Carlos Eduardo abre vantagem sobre Rogério mesmo com entrada de Motta, aponta pesquisa

O quadro eleitoral para o Senado dentro dos parâmetros do Instituto Brâmane foi alterado no Rio Grande do Norte com o ex-prefeito do Natal Carlos Eduardo (PDT) ultrapassando numericamente o ex-ministro do desenvolvimento regional Rogério Marinho (PL).

Apesar da entrada do deputado federal Rafael Motta (PSB) os dois candidatos aumentaram as intenções de votos em relação aos números de maio que não incluíram o pessebista.

Carlos Eduardo saiu de 17,3% para 25,5%, assumindo a primeira colocação. Já Rogério mesmo sendo ultrapassado subiu de 18,1% para 21,6%. Rafael Motta está com 11,1%.

A rejeição de Carlos subiu de 10,9% para 17,9% a de Rogério saiu de 11,6% para 14,5%. Motta tem 12,7%.

Confira os números

Pesquisa estimulada

Pesquisa espontânea

Rejeição

A pesquisa Brâmane foi realizada entre os dias 14 e 17 de junho ouvindo 2 mil eleitores. A margem de erro é de 2,19 pontos percentuais com intervalo de confiança de 95%. O registro na Justiça Eleitoral é o de protocolo RN-03991/2022 e BR-02343/2022.

Comments

comments

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter