Um anão que cresce a cada derrota para o gigante

No intricado jogo político de Mossoró, a bancada da oposição ao prefeito Francisco José Junior (PSD) é como um anão inteligente que reconhece suas limitações físicas (neste caso a incapacidade numérica de vencer uma votação) e é capaz de transformá-las em superação.

A oposição tem conseguido tirar proveito de cada situação polêmica e convertido isso em ações que lhe rendam dividendos políticos. Veja o caso da antecipação dos royalties da Petrobras.

Enquanto o governismo não se explica, a oposição detona a proposta e utiliza as redes sociais de forma magistral com postagens de vídeos explicando as consequências negativas da iniciativa.

Em um vídeo, Francisco Carlos (PV) afirma que a iniciativa vai tirar uma das principais receitas do município por anos.

Em outro vídeo, Lairinho Rosado (PSB) clama pela participação da sociedade para convencer o prefeito a mudar de ideia e cita as cidades de Natal e Assu como exemplos municípios que estão sobrevivendo em meio a crise.

Enquanto isso, a bancada governista é o gigante desengonçado que tem muita força e vence sempre a qualquer custo, mas por onde passa deixa cacos difíceis de serem juntados.

Num parlamento não adianta apenas ter a força para vencer no voto. É preciso ter capacidade para dar satisfação ao povo.

Compartilhe:

Comments

comments

Uma opinião sobre “Um anão que cresce a cada derrota para o gigante

  • 26 de outubro de 2015 em 14:12
    Permalink

    Video na vertical não! Só isso merecia a perda do mandato Lairinho!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *