Um gesto que muda a imagem de um país

homenagem-nacional-medellin-chapecoense

Pare e pense: quando você pensa na Colômbia qual a primeira imagem que lhe vem a cabeça. Acredito que a resposta seja Pablo Escobar, tráfico de drogas, As FARC, terremotos… Quis o destino que a tragédia de terça-feira acontecesse na Colômbia, mais precisamente em Medellín justamente a terra que tantas notícias negativas deu ao mundo manchando a imagem de um país graças ao cartel.

Agora tudo mudou. Logo que a tragédia aconteceu o Atlético Nacional, atual campeão da Libertadores, abriu mão do título da Copa Sul americana num gesto de grandeza que me levou as lágrimas. Depois os jogadores do clube apoiaram a decisão e o mais bonito: os torcedores foram ao estádio homenagear as vítimas do acidente aéreo e dizer que a Chapecoense era a campeão do torneio. Foi de arrepiar. Fui as lágrimas.

A partir de agora o preconceito em relação a Colômbia será deixado de lado. O país será lembrado pelo seu povo solidário, pela grandeza de seus dirigentes esportivos e atletas.

Queria ter escrito antes esse texto, mas não conseguia porque chorão assumido que sou saberia que iria às lágrimas como estou indo agora.

Força Chape!!! Mas também viva Colômbia pela lição de humanidade dada esta semana.

Compartilhe:

Temer “muda de ideia” e vai a Arena Condá

temer5_20161203085539

UOL

O presidente Michel Temer decidiu ir à Arena Condá de última hora. “Não poderia dizer que ia ao estádio ontem porque senão a segurança teria que revistar as pessoas que entram. Só comuniquei que vou lá agora, para facilitar a vida de todos”, disse Michel Temer após o recebimento dos caixões no aeroporto de Chapecó.

“Quando vejo essa chuva caindo aqui penso que é São Pedro chorando a morte dos jogadores”, completou.

Também chegaram ao aeroporto de Chapecó o Walter Feldman, secretário-geral da CBF, e o ministro dos esportes, Leonardo Picciani.

O avião do presidente chegou ao aeroporto de Chapecó às 8h45. O presidente se encontrará com as famílias das vítimas, que aguardam Temer no aeroporto. Uma cerimônia no local deve acontecer a partir das 10h.

Michel Temer chegou acompanhado do embaixador da Colômbia, Alejandro Borda. Ele teve breve contato com os jornalistas e acenou dizendo que falará “mais tarde”.

Compartilhe: