Bolsonaro enterra principal discurso de Carlos Eduardo no segundo turno

O candidato a presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) declarou em entrevista à TV Cidade Verdade de Teresina que não vai discriminar governadores de partidos adversários. A declaração joga por terra o principal argumento do ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT) na disputa pelo Governo.

O candidato cita o governador reeleito do Piauí Wellington Dias (PT) como exemplo, mas expande o compromisso com os demais eleitos por partidos adversários. “Não podemos prejudicar o povo do Piauí (se referindo ao governador reeleito Wellington Dias, do PT), qualquer estado que seja, porque tem um governador que não se alinhe ideologicamente conosco. Vamos tratar todos os estados de forma republicana”, frisou.

A declaração contradiz o argumento de Alves de que é preciso alinhar o governador do Rio Grande do Norte com o Governo Federal. No horário eleitoral ele fala “em novos tempos que estão por vir”.

Na mesma entrevista, Bolsonaro também falou que é preciso acabar com o “coitadismo” de negros, nordestinos, mulheres e gays ao criticar políticas afirmativas que segundo ele aumentam o preconceito.

Veja a matéria completa publicada ontem pela Folha de S. Paulo AQUI.

Compartilhe:

Comments

comments

2 opiniões sobre “Bolsonaro enterra principal discurso de Carlos Eduardo no segundo turno

  • 24 de outubro de 2018 em 13:03
    Permalink

    ” em novos tempos que estão por vir ” Partindo de Carlos Eduardo esse tipo propaganda, ele mostra claramente e confia na pouca memória do eleitor. Pois novos tempos para ele já está muito velho. É só lembrar as eleições que ele já participou. Repito, trabalha sempre confiando na pouca memória do eleitor. Quem lembra da promessa de ficar a frente da administração da Prefeitura de Natal até o fim do mandato ? O negócio desse cabra é o poder sempre. Como fez e faz toda sua família oligárquica. Ainda bem que nessas eleições, alguns já começaram a cair. No dia 28 de outubro ele será o próximo. É o que espero do povo do nosso querido RN. Chega dessa turma que só sabem viver do dinheiro Público.

    Resposta
  • 24 de outubro de 2018 em 13:15
    Permalink

    Enfim uma palavra de bom senso desse Senhor. Pois já imaginou o Presidente da República, esticar seus atos de discriminações contra os estados administrados por outros partidos?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *