclo político para Mossoró”, comentou Gutemberg Dias.

Compartilhe:

PC do B fará discussão sobre cenário político para 2020

PC do B quer reunir parceiros para discutir quadro eleitoral (Foto: Deivson Mendes)

A Conferência Municipal do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) de Mossoró será realizará no próximo dia 18/10. O evento partidário será concretizado no Hotel Sabino Palace(Avenida Presidente Dutra, 1744 – Alto de São Manoel, Mossoró-RN) às 18h. A iniciativa busca reunir militantes, amigos e simpatizantes do partido.

A ação do partido tem como objetivo fazer uma análise da situação política atual a nível nacional, estadual e municipal, como também discutirá o projeto eleitoral do partido para 2020.

Confira os pontos em pauta:

1)     Debate da Resolução Política do Comitê Central: “Fortalecer e ampliar a oposição a Bolsonaro. Defesa da democracia é o eixo da unidade”;

2)     Discussão e deliberação sobre o Projeto de Resolução de Construção Partidária e Pré-Projeto Eleitoral elaborado pelo Comitê Municipal;

3)     Balanço da direção do respectivo organismo partidário;

4)     Eleição dos delegados e delegadas á Conferência Estadual e Eleição dos novos e das novas integrantes do Comitê Municipal.

Compartilhe:

Incorporação partidária terá efeitos na Câmara de Mossoró

Flávio Tácito pode ser o primeiro “comunista” da Câmara de Mossoró (Foto: Web)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou na terça-feira a incorporação do PPL pelo PC do B. A decisão tem efeitos na política mossoroense e, de forma automática, leva os comunistas a terem um assento pela primeira vez na Câmara Municipal de Mossoró.

O vereador Flávio Tácito é do PPL que vai se tornar parte do PC do B. O parlamentar, que está em licença para tratamento de saúde, vê com simpatia a possibilidade de se tornar um “comunista”. “Gosto das ideias do PC do B”, disse ao Blog do Barreto.

Flávio Tácito informa que está analisando a possibilidade de ficar ou sair do partido. “Você sabe que estou liberado para ir para onde eu quiser”, lembra em alusão ao dispositivo da fidelidade partidária que permite a troca de sigla em casos de incorporação.

Com a incorporação do PPL, o PC do B volta a ter acesso aos recursos do fundo partidário e horário no rádio e TV.

Compartilhe: