Vacinação da AstraZeneca/Fiocruz em grávidas está suspensa em Mossoró

Foto:  Sergio Perez/REUTERS

Blog Maricélio Almeida

Mossoró suspendeu nesta terça-feira, 11, o uso da vacina contra a Covid-19 da AstraZeneca/Fiocruz em mulheres grávidas. A suspensão ocorre após recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). A orientação está em nota técnica emitida pela agência.

Em conversa com o BLOG MARICELIO ALMEIDA, a secretária de Saúde de Mossoró, Morgana Dantas, confirmou a suspensão. Ela relatou que houve pouca procura desse público pela vacina até o momento e não há, até aqui, relatos de reações adversas graves.

A orientação da Anvisa é que a indicação da bula da vacina AstraZeneca seja seguida pelo Programa Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde. A decisão é resultado do monitoramento de eventos adversos feito de forma constante sobre as vacinas contra a Covid-19 em uso no país.

A recomendação foi adotada após a morte de uma gestante no Rio de Janeiro, que recebeu a vacina -a orientação segue até que a Anvisa entenda se existe alguma relação entre a vacina e o óbito.

“O uso off label de vacinas, ou seja, em situações não previstas na bula, só deve ser feito mediante avaliação individual por um profissional de saúde que considere os riscos e benefícios da vacina para a paciente. A bula atual da vacina contra a covid-19 da AstraZeneca não recomenda o uso da vacina sem orientação médica”, ressaltou a Anvisa.

A vacina vinha sendo usada em gestantes com comorbidades. Agora, só podem ser aplicadas nas grávidas a CoronaVac e a vacina da Pfizer.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *