Robinson Faria é vaiado no jogo do Brasil

hqdefault

O governador Robinson Faria (PSD) sentiu na pele, ou melhor, nos tímpanos o nível de insatisfação dos potiguares com a gestão dele. Ao ter o nome anunciado pelo locutor da Arena das Dunas, o chefe do executivo ouviu uma sonora vaia das bocas dos mais de 30 mil torcedores presentes ao jogo de ontem.

O governador está fechado em copas. Tem ignorado o interior e desprezado Mossoró numa intensidade jamais vista em outras gestões.  Tanto que o governador foge da segunda maior cidade do Estado como o diabo da cruz.

Em Natal, ele sequer teve condições de lançar um candidato a prefeito. Apoiou Márcia Maia (PSDB) “por debaixo dos panos” e mesmo assim ela teve uma votação constrangedoramente pífia.

Os salários dos servidores estão atrasando cada vez mais e o cenário da gestão dele é deprimente cumprindo o aviso dado na campanha de Henrique Alves: “Robinson Faria é mais quatro anos de Rosalba ou coisa pior”. Está sendo pior. Só o governador não reconhece.

Compartilhe: