Allyson minimiza desconfianças sobre aditivo (Foto: Wilson Moreno - Secom/PMM))

Allyson minimiza aditivo assinado após a conclusão da obra: “é só burocracia normal”

O prefeito Allyson Bezerra (SD) em rápida conversa com a jornalista Carol Ribeiro foi econômico na hora de analisar a história do aditivo à reforma do Memorial da Resistência assinado após a conclusão da obra beneficiando em R$ 433 mil uma empresa do sogro e cunhados do presidente da Câmara Municipal Lawrence Amorim (SD).

“É só burocracia normal”, disse.

À jornalista ele disse ainda que o aditivo foi necessário para ajustar a obra cujo projeto foi elaborado na gestão da ex-prefeita Rosalba Ciarlini (PP) e que a obra planejada pela equipe dele, a reforma da Estação das Artes, não teve necessidade de aumentar o valor pago.

A oposição tem apontando o aditivo como suspeito e exigido explicações que foram negadas tanto na Secretaria Municipal de Infraestrutura quando na de Administração.

Com informações do Blog de Carol Ribeiro (ver AQUI).

 

Comments

comments

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter