UFERSA: terceira colocada afirma que “pulou” para primeiro “por obra de Deus”

Ludimilla credita a Deus nomeação para ser reitora (Foto: reprodução/Blog do Barreto)

Para a futura reitora da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA) Ludimilla Oliveira foi “obra de Deus” que ela saltou do terceiro para o primeiro lugar. “O senhor quebra protocolos”, disse.

Pois é, Ludimilla foi terceira colocada na consulta a comunidade acadêmica da UFERSA, mas como a lei permite ela foi nomeada reitora contrariando a vontade dos três segmentos. A decisão foi anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro na última sexta-feira.

“O senhor mandou me chamar para um lugar de honra com as grandes autoridades desse país”, avaliou.

A fala foi em uma live no Instagram como a missionária Hélia Galdino.

Nota do Blog: o protocolo quebrado foi a regra democrática de respeitar a ordem estabelecida na lista tríplice pela comunidade acadêmica nas universidades federais por meio de votação.

Compartilhe:

Comments

comments

5 opiniões sobre “UFERSA: terceira colocada afirma que “pulou” para primeiro “por obra de Deus”

  • 26 de agosto de 2020 em 12:58
    Permalink

    É interessante, como pessoas de má fé usam o Nome de Deus para justificar seus maus atos. Incoerência que chama, né? Ou mal caratismo? Fiquei na dúvida 🤔

    Resposta
  • 26 de agosto de 2020 em 13:10
    Permalink

    Corona vírus, queimadas, fome, milhões de pessoas morrendo ao redor do mundo, Bolsonaro no poder, mas Ludimilla acha que Deus vai perder tempo fazendo ela ir de terceira colocada a reitora da UFERSA.

    Resposta
  • 26 de agosto de 2020 em 14:31
    Permalink

    Bruno, confesso que que não consigo te entender.
    Vc vem com essa lenga-lenga sobre a nomeação de Ludimila, desde o dia que ela foi nomeada pelo presidente, quando de sua passagem por Mossoró.
    Estou estranhando seu comportamento. Aponte aí, por gentileza, aonde é que está o erro, mas o faça sob à luz da legalidade.
    Que eu saiba, a nomeação foi respaldada por uma lista tríplice, enviada ao MEC, fruto de uma CONSULTA à comunidade acadêmica.
    Mas, eu posso estar equivocado. Vou ouvir vc.

    Resposta
    • 27 de agosto de 2020 em 22:13
      Permalink

      A legalidade , ele e uma interventora , pode ser apontada como quiser por este insane que vocês chamam de mito , pra que fazer eleição , se está idiotice já estava pronta , perai somos nordestino mas come capim não!

      Resposta
  • 27 de agosto de 2020 em 07:43
    Permalink

    Manoel, como você diz está tudo.dentro da localidade. O resto é só mimimi das esquerdas. Né não?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *