Áudio de conversa revela que Cidade Junina tem nove planilhas diferentes e superfaturadas

Mais um áudio sobre a conversa entre o empresário Carlinhos Ferdebez e o secretário da Fazenda Jerônimo Rosado. Nesta conversa temos a revelação de que existem nove planilhas relacionadas ao Mossoró Cidades Junina. Segundo o relato no diálogo, todas superfaturadas.

Ferdebez avisa à Jerônimo Rosado que disse à secretária municipal de cultura Isolda Dantas que a ela pode ter problemas com o Ministério Público. “Sabe o que eu disse a ela (Isolda)? Se eu chegar ao Ministério Público com nove planilhas vai dar pulseira e não é de ouro”, indicando que o pessoal da Prefeitura está praticando um crime nas contas do evento.

Uma pessoa (cuja identificação não foi possível saber pelo áudio) que acompanha Ferdebez na conversa, pelo contexto um funcionário da Ferdebez Produções, explica que as planilhas estão superfaturadas. “Se eu chegar para você com duas planilhas do mesmo objeto você já vai receber meio torto. Com a terceira… lá tem nove… nove planilhas adulteradas… todas as nove superfaturas”, frisou.

Outro dado apresentado por Carlinhos Ferdebez que chama a atenção é que os salários pagos no Chuva de Bala eram acima do esperado. “Vou te dar o exemplo do crime… no Chuva de Bala qualquer funcionariozinho lá era cinco mil reais”, disparou.

Comments

comments

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter