Carlos Eduardo e o trabalho para “amolecer” corações em Natal

carloseduardo

O ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT) tem um grande desafio pela frente nos próximos meses: superar a imagem negativa do político que prometeu cumprir o mandato até o fim em 2016 e cedeu aos encantos da política um ano e meio depois.

A pesquisa Consult divulgada pelo Blog do BG e 98 FM de Natal colocou Carlos Eduardo liderando as pesquisas na Grande Natal. São 24,88% de intenção de voto contra 21.88% da senadora Fátima Bezerra (PT). O maior crítico do pedetista, Kelps Lima (SD), tem apenas 4,88%.

A renúncia de Carlos Eduardo Alves pegou mal e a pesquisa do Instituto Seta divulgada mês passado mostrou que a maioria dos eleitores natalenses desaprova a renúncia do agora ex-prefeito.

Mas há uma margem para ele “amolecer” os corações dos natalenses ao longo da eleição. Tudo vai depender de alguns fatores preponderantes:

  • Superar o problema do palanque dos grupos tradicionais que estão muito rejeitados pelos eleitores;
  • O desempenho do agora prefeito de Natal Álvaro Dias (MDB).

São essas adversidades que Carlos Eduardo terá que superar para tornar a Grande Natal um impulso para a vitória em todo o Estado. Vale lembrar que o pedetista deixou o poder desaprovado pela maioria dos natalenses e os quase 25% que recebeu de intenção de voto do Instituto Consult (em Natal e Grande Natal) estão abaixo do patamar mínimo (25%) para nomes com o perfil dele. Tudo muito próximo ao teto, da capital, onde ele recebeu no mês passado 33,7% de aprovação e 57,3% de desaprovação.

A candidatura de Carlos está viabilizada politicamente e caminha a passos largos para o mesmo no ponto de vista eleitoral. Ele pode crescer como pode afundar junto com os apoiadores rejeitados que giram em torno de si.

Os próximos meses serão decisivos.

Compartilhe:

Disputa por duas vagas no Senado é campo aberto para novidades na política potiguar

campo-aberto-1024x768

Na soma de primeiro e segundo voto para o Senado (que oferta duas vagas esse ano) nenhum candidato chegou a 15% na pesquisa do Instituto Seta divulgada hoje pelo Blog do BG e 98 FM de Natal. É um sinal claro que o eleitor está aberto às novidades para esse cargo.

Na soma de primeiro e segundo voto Zenaide Maia (que sexta se filia ao PHS) tem 11,62%), seguida por José Agripino (DEM) com 11,23% e Garibaldi Alves Filho (MDB) que alcança 10,52%. Detalhe: essa é a primeira pesquisa que mostra que se as eleições fossem hoje o senador do MDB não seria eleito.

Não enxergo motivos para Zenaide Maia comemorar. Ela equilibra com os velhos caciques num cenário de baixa intenção de voto. A diferença é que ela se encontra em viés de alta por ser menos conhecida. Ele tem potencial para crescer. Os outros dois terão que lidar com rejeição. Agripino tem 13,1% e Garibaldi 9,9%.

Como este ano são dois votos para Senado, as pesquisas somam 100% de votos para primeiro voto e mais 100% para segundo voto. O trio de “favoritos”, juntos, somam 33,37%. É um percentual muito baixo para quem está podendo ser citado duas vezes.

Enquanto isso, o item ninguém/branco/nulo chega a 50.60% no primeiro voto mais 65.23% no segundo voto. É um campo vastíssimo para um novo nome ocupar.

A pergunta agora é: quem?

Compartilhe:

Pesquisa Seta mostra Fátima se sobressaindo em meio a repulsa popular aos políticos

imagem_materia-1

A Pesquisa do Instituto Seta divulgada hoje pelo Blog do BG e 98 FM de Natal mostrou o eleitorado potiguar em sua maioria não confia nos nomes postos para Governo do Estado e Senado.

São 38,6% dos entrevistados que dizem que nenhum dos candidatos merecem seu voto ou declaram voto branco/nulo. Os indecisos somam 7,8%.

Só a senadora Fátima Bezerra (PT) se desgarra um pouco da repulsa popular atingindo 29,6% das intenções de votos. Mesmo assim ela não pode dizer que se encontra em situação confortável tendo em vista que há uma multidão de pessoas que rejeitam votar nos candidatos postos até aqui. Parcela desse eleitorado costuma ficar menos arredio durante a campanha e se dispersar entre os nomes postos. Manter-se na liderança é estratégico para a petista atrair para si o chamado “voto útil”.

No entanto, ser petista será um fato para não atrair boa parte dos votos de quem está revoltado com a classe política. O partido ainda carrega o maior ônus, principalmente junto a classe média.

Por outro lado, torna a vida de Fátima menos complicada. Ela parece não ter adversário no atual balanço das ondas da política potiguar. O prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), está em segundo lugar com 8,1%, mas tem a própria gestão desaprovada por 57,3% segundo os natalenses. Isso lhe tira o impulso para repetir o feito de Wilma de Faria em 2002. A baixa intenção de voto no próprio reduto somada a desaprovação alta é um recado do eleitor potiguar para pedetista cumprir a promessa de ir até o fim do mandato de prefeito.

A pesquisa mostra o governador Robinson Faria (PSD) completamente inviabilizado. São apenas 5,6% de intenção de votos ficando em um indigesto terceiro lugar. Some-se a isso, o fato dele ser desaprovado por 78% dos potiguares, o que torna o sonho da reeleição um delírio.

Outros

Outros nomes citados na pesquisa são Geraldo Melo (sem partido) com 3,7%, Kelps Lima (SD) com 3,1%, General Girão 1,8% (PSL), Tião Couto com 0,7% (PSDB), Fábio Dantas (PSB) com 0,6% e Robério Paulino (PSOL) com 0,4%.

Dessa lista, o Blog de abstém de comentar a inclusão sem sentido do nome do ex-governador Geraldo Melo. Kelps Lima tem que correr contra o tempo se realmente quer disputar o Governo do Estado enquanto que o vice-governador Fábio Dantas está mesma situação que o deputado estadual do Solidariedade.

Tião Couto é candidato de si próprio e não se viabilizou até o momento e Robério Paulino nem de longe mostra o potencial de quatro anos atrás.

O Blog do Barreto ainda comenta hoje a pesquisa para o Senado.

Compartilhe:

Pesquisa Seta/TCM confirma cenário de equilíbrio demonstrado por comportamento de Rosalba

foto-rosalba-centro-2

O Blog do Barreto já tinha alertado que o comportamento da ex-governadora Rosalba Ciarlini (PP) indicava um cenário de equilíbrio na disputa pela Prefeitura de Mossoró.

Não se trata de achismo ou manifestação de vontade. É análise com base no comportamento histórico de uma candidata com 28 anos de vida pública.

A ex-governadora virou uma eleição para Fernando Bezerra (PTB) em 2006 sem desferir um único ataque contra o adversário. Agora ela partiu para o ataque contra o principal adversário, Tião Couto (PSDB), contrariando o comportamento histórico e o próprio discurso.

img_6405

Tião vinha crescendo ao longo da campanha e o volume das movimentações mostrava isso. Rosalba seguia sendo um nome forte, mas não tinha muita margem para crescer tendo em vista que já era um nome massificado e quem tende a votar nela o faria logo no início da campanha.

O quadro apontado pela Seta aponta um acirramento ainda maior que o de 2012.

Isso não significa que a ex-governadora não tenha chances. Ela tem e conta com um trunfo que é a abstenção que pode ser recorde esse ano.

Já o tucano conta com o sentimento anti-rosalbista de parte considerável do eleitorado o que pode lhe levar a canalizar os votos dos indecisos.

Já Gutemberg Dias (PC do B), em sendo confirmado os números da Seta pode, de forma surpreendente, superar um tabu de 24 atingindo a maior votação da esquerda em Mossoró superando Luís Carlos (PT) que obteve 6.557 votos.

A pesquisa também confirma a tendência de Josué Moreira (PSDC) a ficar em último lugar.

Compartilhe:

Confira os números para vereador da pesquisa Seta/TCM

A pesquisa TCM/Seta traz a intenção de votos dos eleitores mossoroenses para prefeito e vereador divulgada no e-mail anterior. Foram realizadas 600 entrevistas nos dias 28 e 29 de setembro, com margem de erro de 3,5% e índice de confiabilidade de 95%, com registro RN-01063/2016, no Tribunal Superior Eleitoral. Segue neste e-mail a relação completa da pesquisa de intenção espontânea para vereador.

vereador-1

vereador-2

vereador-3

vereador-4

Compartilhe:

Pesquisa Seta/TCM aponta empate técnico entre Rosalba e Tião Couto

A TCM acabou de divulgar a pesquisa Seta realizada entre os dias 28 e 29 de setembro  que apontou empate técnico entre Tião Couto (PSDB) e Rosalba Ciarlini (PP) dentro da margem de erro de 3,5% para mais e para menos. Foram ouvidas 600 pessoas e o intervalo de confiança é de 95%.

Estimulada

Rosalba Ciarlini 35,6%

Tião Couto 33,5%

Gutemberg Dias 7,4%

Josué Moreira 0,90%

Ns/nr 15,10%

Ninguém 7.50%

Espontânea

Rosalba Ciarlini 35,5

Tião Couto 31,9

Francisco José Junior 0,6%

Gutemberg Dias 7,10

Josué Moreira 0,10

Cinquentinha 0,10%

NS/NR 15,10

Ninguém 9,60%

Rejeição

Ninguém: 26,6%

Rosalba Ciarlini 24,1%

NS/NR 21,1%

Tião Couto 19,6%

Gutemberg Dias 5,3%

Josué Moreira 3,2%

Compartilhe:

Justiça Eleitoral referenda pesquisa Seta/TCM

A ex-governadora Rosalba Ciarlini (PP) tentou sem sucesso barrar a pesquisa do Instituto Seta que será divulgada pela TCM/95 FM amanhã, às 7h30. O juiz Cláudio Mendes Junior da 34ª Zona Eleitoral rejeitou o pedido formulado pela Coligação Força do Povo para barrar a divulgação dos números.

Com isso, está confirmado que a emissora divulgará os dados abrindo a transmissão do “Vota Mossoró”.

Nota do Blog: a pesquisa da Seta será anunciada pelo jornalista Moisés Albuquerque e logo em seguida este operário da informação e a jornalista Carol Ribeiro analisarão os números.

Compartilhe:

Coligação acusa jornal de tentar manipular eleitor com pesquisa

Abaixo uma nota a Coligação Unidos Por Uma Mossoró Melhor, que sustenta a candidatura de Tião Couto (PSDB), a respeito de sondagem publicada hoje pelo Jornal De Fato:

“A Coligação Unidos Por Uma Mossoró Melhor vem a público declarar seu completo repúdio à publicação nesta data, 01/10/2016, de uma pesquisa no Jornal de Fato,  com a clara pretensão de manipular o eleitor menos informado.

Uma pesquisa que foi realizada há dez dias e somente agora divulgada, executada antes de fatos novos e determinantes ocorridos no atual processo eleitoral, publicada deliberadamente com o intuito de refletir uma falsa realidade e influenciar no voto do eleitor mais desavisado.

É lamentável essa atitude, que por si só reflete o mais absoluto desespero, porque recorre a uma artimanha reprovável, enganosa, fraudulenta, contrariando todos os princípios de quem se propõe a fazer uma campanha limpa.

Sabemos que a pesquisa foi contratada por uma  coligação interessada em desvirtuar a realidade e a publicação se deu em um órgão de imprensa com claros vínculos políticos, ligados ao referido grupo.  Ou seja, um “arranjo”,  que nem de longe, retrata a realidade que todos estão vendo nas ruas de Mossoró.

Não é a primeira e  nem será a última vez que esse tipo de manipulação ocorre na política de Mossoró, mas assim como ocorreu em todas às vezes anteriores, o eleitor que é sábio, não cairá nesta armação e o jogo baixo será derrotado, a artimanha será desnudada e a verdade prevalecerá ao final.

Os verdadeiros números estão nas ruas, na boca do povo, apontando majoritariamente para o novo, para o diferente, para a escolha por uma Mossoró administrada pelas mãos competentes de Tião e Jorge.
Fraude eleitoral nunca mais.

COLIGAÇÃO UNIDOS POR UMA MOSSORÓ MELHOR”.

Compartilhe:

TCM divulga pesquisa no domingo

Blog Carol Ribeiro
O dia da eleição será movimentado em Mossoró não só pelo pleito, mas pela divulgação da tão aguardada pesquisa de intenções de votos da TCM.
O questionário está registrado no TSE sob o número RN-01063/2016, pelo Instituto Seta.

A consulta deve ser realizada nos próximos dias 28 e 29, a 600 mossoroenses, em proporcionalidade de cotas de sexo e faixa etária de acordo com estatísticas do TSE.
A pesquisa vai apurar a intenção de votos para prefeito e vereador de Mossoró e a rejeição da população aos candidatos.
A divulgação do resultado acontecerá na abertura do programa Vota Mossoró, às 7h30 da manhã do domingo (02).
TCM HD
Após o resultado, a programação do Canal 10 da TV Cabo Mossoró segue com a maior cobertura das eleições do Estado, em mais de 12 horas de programação ao vivo, acompanhando o passo a passo do dia mais importante para os cidadãos mossoroenses, desde as primeiras votações, até a apuração do último voto, por volta de 21h.
Compartilhe:

Pesquisa Perfil aponta que disputa em Patu será voto a voto

O pleito para Prefeito de Patu está acirrado. É o que aponta a pesquisa do Instituto Perfil. Os números indicam empate técnico entre os candidatos Thacio Queiroga (PSD) e Rivelino Câmara (PMDB).

Na espontânea, aquela que não é apresentada a lista de candidatos, a diferença é de apenas 0,5%.

Candidato %
Thacio Queiroga – PSD 42,25
Rivelino Câmara – PMDB 41,75
Indecisos 15,00
Nulo 1,00

Na pesquisa estimulada, aquela em que é apresentada uma lista de candidatos, a vantagem Thacio Queiroga aumenta para 2,25%, mas segue dentro da margem de erro.

Candidato %
Thacio Queiroga – PSD 45,25
Rivelino Câmara – PMDB 43,00
Indecisos 10,50%
Nulo 1,25%

Foram ouvidas 400 pessoas entre os dias 17 e 18 de setembro. A pesquisa tem margem de erro da de 4,89 pontos percentuais para mais ou para menos. Está registrada no TSE sob o número RN-04506/2016.

Compartilhe: