Beto defende emenda para obra viária interligando o Conjunto Vingt Rosado ao Bairro Barrocas

O deputado federal Beto Rosado (PP) indicou à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2020 a construção do Complexo Viário da Resistência, interligando a BR-110 (saída para Areia Branca) do bairro Vingt Rosado, ao outro lado da cidade, ao bairro Barrocas na avenida Marechal Deodoro.

A proposição saindo do papel seria fundamental para melhorar a mobilidade urbana no município. “Esta obra já está no planejamento urbano da cidade há mais de 10 anos, e é muito importante para Mossoró tanto do ponto de vista urbanístico, facilitando a mobilidade (tendo em vista o congestionamento nas pontes que já existem na cidade), quanto do ponto de vista econômico gerando novas oportunidades de investimentos no novo trecho”, explicou Beto.

Com informações da Assessoria de Beto Rosado

Compartilhe:

Comments

comments

5 opiniões sobre “Beto defende emenda para obra viária interligando o Conjunto Vingt Rosado ao Bairro Barrocas

  • 7 de julho de 2019 em 07:16
    Permalink

    O deputado Beto tem motivos de sobra para direcionar suas emendas parlamentares para nossa Mossoró.
    Seja corajoso e assuma ser governista. A turma vermelha não vota em você.

    Resposta
  • 7 de julho de 2019 em 11:32
    Permalink

    Li toda a matéria e senti falta da opinião do Blog! Pq quando é algo que não interessa o blog faz suas opiniões e ainda fala em da assessoria gratuita aos que ele pensa diferente.

    Resposta
  • 7 de julho de 2019 em 14:21
    Permalink

    Não consegue verba para tapar os buracos das ruas, vai conseguir verba para fazer ponte ligando bairros.

    Resposta
  • 7 de julho de 2019 em 17:21
    Permalink

    O Governo do Estado apresentou emenda de R$ 30 milhões ao Orçamento Geral da União (OGU) de 2012 para a duplicação da Francisco Motta. A avenida é o principal acesso à Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) e Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA). Também é a única ligação para o município de Areia Branca de onde saem diariamente centenas de caminhões transportando sal e petróleo. “A Avenida Francisco Motta tem um tráfego intenso e, por conta disso, a incidência de acidentes com mortes é grande”, observa a secretaria Kátia Pinto, lembrando que o projeto de humanização e melhoria no transito foi iniciado em 2004, pela então prefeita Rosalba Ciarlini, na Avenida Presidente Dutra, entrocamento com a BR-110.
    https://www.revistacaminhoneiro.com.br/br-110-recebe-melhorias-no-rn/amp/
    Estou aguardando até hoje, 07/97/2019.

    Resposta
  • 8 de julho de 2019 em 06:11
    Permalink

    Está na hora deste deputado trabalhar. Sinceramente, nao o vejo fazendo nada. Lembrando que ele é apenas favorável a emenda, nao liberou ainda.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *