Governo chega ao último dia útil do ano sem anunciar finalização da folha de novembro

A equipe do Governo Robinson Faria (PSD) passou o dia queimando pestanas para saber como finalizar a folha de pagamento de novembro. Até agora nem um comunicado oficial via assessoria de imprensa foi divulgado. O que se sabe é o apurado pelo Blog do Barreto: quem recebe até R$ 4 mil está com os proventos garantidos para amanhã.

Quem tem salários acima de R$ 4 mil espera o “vale”, já tradicional no Governo Robinson. A fonte do blog chegou a dar como certo o pagamento de pelo menos essa parte dos salários para quem recebe mais. Tudo depende dos remanejamentos orçamentários.

O tempo e a burocracia jogam contra.

Por isso até agora nada de comunicado oficial.

Compartilhe:

Rosalba apresenta reivindicações a Robinson

rosalba-ciarlini-recebida-pelo-governador-foto-rayane-mainara-1

A prefeita Rosalba Ciarlini saiu da primeira audiência com o governador Robinson Faria, nesta quinta-feira, 06, satisfeita com os resultados. O governador se comprometeu a atender os pleitos apresentados pela prefeita nas áreas de saúde, educação, segurança pública e abastecimento d´água.

A prefeita propôs ao governador a assinatura de um termo de compromisso entre entes públicos para acabar com as filas de cirurgias eletivas. Ela argumentou que o município recebendo tratamento igual a Natal no que diz respeito ao plus para as cirurgias, a demanda que está reprimida há meses será amenizada. São quase três mil casos. Só em Mossoró, são mais de 800 pacientes esperando procedimentos cirúrgicos ginecológicos, ortopédicos e gerais como vesícula, hérnia e outros.  Rosalba também solicitou cooperação para o SAMU pela necessidade de ampliação do serviço.

Na área de educação, a prefeita pediu que fossem devolvidos os seis ônibus para a zona rural, uma vez que a gestão passada não quis assinar o convênio para o transporte escolar.“Esses ônibus por direito são de Mossoró e nós precisamos do transporte para os alunos da zona rural”, destacou a prefeita que estava acompanhada do secretário municipal de Tributação, Abraão Padilha.

A conclusão da adutora Santa Cruz (Apodi)/Mossoró que  Rosalba deixou como governadora, 85% das obras,  foi outro assunto que a prefeita trouxe entre as prioridades para o município. O governo assegura que as obras que estão paradas devem ser retomadas até março.

A prefeita ressaltou a importância da segurança hídrica e abastecimento para o desenvolvimento da cidade e bem estar do cidadão e também para novos empreendimentos da construção civil. “ Se nós criarmos  condições de abastecimento para novos projetos habitacionais na cidade de Mossoró  e oportunidades,  estaremos, consequentemente, criando condições de aquecimento da construção civil, gerando empregos no setor que passa por uma severa crise”.

Na oportunidade também ficou confirmado o aproveitamento do poço do condomínio Alphaville  para o atendimento das regiões circunvizinhas, através da Caern e a perfuração de um outro poço na região do Pico Estreito para a comunidade e condomínio habitacional Cidade Oeste.

Na segurança pública, a prefeita expôs a situação calamitosa da cidade, pedindo o empenho do governador e sugerindo a ampliação do  Centro Integrado de Segurança Pública (Ciosp) com a integração de câmeras de vigilâncias da PMM e Governo, além de reforço policial e da inteligência da segurança. O governador comunicou que vai se reunir com o novo comandante para definir novas ações para o município de Mossoró. “Pela gravidade da situação, esperamos que essas ações venham com brevidade”, pontuou Rosalba.

O governador garantiu que esses pleitos da prefeita terão respostas, confirmando que passará três dias em Mossoró, este mês. “Até segunda-feira estarei fechando a agenda”, explicou  Robinson, acrescentando que entre as ações está o restaurante popular no bairro Santo Antonio, uma antiga reivindicação da comunidade.

O  governo se instala em Mossoró de 11 a 13 deste mês.

Compartilhe: