TRE/RN libera mais um deputado para trocar de partido

Deputado vai para o PSB (Foto: ALRN)

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE/RN) autorizou o deputado estadual Souza Neto para trocar de partido.

Ele foi eleito pelo PHS, partido incorporado em setembro pelo Podemos. A lei autoriza mudanças partidárias em casos como esse.

Com o acórdão publicado, Souza está liberado para mudar de agremiação. Seu destino será o PSB devido a parceria política que mantém com o deputado federal Rafael Motta, presidente da legenda no Estado.

Souza é o sexto deputado estadual do Rio Grande do Norte a ser autorizado a mudar de partido este ano. Os outros foram Eudiane Macedo (trocou o PTC pelo Republicanos), Ubaldo Fernandes (mudou do PTC para o PL), Kleber Rodrigues (saiu do Avante para o PL), Coronel Azevedo (se transferiu do PSL para o PSC) e Cristiane Dantas (migrou do PPL para o Solidariedade).

Outra mudança partidária encaminhada é a de Hermano Morais que já foi liberado pelo MDB para deixar a sigla.

Compartilhe:

Deputado recebe autorização para deixar partido

 

O deputado estadual Souza Neto recebeu autorização partidária para deixar o PHS.

O destino dele será o PSB.

Antes de formalizar a desfiliação, Souza vai entrar com um pedido de autorização para mudar de partido no Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

“Consegui a carta de anuência mas irei fazer a representação ao TRE para consolidar. O PHS além de nao ter atingido a clausula de barreira, está em processo de fusão com o Podemos”, disse Souza em contato com o Blog do Barreto.

Compartilhe:

Deputado pedirá liberação para deixar partido na próxima semana

Em entrevista ao Meio-Dia Mossoró da 95 FM o deputado estadual Souza Neto informou que vai se reunir com o presidente estadual do PHS Leandro Prudêncio na próxima semana para acertar a liberação para ele deixar o partido.

“Vou conversar com o presidente do nosso partido. O PHS não atingiu a cláusula de barreira. Isso está pesando na decisão”, disse.

O parlamentar explicou que mesmo tendo autorização par deixar o PHS só vai se desfiliar após autorização do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). “Foi autorização dos advogados”, acrescentou.

O destino de Souza é o PSB ficando a cargo dele a organização do partido na região Oeste. O partido em Mossoró ficará sob o comando do ex-vereador Carlinhos Silveira. “A prioridade aqui (Mossoró) é organizar a chapa proporcional”, declarou.

O deputado ainda avaliou o governo de Fátima Bezerra (PT). “É um governo bom de diálogo e isso faz a diferença”, frisou.

Compartilhe:

Deputado estuda mudança partidária

O deputado estadual Souza Neto pode deixar o PHS. Não necessariamente acompanhará a senadora Zenaide Maia que trocou o partido pelo PROS.

Existe a possibilidade de ir para o PSB, mas não está descartado a chance de ir para o Podemos que está negociando a incorporação do PHS. “Vamos aguardar o resultado dessas negociações para nos posicionarmos”, frisou em conversa com o Blog.

O PHS não atingiu a cláusula de barreiras e perdeu uma série de benefícios que os partidos têm acesso.

Compartilhe:

Representante de Mossoró vai liderar bloco partidário na Assembleia

Os deputados estaduais Isolda Dantas (PT), Francisco do PT e Sousa Neto  (PHS) atuarão em bloco na Assembleia Legislativa. O grupo será liderado pela ex-vereadora de Mossoró. O bloco foi estruturado como uma força aliada para que o governo cumpra o projeto escolhido pela sociedade potiguar nas urnas:
“Nós compusemos um bloco para opinar de forma autônoma  e contribuir no Governo e na Assembleia. Uma casa harmonizada caminha mais, produz mais”, afirmou Isolda.
A deputada do PT ressaltou também que a capacidade de diálogo e a transparência de Fátima será imprescindível para que tenhamos um outro Rio Grande do Norte possível.
Nosso Estado tem muitos problemas, mas com o diálogo, a transparência e a vontade política de Fátima, do lado da classe trabalhadora, também tem muitas soluções e são para essas soluções que nos colocamos à disposição”, declarou.

 

Compartilhe:

Zenaide troca de partido

A senadora eleita Zenaide Maia assinou na tarde desta quinta-feira (31), em Brasília, a ficha de filiação ao PROS – Partido Republicano da Ordem Social.

A parlamentar tinha até esta quinta-feira para decidir qual o partido se filiaria, já que o seu partido o PHS foi um dos 14 partidos que não cumpriram a chamada cláusula de barreira, que está prevista na Emenda Constitucional 97, promulgada em 2017.

“O meu partido já não existia mais porque não cumpriu a cláusula de barreira. Eu optei pelo PROS porque dará liberdade para votar de acordo com minhas convicções, além de ter um alinhamento com o que penso e defendo”, declarou Zenaide.

Para o presidente do PROS Nacional, Euripides Júnior, quem ganha é o partido. “Fico muito feliz por ter Zenaide no partido, uma mulher, e que também é uma parlamentar que defende a redução dos impostos e tem um projeto na Câmara. Agradeço imensamente e quero dizer que vamos fazer um trabalho maravilhoso pelo Rio Grande do Norte”, garantiu o presidente.

Compartilhe:

Vereadores declaram apoio a Zenaide

 

 

Vereadores de Natal declaram apoio a Zenaide

Os vereadores de Natal Franklin Capistrano (PSB) e Preto Aquino (PEN) anunciaram apoio a candidatura da deputada federal Zenaide Maia (PHS) ao Senado.

O pessebista explicou que vota em Zenaide pelo compromisso dela com as causas sociais.“Voto em Zenaide pelo trabalho e comprometimento social. Além de seu engajamento nas políticas públicas e ação social. Peço aos meus eleitores a votarem em Zenaide”, disse Capistrano.

Já Preto Aquino alegou a postura dela em votações emblemáticas (ver AQUI) na Câmara dos Deputados. “Zenaide não votou um só projeto contra os trabalhadores. Por isso voto nela para ser nossa representante no Senado Federal”, frisou.

Compartilhe:

Postura contrária as reformas de Temer é trunfo de Zenaide

Votações contra reformas de Temer é trunfo de Zenaide

A deputada federal Zenaide Maia (PHS) está viva na disputa por uma das duas vagas ao Senado. A candidata aposta suas fichas na postura adotada ao longo do atual mandato.

Em todos os momentos considerados emblemáticos da atual legislatura (ver AQUI), a candidata ao Senado se manteve firme contra as propostas do presidente Michel Temer.

Ela votou contra a reforma trabalhista, teto de gastos, isenção de impostos para petrolíferas estrangeiras e a favor da abertura de processos para investigar o presidente.

A postura 100% contra Temer fez Zenaide ganhar notoriedade por conseguir se diferenciar dos demais colegas.

Ela já vem utilizando esse discurso por onde passa pelo Rio Grande do Norte.

Compartilhe:

“Minha bandeira é defender quem trabalha e quem gera emprego e renda”, diz Zenaide

Zenaide firma compromisso com emprego e renda

A deputada federal Zenaide Maia (PHS), candidata ao Senado, foi a entrevistada de ontem no Meio-Dia Mossoró. Na conversa ela falou a respeito dos projetos dela.

A candidata ao Senado explicou que a preocupação dela é com o desenvolvimento econômico do Rio Grande do Norte e a necessidade desse assunto ser tratado com seriedade na Alta Câmara. “Quero ir para o Senado defender o trabalhador e ao mesmo tempo o setor produtivo. É isso que me fez votar contra a PEC do teto. Minha bandeira é defender quem trabalha e quem gera emprego e renda além do combate aos juros”, frisou.

Outra preocupação apresentada por Zenaide Maia é com os juros cobrados pelos bancos, principalmente com cartões de crédito. Ela informou que pôs em prática ações para combater isso como a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 170 que vista regulamentar a cobrança de juros ao consumidor. “Tenho a PEC 170 que limita os juros dos cartões de crédito a no máximo três vezes a taxa Selic que faria hoje os bancos cobrarem no máximo 20% e não mais de 300% ao ano como acontece. Você compra uma geladeira e paga três”, explicou.

De acordo com Zenaide os juros ajudam a travar o desenvolvimento e tiram recursos de áreas essenciais, “Esta região de Mossoró tem sal, energia eólica e frutas, mas temos um orçamento com 0,5% para segurança e menos de 4% para a saúde e educação. São 50% para bancos. Isso é um acinte com a população. Nós precisamos de parlamentares comprometidos com o Estado para passar da promessa para o compromisso”, acrescentou.

A postulação ao Senado de Zenaide Maia ganhou força a partir do posicionamento dela em votações importantes como o teto de gastos públicos, impeachment de Dilma Rousseff e as reformas trabalhista e da previdência. “Não amanheci um dia e decidi ser candidata ao Senado. Meu nome foi surgindo espontaneamente”, lembrou.

 

 

 

Compartilhe:

Coronel será candidato pelo PHS

maxresdefault (2)

O tenente coronel Alvibá Gomes será candidato a deputado federal pelo PHS. Ele informou a decisão ontem ao Blog do Barreto.

“Seria candidato pelo PHS”, avisou.

O tenente coronel estará na coligação proporcional somando com PT e PC do B.

PS.: O coronel fez contato com o Blog (10h51) para acrescentar que a possibilidade de ser candidato a deputado estadual não está descartada e que a porta não está fechada para outros partidos.

Compartilhe: