Eleitor de Mossoró está longe de uma definição sobre nomes para o Senado

Carlos Eduardo e Rogério estão tecnicamente empatados em Mossoró e 70% não tem candidato

O eleitor mossoroense está longe de uma definição em suas preferências para o Senado. A pesquisa TS2/TCM mostrou que no segundo maior colégio eleitoral do Rio Grande do Norte a maior parte do eleitorado se divide entre brancos/nulos e indecisos.

Já entre os senadoráveis, o ex-prefeito do Natal Carlos Eduardo Alves (PDT) e o ex-ministro Rogério Marinho (PL) estão tecnicamente empatados com respectivamente 14 e 12 pontos percentuais.

O deputado federal Rafael Motta (PSB) está afastado do primeiro pelotão com 4 pp.

Confira os números:

Pesquisa estimulada

Branco/nulo: 35%

Não sabe/não respondeu: 34%

Carlos Eduardo Alves (PDT): 14%

Rogério Marinho (PL): 12%

Rafael Motta (PSB): 4%

Ney Lopes (PMB): 2%

Dario Barbosa (PSTU): 0

Freitas Junior (PSOL): 0

Rejeição

Não votaria em nenhum: 37%

Não sabe/não respondeu: 33%

Votaria em qualquer um: 12%

Carlos Eduardo Alves (PDT): 9%

Rogério Marinho (PL): 8%

Dario Barbosa (PSTU): 8%

Rafael Motta (PSB): 7%

Ney Lopes (PMB): 6%

Freitas Junior (PSOL): 6%

A pesquisa TS2/TCM ouviu 781 eleitores em Mossoró nos dias 1º e 3 de julho. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos com intervalo de confiança de 95%. A coleta de dados foi registrada na Justiça Eleitoral sob o protocolo RN-04362/2022.

Comments

comments

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter