Ezequiel sai fortalecido das urnas, mas errará ao se iludir com crescimento do PSDB

Ezequiel será fundamental em 2022 no RN (Foto: Eduardo Maia/ALRN)

Considerado por muitos o grande vitorioso das eleições de domingo, o presidente da Assembleia Legislativa Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) tem muito a comemorar e números para sustentar o sentimento de que saiu maior das urnas.

O PSDB elegeu 31 prefeitos (21 a mais que 2016), foi o partido mais votado do Estado nas eleições majoritárias com 399.658 votos, vai governar 37,23 da população do Rio Grande do Norte (mais que o triplo do segundo colocado MDB) e elegeu 252 vereadores (147 a mais que 2016).

O partido cresceu e fortalece a figura de Ezequiel como articulador político. Quem quiser ser competitivo em 2022 para Governo do Estado e Senado vai precisar sentar com ele para conversar.

Mas é preciso, por outro lado, ter os pés no chão. Não são votos dados diretamente a ele ou por causa de alguma bandeira específica do PSDB. É fruto do ajuntamento de lideranças nos municípios. O mérito de Ezequiel neste caso está em ter conseguido reunir em torno de si gente competitiva em várias cidades.

Guardada as devidas proporções o que aconteceu com o PSD de Robinson Faria em 2016 não pode ser excluído do radar. A legenda elegeu o maior número de prefeitos e o segundo de vereador. Dois anos depois o então governador sequer foi ao segundo turno.

Ainda é incerto se Ezequiel vai tentar o Senado, Governo ou se manter no comando da Assembleia Legislativa. Ele está fortalecido, mas não pode se iludir com os resultados de domingo.

Compartilhe:

PSD despenca em número de prefeitos e vereadores. Confira quais partidos ganharam e perderam em representatividade no RN

PSD de Robinson perde força no RN (Foto: arquivo)

Em 2016, o PSD do então governador Robinson Faria foi o partido mais vitorioso nas eleições municipais. Quatro anos depois a legenda que hoje tem como ícone maior o ministro das comunicações Fábio Faria amarga redução de tamanho.

O PSD elegeu o maior número de prefeitos no Rio Grande do Norte. Foram 51, 34 a mais que o 17 eleitos em 2020.

A legenda que foi a segunda a eleger mais vereadores perdeu 134 cadeiras no Estado caindo de 280 para 142.

O PT de Fátima Bezerra que não fez filiações em massa de prefeitos e vereadores como aconteceu com partidos de governadores anteriores, ficou estável subindo de 2 para 3 prefeitos e de 38 para 47 vereadores.

Já o partido que mas cresceu foi o PSDB que saiu de 105 para 252 vereadores, 147 a mais, e de 10 para 31 prefeitos, 21 a mais.

O MDB segue sendo o partido com mais vereadores, subindo de 291 para 320, e prefeitos ainda que com queda 44 para 38, seis a menos.

Balanço partidário das prefeituras:

Partido 2016 2020 Saldo
PSDB 10 31 21
PP 5 13 8
PL 13 20 7
Rapublicanos 4 11 7
PROS 2 5 3
DEM 16 17 1
PT 2 3 1
SD 1 2 1
PSB 5 5 0
PDT 2 2 0
PSOL 2 1 – 1
Cidadania 1 0 -1
PTB 1 0 -1
Podemos 2 0 -2
PC do B 3 0 -3
MDB 44 38 -6
PSD 51 18 -33

Confira o balanço partidário das câmaras municipais:

Partido 2016 2020 Saldo
PSDB 105 252 147
PL 111 183 72
PP 89 136 47
Rapublicanos 47 90 43
PSC 4 41 37
MDB 291 320 29
DEM 107 129 22
PROS 26 43 17
PT 38 47 9
PSOL 4 11 7
PSL 1 3 2
PSB 114 115 1
PRTB 2 1 -1
REDE 1 0 -1
Avante 12 8 -4
Cidadania 22 14 -8
PTC 8 0 -8
PV 16 5 -11
PMN 13 1 -12
Patriotas 16 3 -13
PMB 14 0 -14
Solidariedade 73 56 -17
PTB 28 10 -18
DC 21 1 -20
PC do B 41 9 -32
Podmeos 52 1 -51
PSD 280 142 -138

 

Compartilhe:

MDB e PSDB são os partidos que mais fizeram prefeitos no RN

O MDB foi o partido que mais elegeu prefeitos no Rio Grande do Norte. Foram 39, seguido pelo PSDB com 31 e o PL com 20.

A distribuição de prefeituras entre os partidos no RN foi alta se comparado com outros períodos da história potiguar quando DEM e (P)MDB concentravam o número de prefeitos.

Dos 33 partidos brasileiros, 13 vão está exercendo o poder nos municípios do Rio Grande do Norte a partir de 1º de janeiro.

Confira a lista de prefeitos por partidos:

Prefeitos eleitos – por partido

MDB – 39

Zé Figueiredo (São José de Mipibu)

Flávio de Berói (Nova Cruz)

Alan Silveira (Apodi)

Raulison Ribeiro (Santo Antônio)

Pacelli (São Paulo do Potengi)

Hélio de Mundinho (Guamaré)*

Luciano (Lagoa Nova)

Flaudivan (Pendências)

Rogério Couro Fino (Jardim de Piranhas)

Neném Borges (São José do Campestre)

Rivelino (Patu)

João Gomes (Brejinho)

Pinheiro (Angicos)

Tututa (Luís Gomes)

Bibi de Nenca (Campo Grande)

Osivan Queiroz (Lagoa Salgada)

Gilson Dantas (Carnaúba dos Dantas)

Marina Dias Marinho (Jandaíra)

Dr. Alexandre (Pedro Avelino)

Sael Melo (Porto do Mangue)

Jane (São Vicente)

Anibal Pereira (São João do Sabugi)

Wanessa Morais (Serra de São Bento)

Boba (Coronel Ezequiel)

Pedro Sales (Várzea)

Júnior Marques (Bento Fernandes)

Jéssica Amorim (Almino Afonso)

Jackson Dantas (São José do Seridó)

Lilito Monteiro (Rodolfo Fernandes)

Antonio Freire (Senador Georgino Avelino)

Josiene Gomes (Paraná)

Janda Jácome (Frutuoso Gomes)

Maria Elce (Major Sales)

Zé Arnor (Jundiá)

Dr. Sabino (Pilões)

Keké de Dr. Abel Filho (Rafael Godeiro)

Juninho Fagundes (Passagem)

Sandra Jaqueline (Fernando Pedroza)

Galêgo Paiva (Ipueira)

 

PSDB – 31

Álvaro Dias (Natal)

Dr. Tadeu (Caicó)

Ivanildinho (Santa Cruz)

Iraneide Rebouças (Areia Branca)

Daniel Marinho (Nísia Floresta)

Célio de Elizeu (São Miguel)

Dr. Tiago Almeida (Parelhas)

Juninho Alves (Caraúbas)

Iogo Queiroz (Jucurutu)

Dejinha (Pedro Velho)

Rossane de Germano (Ielmo Marinho)

Luis Eduardo (Maxaranguape)

Novinho (Cerro Corá)

Fernando Teixeira (Espírito Santo)

Joãozinho Furtado (Serra Caiada)

Cinthia Sonale (Grossos)

Clécio Azevedo (Bom Jesus)

Dr. Wellington (Boa Saúde)

Uady (Jaçanã)

Galo (Florânia)

Serginho (Serra Negra do Norte)

Pilola (Caiçara do Norte)

Miguel Cabral (São Pedro)

Dr. Raimundinho (José da Penha)

Fátima de Pachica (Coronel João Pessoa)

Maria Helena (Olho d’Água do Borges)

Lusimar Porfirio (São Francisco do Oeste)

Lidiane (Tibau)

Tiquinho (Ruy Barbosa)

Pedro Henrique (Pedra Grande)

Sonyara (Lagoa de Velhos)

 

PL – 20

Emídio Júnior (Macaíba)

Dr. Gustavo (Assu)

Nira (Goianinha)

André Rodrigues (Monte Alegre)

Valderedo (Ipanguaçu)

Renan Mendonça (Upanema)

Bibiano (Serra do Mel)

Reno Marinho (São Rafael)

João Paulo Lopes (Lagoa d’Anta)

Maciel Gomes (Senador Elói de Souza)

Salomão Gomes (Felipe Guerra)

Inácio Macêdo (Tenente Laurentino Cruz)

Simone Silva (Japi)

Samuel Souto (Ouro Branco)

Shirley (Messias Targino)

Dr. Cassio (Riacho de Santana)

Dr. Cleiton (Venha-ver)

Genilson Maia (São Fernando)

Irmão Naldo (Galinhos)

Ivanildinho (Timbaúba dos Batistas)

 

PSD – 18

Júlio César (Ceará-Mirim)

Marianna Almeida (Pau dos Ferros)

Divanize Oliveira (Baraúna)

Jeane Ferreira (Alexandria)

Amazan (Jardim do Seridó)

Louvado (Taipu)

Larissa (Tenente Ananias)

Renato de Doquinha (São Miguel do Gostoso)

Babau (Marcelino Vieira)

Guilherme (Lagoa de Pedras)

Jorge Fernandes (Antônio Martins)

Professor Cletson (Equador)

Keka (São Bento do Trairi)

Fabiano de Vavá (Barcelona)

Dão (São Bento do Norte)

Hudson (Santana do Seridó)*

Tarcinha (Taboleiro Grande)

Marcelo Filho (Bodó)

 

DEM – 17

Manoel Bernardo (João Câmara)

Dr. Zé Antônio (Macau)

Nixon Baracho (Alto do Rodrigues)

Valdenício Costa (Tibau do Sul)

Artur Vale (Governador Dix-Sept Rosado)

Marcos Cabral (Vera Cruz)

Márcio de Cici (Rio do Fogo)

Marineide Diniz (Carnaubais)

Raimundo Pezão (Umarizal)

Neto Moura (Pureza)

Mazé (Martins)

Zé Augusto (Portalegre)

Alberone (Encanto)

Bruno Anastácio (Rafael Fernandes)

Ceição Duarte (Lucrécia)

Ronaldo Souza (Água Nova)

Carlinhos (Jardim de Angicos)

 

Progressistas – 13

Wellinson (Canguaretama)

Felipe Menezes (Lajes)

Alaor (Itajá)

André Júnior (Itaú)

Dr. Raniery (Santa Maria)

Carlinhos de Veri (Parazinho)

Bárbara Teixeira (Serrinha dos Pintos)

Maria Olímpia (Paraú)

Marcos Aurélio (Riacho da Cruz)

Darkinha Irmã de Neto (Triunfo Potiguar)

Marcelo Oliveira (João Dias)

Paulo Henrique (Pedra Preta)

Jailton Félix (Monte das Gameleiras)

 

Republicanos – 11

Rosano Taveira (Parnamirim)

Bergson Iduino (Arês)

Alice de Assis (Santana do Matos)

Babá (São Tomé)

Camila Melo (Baía Formosa)

Neri (Doutor Severiano)

Luciano (Lajes Pintadas)

Ceiça (Caiçara do Rio do Vento)

Thuanne Souza (Vila Flor)

Jacinto Carvalho (Severiano Melo)

Ramon (Viçosa)

 

PSB – 5

Manuel Gustavo (Montanhas)

Joca (Riachuelo)

Joaquim de Medeirinho (Cruzeta)

Deda Terto (Serrinha)

Adolfo (Francisco Dantas)

 

PROS – 5

Paulinho (São Gonçalo do Amarante)

Pedro Filho (Touros)

Jussara Sales (Extremoz)

Edinho (Poço Branco)

Dr. Renam (Campo Redondo)

 

PT – 3

Odon Júnior (Currais Novos)

Neto de Zoraide (Afonso Bezerra)

Andrezza Brasil (Sítio Novo)

 

Solidariedade – 2

Allyson Bezerra (Mossoró)

Fernando (Acari)

 

PDT – 2

Doutor Airton (Tangará)

Flaviano Lisboa (Passa e Fica)

 

PSOL – 1

Salomão Gurgel (Janduís)

 

*Sub-judice

 

 

 

 

Compartilhe:

Convenção PSDB homologa 26 candidaturas a vereador e confirma aliança com PP

PSDB forma nominata com 26 nomes (Foto: cedida)

A convenção do PSDB realizada nesta terça-feira, 15, homologou 26 candidaturas à Câmara Municipal de Mossoró e oficializou apoio à pré-candidatura à reeleição da prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

Nas boas vindas aos convencionais, a vereadora Sandra Rosado lembrou, emocionada, desafios da carreira política, ao falar em abrir mão da candidatura à reeleição em favor da pré-candidatura da ex-deputada Larissa Rosado à Câmara. “Não tive medo. Não relutei. Tive a coragem suficiente para assumir a decisão que estava tomando, e abdiquei de minha candidatura em favor de Larissa, porque ela me representa em todos os momentos de minha vida. E ela vem para essa luta com a determinação das mulheres guerreiras de Mossoró”, relatou.

Larissa Rosado disse se inspirar no “exemplo de luta” da mãe a quem considera uma grande incentivadora e enalteceu a nominata para o fortalecimento do partido nas eleições de 15 de novembro. “Não poderia deixar de registrar o meu orgulho em compor essa nominata, ao lado de tantas pessoas especiais, que certamente fortalecem o PSDB e farão a diferença na busca por dias melhores para nossa Mossoró. Inspirada no exemplo de minha mãe, vereadora Sandra, que é meu orgulho, tenho certeza que ainda temos muito a fazer por nossa amada terra”, frisou.

Além da ex-deputada Larissa Rosado, que concorre pela primeira vez ao mandato de vereadora, o PSDB informa que conta em seu rol de candidatos com a atual vereadora Aline Couto, ex-presidente da Câmara Municipal de Mossoró Jório Nogueira, ex-vereador Renato Fernandes e coronel Alessandro Gomes.

Rosalba

A prefeita Rosalba Ciarlini participou da convenção tucana ao lado do candidato a vice, Jorge do Rosário (PL). Ao discursar, alegou que a união dos dois grupos é em favor do desenvolvimento de Mossoró. “Já estivemos de lados opostos, mas, sempre que precisou, trabalhamos juntas em prol de causas que interessavam a nossa cidade. Agora, mais uma vez estamos juntas, e tenho certeza que temos muito a fazer pelo povo mossoroense”, destacou.

Compartilhe:

Grupo de Sandra não está confirmado na convenção do PP

Sandra confirma que não estará presente (Foto: Jornal O Mossoroense)

A presença do grupo da vereadora Sandra Rosado (PSDB) não está confirmada na convenções do PP que vai homologar a candidatura a reeleição da prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

A informação foi confirmada ao Blog do Barreto pela própria Sandra Rosado que explicou também que a posição do seu grupo será anunciada na convenção do PSDB no próximo dia 15, às 13h, na Câmara Municipal de Mossoró.

O grupo de Sandra pleiteava a vaga de vice na chapa de Rosalba Ciarlini, mas foi preterido pelo empresário Jorge do Rosário (PL).

 

Compartilhe:

Reunião prepara anúncio da candidatura de Larissa a uma vaga na Câmara Municipal

Nas redes sociais postagens de Larissa são com perfil de candidata (Foto: Redes Sociais/Larissa Rosado)

Neste momento há uma intensa movimentação na casa onde morou por décadas o saudoso ex-deputado federal Vingt Rosado que se tornou sede das reuniões políticas do grupo da vereadora Sandra Rosado (PSDB).

Na pauta está em discussão o anúncio da ex-deputada estadual Larissa Rosado (PSDB) como candidata a vereadora.

Sandra abriria mão da reeleição.

Larissa já vem mantendo postura de candidata em suas postagens nas redes sociais. Há alguns meses ela chegou a negar que seria candidata a vereadora este ano.

Compartilhe:

PSDB terá chapa com candidato a prefeito e vice em Rio do Fogo

Chapa é formada só com nomes do PSDB (Foto: cedida)

O PSDB de Rio do Fogo, no Litoral Norte potiguar decidiu lançar as pré-candidaturas do nutricionista Igor Dantas (prefeito), que terá o vereador Hagaci Virginio como vice. Hagaci rompeu com o sistema do prefeito Laerte Paiva (DEM).

A chapa anuncia que está ouvido sugestões para elaboração de um Plano de Governo, que contemple a geração de emprego e renda, inovação do turismo em Rio do Fogo e valorização da mão-de-obra local.

Em Rio do Fogo o PSDB conta com os vereadores Anderson Lemos, Wanderleia Firmino e Hagaci Virgínio, também lançará nomes novos na cidade, e distritos importantes como Vila de Punaú, Zumbi e Pititinga, além de outros setores.

A cidade e seus distritos têm quase 11 mil habitantes, segundo o IBGE. O Município tem praias conhecidas no Estado como Zumbi, Pititinga e a Praia de Rio do Fogo.

Compartilhe:

PSDB Mulher faz encontro virtual

O PSDB Mulher Nacional está promovendo uma série de encontros virtuais regionais para discutir as cidades brasileiras. Nesta quinta-feira, 16, às 17h30, acontece o “Mulheres Arreatadas do Nordeste, através da plataforma digital do partido.

Do Rio Grande do Norte, a presidente do PSDB Mulher Estadual, ex-deputada Larissa Rosado e a presidente da Câmara Municipal de Canguaretama, Irmã Lila, pré-candidata a prefeita levarão ao conhecimento de todo o país, a realidade dos municípios potiguares. Para Larissa, essa é uma grande oportunidade de se discutir políticas que consolidem as gestões participativas, onde hajam mecanismos necessários para garantir a participação popular na formulação, no acompanhamento e no controle da execução das políticas públicas desenvolvidas pelos municípios.

“Um dos principais critérios de avaliação do desempenho de uma gestão municipal é a sua capacidade de gerar políticas públicas que favoreçam o desenvolvimento integral da pessoa humana, que reflita o cuidado do poder público para com as pessoas, ao mesmo tempo em que propicie as oportunidades e os meios necessários à inserção social e econômica das destas à vida do município”, concluiu Larissa.

Ainda participarão do evento, a presidente do PSDB Mulher Nacional, Yeda Crusius; a coordenadora do PSDB Mulher do Nordeste, Iraê Lucena; a prefeita de Alagoinha (PB), Maria de Zé Roberto e Perpétua pré- candidata à vereadora de Caruaru (PE).Para acompanhar o debate Acesse pelo link https://youtu.be/tQ37C2x_rmM que te direcionará pro canal da Plataforma Digital PSDB-Mulher 2020 no YouTube

Compartilhe:

PSDB discute formato de campanha com pré-candidatos

Ezequiel Ferreira monta estratégia do partido para as eleições 2020 (Foto: cedida)

O PSDB Potiguar vai promover lives em redes sociais com técnicos jurídicos e profissionais em comunicação de marketing, para debater as novas regras eleitorais e formatos de campanha para as Eleições 2020. Será o primeiro partido do Rio Grande do Norte, após promulgação do Congresso Nacional, da proposta que adia as eleições municipais para novembro, por conta da pandemia do novo coronavírus.

“Tomamos essa iniciativa para colaborar com o crescimento do partido. O PSDB agora tem mais de 50 prefeitos e vice-prefeitos, além de ter triplicado o número de vereadores em todas as regiões do Estado. As convenções serão agora em agosto e setembro, e todos os pré-candidatos do PSDB terão informações e ideias novas para debater de forma que não façam aglomeração, como recomenda as autoridades em saúde”, afirma o deputado Ezequiel Ferreira de Souza, presidente estadual do PSDB.

E o processo de consulta às bases, começou na semana passada e será finalizado até a sexta-feira (10), com debates virtuais através de uma pesquisa online, para receber sugestões e críticas. Todos os pré-candidatos e dirigentes do PSDB RN estão sendo convidados a participar. Essa ação de consultas envolve os municípios da Grande Natal, Agreste, Mato Grande, Seridó, Trairi, Potengi, Central, Alto, Médio e Oeste Potiguar.

Na etapa final, depois do questionário eletrônico, serão colocadas em votação opções de posicionamento do PSDB sobre temas sugestivos para o debate das Eleições 2020. Outra novidade é que a live possa reunir online filiados mais ativos durante essa fase preliminar da campanha. Devido a pandemia e a recomendação para não aglomerar, todos que participarem terão o mesmo peso, seja o filiado, deputado, prefeito, vice-prefeito, vereador ou uma jovem liderança do interior.

Para responder a pesquisa de participação do encontro, o filiado ao PSDB deve acessar o seguinte link: https://forms.gle/86ceuqTYeNpfsMhz9 Os integrantes do PSDB e profissionais que estão envolvidos no trabalho vão avaliar formas de como lidar com uma campanha, que devido a pandemia não poderá ter contato físico, além de aglomerações como passeatas e comícios, caso as cidades estejam em grau acima de recomendados pelas autoridades de saúde.

Compartilhe:

Rogério Marinho deixa o PSDB. O Blog explica o contexto da saída

Rogério Marinho está fora do PSDB (Foto: Givaldo Barbosa | Agência O Globo)

O ministro do desenvolvimento regional Rogério Marinho anunciou que está deixando os quadros do PSDB. A explicação oficial é de que o parlamentar estaria sem tempo para as atividades orgânicas do partido por causa do cargo que ocupa.

Vamos à nota que o ministro divulgou:

O fato de me encontrar desde fevereiro de 2019 investido no cargo de secretário especial e depois como ministro do Governo Federal me levou a um afastamento da vida orgânica do PSDB. Por essa razão, me desfilei do partido.

Agradeço o apoio que sempre tive e desejo boa sorte a seus integrantes.

Entendo que esse é um novo momento na política nacional, me sinto honrado pela missão confiada a mim pelo presidente Jair Bolsonaro: o ataque às desigualdades regionais e a diminuição do déficit de infraestrutura e mobilidade do nosso país. Essas são nossas prioridades!

Rogério Marinho

O presidente do PSDB potiguar Ezequiel Ferreira de Souza, que comanda a mesa diretora da Assembleia Legislativa corroborou com a tese de Marinho.

Leia a nota:

Nota do PSDB/RN

O amigo e ex-deputado Rogério Marinho solicitou afastamento dos quadros do PSDB/RN, em razão de estar ocupando o cargo de Ministro de Estado do Desenvolvimento Regional.

Esse pedido de desligamento da vida orgânica do nosso partido, apesar de lamentado por todos nós que fazemos o PSDB/RN foi absolutamente consensual e plenamente compreendido, em razão do momento político nacional.

Ao ministro Rogério Marinho desejamos êxito na relevante missão que desempenha, certos de que a sua presença no mais alto escalão do Governo Federal, além de fazer brilhar o nosso orgulho potiguar, oportuniza consequências positivas para o Rio Grande do Norte.

É uma honra para o nosso Estado ter Rogério Marinho ministro do Desenvolvimento Regional, cargo onde mantém o seu obstinado trabalho pelo desenvolvimento econômico e social da nossa terra e um forte elo de amizade com todos nós, que sempre lutamos por dias melhores para o Rio Grande do Norte.

Ezequiel Ferreira de Souza

Presidente do PSDB/RN

Contexto

 Nada é por acaso. As versões oficiais são mera conveniência política. Há outras questões envolvidas na saída de Rogério Marinho do ninho tucano.

Ontem o presidente nacional do PSDB Bruno Araújo desceu do muro e anunciou que mesmo contra qualquer pedido de impeachment será oposição ao Governo Bolsonaro.

O presidente dos tucanos vinha sendo pressionando por lideranças do partido como FHC e o governador de São Paulo João Dória a assumir uma postura mais oposicionista.

A posição adotada deixou Marinho em situação desconfortável. Como ser ministro de um governo que o próprio partido faz oposição?

O desconforto ficou maior porque o economista Mansueto Almeida, ligado ao PSDB, pediu demissão do cargo de secretário do tesouro nacional.

Rogério ficou entre continuar ministro ou seguir no PSDB. De fato o cargo impedia que ele tivesse vida orgânica no partido como as notas informavam. Faltava explicar o que estava nas entrelinhas.

Compartilhe: