Fábio Faria mente sobre pagamento de folhas atrasadas deixadas pelo pai dele (Foto: Cristiano Mariz/Agência O Globo)

Alucinações de um Mentiroso

Por Pedro Lopes*

O Ministro Fábio Faria classificou o Governo Fátima Bezerra como mentiroso e o pior que já viu na sua vida.

Todos sabem que durante o governo do pai dele, que inclusive o próprio tinha forte influência na tomada de decisão, não havia data certa para pagar os servidores, deixou-os com até quatro folhas salarias em atrasos, mais de R$ 2 bilhões em dívidas com bancos, consignados e fornecedores.

Mesmo o governo do seu pai sacando em 2015 mais de R$ 500 milhões do fundo previdenciário, recebendo em 2016 de repatriação R$ 230 milhões e em 2018 mais de R$ 400 milhões do Governo Temer para aplicar na saúde, inclusive pagando folha dos servidores do setor, deixou as finanças do RN em colapso ao ponto que decretamos calamidade financeira, prontamente referendado pela Assembleia Legislativa

Policiais militares chegaram a se aquartelar, cidades do RN tiveram arrastões e saques, havia campanha de arrecadação de cestas básicas para os servidores, presenciamos motins nas penitenciárias, com bandidos tocando o terror nas cidades do Estado. Na gestão do pai do Fábio Faria vivemos períodos de medo, tensão e servidores sofrendo humilhações permanentes!

Mas bastou virar a chave do governo, saiu o pai do Ministro e entrou Fátima Bezerra, e a partir de janeiro de 2019 como num passe de mágica já não houve mais atraso de salários. Em junho de 2019 com recursos de royalties pagamos o atrasado do 13º de 2017 e em fevereiro de 2020 com recursos do tesouro estadual pagamos o atrasado do mês de novembro de 2018. Duas folhas atrasadas herdadas pagas antes da pandemia, que efetivamente começou em março de 2020.

Bom, aí já se comprova que mentiroso mesmo é o Ministro Fábio Faria pois como se pagaria esses atrasados com recursos da pandemia que só chegaram efetivamente no RN quatro meses depois, em junho de 2020?

Mas o filho do governador que deixou o RN falido passa a sofrer alucinações quando atribui ao presidente da República os bons resultados de gestão administrativa do governo Fátima Bezerra, que decorreram da instituição da conta única, do PROEDI, da aplicação ampliada da desvinculação das receitas estaduais, do controle da despesa pública, da redução dos contratos, do fortalecimento do controle interno, da reestruturação da contabilidade do Governo e adoção de políticas de combate à sonegação pelo fisco estadual, entre outras ações.

Como resultado hoje estamos com mais de 90 mil servidores com salários em dia e em maio serão 100%. Estamos com indicadores de segurança pública melhores que os recebidos da gestão do pai de Fábio Faria. A partir do PROEDI, lançado no governo Fátima Bezerra, mais industrias estão se instalando ou ampliando seu parque fabril no RN, gerando empregos e renda. Entre outros números, nossa rede hospitalar conta com mais leitos hospitalares e estamos construindo 12 escolas técnicas estaduais.

No balanço geral, os indicadores da atual gestão são melhores do que a do pai do Fábio Faria. Mas é pessoal sua opinião sobre a gestão da Fátima Bezerra, há sempre uma perspectiva e todos nós temos esse direito de avaliar. Contudo, como o nosso governo vem favorecendo todos os norte-riograndenses, os empreendedores e os servidores, resta saber para quem mesmo ele está sendo pior.

*É auditor Fiscal, professor da UFRN, ex-controlador-geral do estado.

Este texto não representa necessariamente a mesma opinião do blog. Se não concorda faça um rebatendo que publicaremos como uma segunda opinião sobre o tema. Envie para o barreto269@hotmail.com e bruno.269@gmail.com.

Comments

comments

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter