RN chega a 45 casos confirmados de Covid-19. Números praticamente triplicam em Mossoró

Entenda o perigo da covid-19 se comparada a outras doenças | Poder360

O Rio Grande do Norte agora tem 45 casos de Covid-19 coronavírus. Natal segue sendo a cidade com o maior números de confirmações totalizando 22.

Mossoró que até ontem tinha cinco casos confirmados agora tem 14, praticamente triplicou. Parnamirim segue em terceiro com seis confirmações.

A novidade nos números divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde Pública neste sábado é que os casos confirmados deixaram de estar limitados aos três maiores municípios do Rio Grande do Norte.

Macaíba, Monte Alegre, Passa e Fica confirmaram seus primeiros casos do novo coronavírus.

As informações completas, com os dados atualizados no RN sobre a Covid-19, serão divulgadas no novo boletim epidemiológico ainda neste sábado (28).

Compartilhe:

RN chega a 19 casos confirmados de Covi-19. Mais um em Mossoró

O Rio Grande do Norte chegou a 19 casos confirmados do novo coronavírus. Mossoró teve o segundo confirmado.

O novo caso registrado na capital do Oeste é de uma mulher de 25 anos.  Os quatro novos infectados confirmados em Natal são duas pessoas do sexo masculino, uma de 72 e outra de 36 anos, e duas do sexo feminino, uma de 42 e a outra de 32 anos.

Os casos confirmados estão concentrados nos três maiores municípios do Estado Natal (13), Parnamirim (4) e Mossoró (2).

O próximo boletim epidemiológico, com número de casos suspeitos e descartados, será divulgado ainda nesta quinta-feira (26).

Compartilhe:

Sesap informa que recebeu 200 novos testes para o novo coronavírus

Resultado de imagem para coronavirus

Abaixo nota da Secretaria Estadual de Saúde Pública informando que o Rio Grande do Norte recebeu 200 novos testes para o novo coronavírus.

Confira:

O Rio Grande do Norte recebeu, na segunda-feira, 23, mais de 200 novos testes para diagnóstico do coronavírus enviados pelo Ministério da Saúde ao Laboratório Central do RN (Lacen). Os testes continuarão a ser enviados regularmente.

Desde a última sexta-feira (20), o laboratório está realizando o processamento das amostras para o novo coronavírus. Importante ressaltar que os testes são realizados de acordo com os critérios clínicos e epidemiológicos já estabelecidos pela Secretaria de Estado de Saúde Pública e após os resultados para Influenza e outros vírus respiratórios, também processados pelo Lacen, terem dado negativo.

 

Compartilhe:

Mossoró sedia reunião para discutir formação de consórcios de saúde entre municípios

Secretário articula consórcio da saúde (Foto: reprodução/Youtube)

Será realizado na próxima terça-feira, às 8h30, no auditório deputado Leônidas Ferreira da II Unidade Regional de Saúde Pública, uma reunião discutir regionalização e implantação dos Consórcios de Saúde, pelo Governo do Estado, em parceria com os Municípios.

O evento terá a presença do secretário estadual de saúde Cipriano Maia e contará com a presença de representantes da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN), prefeitos e secretários municipais das Regiões Oeste e Vale do Assú, que compõem a II e VIII Regiões de Saúde.

A reunião é promovida pela Secretaria de Estado da Saúde Pública do (SESAP) e o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Rio Grande do Norte (Cosems-RN).

Os Consórcio de Saúde consistem em uma iniciativa autônoma de municípios (geralmente) circunvizinhos que se associam para gerir e prover conjuntamente serviços referentes à promoção, proteção e recuperação da saúde de suas populações, promovendo um maior ordenamento na utilização dos recursos.  “Iremos buscar a criação de consórcios regionais que possam fazer a gestão desses serviços com financiamento tripartido (União, Estado e municípios). A partir daí estaremos potencializando os recursos e trabalhando uma melhor economicidade do gasto e racionalização da gestão”. disse o secretário Cipriano Maia.

Estão convocados para a reunião representantes de Alto do Rodrigues, Angicos, Apodi, Areia Branca, Assu, Campo Grande, Baraúna, Caraúbas, Carnaubais, Felipe Guerra, Fernando Pedroza, Governador Dix-Sept Rosado, Grossos, Ipanguaçu, Itajá,  Janduís, Messias Targino,  Mossoró, Paraú, Pendências, Porto do Mangue, São Rafael, Serra do Mel, Tibau, Triunfo Potiguar e Upanema.

Compartilhe:

Governo do RN gera R$ 1,2 milhão em prejuízos em aplicação de recursos do SUS em Mossoró

O Governo do Rio Grande do Norte gerou um prejuízo de R$ 1.227.998,24 em recursos do Sistema Único de Saúde (SUS) aplicados no Centro de Diálise de Mossoró por causa de pagamentos realizados em duplicidade. É o que aponta o relatório da Secretaria Federal de Controle Interno da Controladoria-Geral da União (CGU).

Segundo o relatório, as falhas ocorreram entre novembro de 2016 e setembro de 2017 quando deveriam ser descontados R$ 857.922,67 referentes a um empréstimo consignado.

Os outros R$ 370.075,57 se referem a outros empréstimos consignados tomados pelo Centro de Diálise antes de 2016.

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (SESAP) foi provocada a prestar esclarecimentos ao órgão da CGU, mas não respondeu.

Compartilhe: