Vereador que votou a favor de empréstimo vai ter direito a indicar obras

Nos bastidores da Câmara Municipal de Mossoró o assunto que emerge é a informação de que o Palácio da Resistência ofertou aos vereadores o direto de indicar obras com os recursos do empréstimo de até R$ 150 milhões que será obtido com a Caixa Econômica Federal.

Para isso bastava o parlamentar votar favorável à proposta. Quem votou contra não vai ter esse direito, claro.

Será uma espécie de “emenda premiada”.

Até mesmo vereadores da oposição receberam esse “canto da sereia”.

No fim das contas, o projeto passou com 14 votos favoráveis, cinco contra e uma abstenção.

Nota do Blog: não considero esse tipo de expediente algo ilegítimo. Faz parte do processo político no presidencialismo de coalizão. Mas fica evidente de que tudo que foi orquestrado não teve qualquer foco no interesse público.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *