Finalmente Zenaide se distancia de Agripino e Garibaldi

ZM

A deputada federal Zenaide Maia (PHS) finalmente apareceu em uma pesquisa abrindo alguma vantagem diante dos senadores José Agripino Maia (DEM) e Garibaldi Alves Filho (MDB).

Mesmo com a fragilidade eleitoral dos tradicionais líderes políticos, Zenaide vinha mostrando pouco gás para se descolar da dupla. A pesquisa Seta divulgada pelo Agora RN finalmente apontou ela se desgarrando dos dois.

Até a pesquisa de março, Zenaide Maia aparecia empatada tecnicamente com os dois oponentes na soma de primeiro e segundo voto. Ela subiu quase 4% e José Agripino caiu 3%. Agora Zenaide tem quase o dobro das intenções de votos do líder demista. Garibaldi Alves segue em segundo com pequena oscilação positiva.

As pesquisas para o Senado no Rio Grande do Norte têm mostrado uma disputa em aberto, principalmente pela baixa intenção de votos dos pré-candidatos.

Abaixo o desempenho dos principais candidatos comprando as pesquisas do instituto Seta:

 

Candidato Pesquisa de Março Pesquisa de Maio Diferença
Zenaide Maia 11,62% 15,2% +3,62%
Garibaldi Filho 10,52% 11,4% +0,88%
José Agripino 11,23% 8,3% – 2,93%
Geraldo Melo 4,41% 3,6% -0,81%
Magnólia Figueredo 1,3% 2,4% + 1,1%

 

Compartilhe:

Zenaide não consegue desgrudar de Agripino e Garibaldi nas pesquisas

Zenaide não consegue desgrudar de Agripino e Garibaldi nas pesquisas

zenaide (1)

Considerada o nome em melhores condições de mandar José Agripino Maia (DEM) ou Garibaldi Alves Filho (MDB) para casa em 2019, a deputada federal Zenaide Maia (PHS) está estagnada nas pesquisas.

Há um ano a perspectiva era de que ela se desgarraria pelo menos de José Agripino com o passar dos meses. Mas a parlamentar segue no mesmo patamar de intenção de votos que a dupla. Sempre embolada com um empate técnico.

Veja como o quadro está inalterado comparando a última pesquisa de 2017, divulgada em 14 de dezembro pela Consult.

Garibaldi Alves Filho: 18,88%

Zenaide Maia: 15,24%

José Agripino Maia: 13,12%

O quadro em outra pesquisa, do Instituto Certus, divulgada em 6 de maio, mostra empate técnico.

Garibaldi Alves Filho: 12,59%

José Agripino Maia: 11,63%

Zenaide Maia: 8,23%

Geraldo Melo: 8,12%

Repare um agravante no desempenho de Zenaide na última pesquisa divulgada é que ela está tecnicamente empatada também com o ex-senador Geraldo Melo (PSDB), aposentado da política há 12 anos.

Como a soma de primeiro e segundo votos revelam baixas intenções de votos para o Senado temos uma sinalização de que o eleitor está dando um tempo para se posicionar em relação a esta disputa.

Até aqui Zenaide está longe de ser um “fenômeno” nem tirou vantagem do desgaste da dupla de caciques políticos. Muito pelo contrário, temos em curso uma disputa acirrada.

Não é fácil derrotar os dois maiores líderes do Rio Grande do Norte das últimas quatro décadas.

Compartilhe:

Zenaide Maia é a parlamentar mais “cara” da bancada do RN. Felipe Maia o mais “barato”

Zenaide é figura frequente em eventos religiosos no interior do RN
Zenaide é figura frequente em eventos religiosos no interior do RN
 Agora RN

Dezenas de assessores, apartamentos funcionais, altos salários. Essas não são as únicas “regalias” que os parlamentares federais têm direito. Há também a chamada cota indenizatória, que é a quantia disponibilizada pelo Congresso para o chamado “exercício da atividade parlamentar”. E para se ter uma ideia do montante público gasto com isso, só a bancada potiguar na Câmara dos Deputados, formada por apenas oito parlamentares, consumiu o total de R$ 12,3 milhões em apenas 3 anos e 3 meses de mandato.

A informação é do portal da transparência da própria Câmara e apresenta que a maior gastadora dessa cota é a deputada federal Zenaide Maia, que consumiu R$ 1,65 milhão da verba para exercer seu mandato parlamentar. Pré-candidata ao Senado e potencial parceira de Fátima Bezerra (PT), que também foi a maior gastadora da cota parlamentar na bancada potiguar no Senado (com pouco mais de R$ 1 milhão gastos no mesmo período), Zenaide Maia chegou a gastar R$ 61 mil só em junho, pagando, só em divulgação, mais de R$ 31 mil.

A lista dos mais gastadores continuam com Beto Rosado (R$ 1,64 milhão), Antônio Jácome (R$ 1,63 milhão), Fábio Faria (R$ 1,58 milhão), Rogério Marinho (R$ 1,58 milhão), Walter Alves (R$ 1,55 milhão), Rafael Motta (R$ 1,5 milhão) e Felipe Maia (R$ 1,17 milhão). Ou seja: o mandato mais “barato”, que foi o de Felipe Maia, custou quase meio milhão de reais a menos que os mais caros, como os de Beto, Antônio e da própria Zenaide.

E entre os custos principais dos deputados federais potiguares estão as despesas com passagem áreas e divulgação da atividade parlamentar. Em junho do ano passado, por exemplo, Fábio Faria chegou a pagar R$ 21,6 mil com viagens de avião, com mais de 50 registros fiscais apresentados a Câmara dos Deputados. As passagens chegaram a custar R$ 1,5 mil.

Nota do Blog: em outra reportagem, o Agora RN, registrou os custos dos senadores potiguares aos cofres públicos. José Agripino (DEM) custou R$ 991 mil  e Garibaldi Filho (MDB) R$ 869. Fátima já foi citada no texto acima.

Compartilhe:

Trabalho de Zenaide Maia por Mossoró é desconhecido por 73,65% dos leitores do Blog

Zenaide

O Blog do Barreto perguntou aos leitores no grupo do Facebook a respeito do trabalho de Zenaide Maia (PHS) a favor de Mossoró.

Ao todo 73,65% dos que votaram na enquete afirmaram que desconhece ações dela para Mossoró. “Zenaide não passa de mais uma representante das oligarquias, votou a maioria das vezes como deputada a favor do povo para fazer o nome dela para o senado, eleita, votará contra o povo, nenhuma confiança em Zenaide”, declarou Alison Adolfo.

Outros 18,27% disseram que conhecem, mas nas justificativas os critérios foram focados nas posições dela na reforma trabalhista. “Zenaide votou a favor de todos os trabalhadores, se posicionando contra as reformas e contra o golpe. Ela trouxe benefícios para o país todo com isso”, justificou Pablo Fernandes.

Outros 8,08% disseram “nunca ouviu falar” nas ações de Zenaide.

Na próxima terça-feira o Blog do Barreto lança uma nova enquete.

Compartilhe:

Blog do Barreto pergunta: você consegue identificar alguma ação da deputada Zenaide Maia em favor de Mossoró?

Zenaide-Maia

Está no ar a nova enquete do grupo do Blog do Barreto no Facebook. A pergunta da semana é a respeito do desempenho da deputada federal Zenaide Maia (PHS).

A parlamentar é notória por ter votado contra o impeachment de Dilma Rousseff e contra as medidas impopulares de Michel Temer.

Mas e o envio de recursos para Mossoró? Com a palavra os nossos leitores.

Vote AQUI

Compartilhe:

PT explica adiamento de evento em Mossoró

destaque_estrela

Tanto a presidente do diretório municipal do Partido dos Trabalhadores, Isolda Dantas, como a assessoria da senadora Fátima Bezerra fizeram contato com o Blog do Barreto para esclarecer que o evento de sábado não foi adiado por causa da crise interna da agremiação.

O que pesou para a decisão foi a mudança de data (seria amanhã) da filiação de Zenaide Maia ao PHS no próximo sábado em Natal.

Compartilhe:

Disputa por duas vagas no Senado é campo aberto para novidades na política potiguar

campo-aberto-1024x768

Na soma de primeiro e segundo voto para o Senado (que oferta duas vagas esse ano) nenhum candidato chegou a 15% na pesquisa do Instituto Seta divulgada hoje pelo Blog do BG e 98 FM de Natal. É um sinal claro que o eleitor está aberto às novidades para esse cargo.

Na soma de primeiro e segundo voto Zenaide Maia (que sexta se filia ao PHS) tem 11,62%), seguida por José Agripino (DEM) com 11,23% e Garibaldi Alves Filho (MDB) que alcança 10,52%. Detalhe: essa é a primeira pesquisa que mostra que se as eleições fossem hoje o senador do MDB não seria eleito.

Não enxergo motivos para Zenaide Maia comemorar. Ela equilibra com os velhos caciques num cenário de baixa intenção de voto. A diferença é que ela se encontra em viés de alta por ser menos conhecida. Ele tem potencial para crescer. Os outros dois terão que lidar com rejeição. Agripino tem 13,1% e Garibaldi 9,9%.

Como este ano são dois votos para Senado, as pesquisas somam 100% de votos para primeiro voto e mais 100% para segundo voto. O trio de “favoritos”, juntos, somam 33,37%. É um percentual muito baixo para quem está podendo ser citado duas vezes.

Enquanto isso, o item ninguém/branco/nulo chega a 50.60% no primeiro voto mais 65.23% no segundo voto. É um campo vastíssimo para um novo nome ocupar.

A pergunta agora é: quem?

Compartilhe: