Raimundo diz não existir polarização na disputa pelo Governo (Foto: reprodução)

“A polarização para o Governo não está posta”, diz Raimundo Alves

Questionando a respeito do protagonismo da disputa pelo Senado no Rio Grande do Norte ser maior do que a pelo Governo, contrariando a tradição, o secretário chefe do gabinete civil Raimundo Alves disse perceber que a polarização não está posta no embate pelo executivo estadual.

“A polarização para o Governo não está posta. As pesquisas colocam uma certa vantagem na diferença alta dos demais candidatos da oposição”, disse ao Foro de Moscow.

A fala de Raimundo se sustenta nos números. Na mais recente pesquisa do Instituto Seta a governadora Fátima Bezerra (PT) está com 24 pontos de vantagem sobre o segundo colocado o ex-governador Fábio Dantas (SD) e vence com folga todas as simulações de segundo turno.

Questionando a que se deve esse protagonismo na eleição para o Senado, Raimundo Alves declarou que passa pelo peso político dos nomes envolvidos. “Não sou cientista político a minha formação é de economista. O que conheço é de militância. Eu acho que essa situação se deve pelo peso dos candidatos. A mídia passa a dar mais atenção”, analisou. “Tem um peso do ex-ministro e do ex-prefeito gera uma polarização na disputa e a chegada do deputado Rafael torna ainda mais intensa a disputa”, complementou.

Assista a entrevista completa a partir dos 20 minutos da transmissão do Foro de Moscow:

Comments

comments

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter