Confira a estimativa de quociente eleitoral para 2020 com 23 vereadores em Mossoró

A Câmara Municipal de Mossoró passará a ter 23 vereadores a partir do ano que vem. O cenário muda também em relação ao limite para candidatos a vereador a serem inscritos na Justiça Eleitoral que sobe de 32 para 35.

Levando em consideração os percentuais e de comparecimento (86,41%) e votos válidos entre os que foram às urnas (93,38) sufragar um nome para vereador a estimativa é de 141.958 eleitores vão votar em algum candidato ou legenda na disputa proporcional em um cenário com 175.932 habilitados a votar em Mossoró.

Com esse cenário o quociente eleitoral (divisão do número de votos válidos pelo número de vagas no parlamento) com 23 cadeiras disponíveis seria 6.172. Ou seja: a cada 6.172 votos o partido ganha uma vaga na Câmara Municipal sem levar em consideração as sobras.

A redução do quociente eleitoral é significativa levando em consideração de que com 21 vereadores seriam necessários 6.760 por cadeira.

Ainda é possível conquistar uma cadeira pelas sobras mesmo sem atingir o quociente eleitoral. Mas o único parâmetro que existe são as eleições de 2018 quando a regra começou a valer. O PSOL atingir 99% do quociente eleitoral para chegar a uma cadeira, o que em tese na eleição em Mossoró exigiria 6.110 votos.

Compartilhe:

Comments

comments

3 opiniões sobre “Confira a estimativa de quociente eleitoral para 2020 com 23 vereadores em Mossoró

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *