Lula discursou em Natal (Foto: Elisa Elsie)

Em Natal, Lula firma compromisso com redução dos preços dos combustíveis e “cutuca” Rogério Marinho

Durante o ato “Juntos pelo RN” o ex-presidente Lula, que lidera as pesquisas para presidente da República com chances de vitória no primeiro turno, prometeu mudar a política de preços da Petrobras.

Ele disse que iria “abrasileirar” os preços que hoje seguem uma paridade internacional. “Nós vamos ‘abrasileirar’ os preços da gasolina, do óleo diesel e do gás de cozinha. Eu fiquei oito anos na presidência da república e a gente não aumentou o gás de cozinha porque é um elemento da cesta básica”, frisou.

O líder petista reconheceu que o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) é alto, mas não é o responsável pela alta dos preços dos combustíveis. “Eu acho que o ICMS é alto mesmo, mas a gente não pode colocar a culpa nos governadores”, declarou. “Mexeram na política de preços para favorecer 392 empresas que estão importando gasolina dos Estados Unidos”, completou.

Lula disse que vai dar uma guinada na forma de administrar o Brasil. “Nós vamos fazer uma coisa que é normal mais uma vez: colocar o pobre no orçamento e o rico no Imposto de Renda para que a gente possa mais uma vez ter dinheiro suficiente para resolver os problemas deste país”, frisou.

Em outro trecho do discurso, Lula demonstrou incomodo com a tentativa de excluir o PT dos méritos pela transposição das águas do Rio São Francisco e não poupou o ex-ministro Rogério Marinho (PL). “Eu não poderia conceber a ideia de que uma parte do país via a sua cabrinha morrer de sede, o seu cachorro morrer de sede e a vaquinha morrer de sede porque não tinha um pouco d’água. Nós além de fazer a transposição, que agora o Bozo está dizendo que ele que fez. Outro dia eu vi um baixinho, um tal de Marinho, é daqui? Eu não sabia de onde ele era. Eu sei que ele é dos preferidos do Bozo e ele estava numa TV pública dizendo que levou água para o Rio Grande do Norte, Paraíba e Ceará. O desgraçado não quer nem pagar pelo plágio que está fazendo porque todo mundo sabe que quem construiu 88% do canal foram os governos do PT”, declarou.

O evento contou com as presenças da governadora Fátima Bezerra (PT), do pré-candidato a vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB), do ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT), vice-governador Antenor Roberto (PC do B), do deputado federal Rafael Motta (PSB), do ex-senador Garibaldi Alves Filho (MDB), da deputada federal Natália Bonavides (PT), do deputado federal Walter Alves (MDB), dos senadores Jean Paul Prates (PT) e Zenaide Maia (PROS), dos deputados estaduais Francisco do PT e Isolda Dantas (PT) e das vereadoras vereadoras Brisa Bracchi e Divaneide Basílio (PT).

Reação

Rogério foi as redes sociais rebater o ataque. “Lula vem ao meu estado e me chama de ‘baixinho e desgraçado’. Não sabe ele que a estatura física pouco importa. O que realmente importa é a ESTATURA MORAL ! Exatamente o que falta a ele na sua vergonhosa trajetória política”, escreveu no Twitter.

Ele ainda acusou o ex-presidente de mentir. “Lula continua o mesmo:Mentiroso e arrogante! Mentiu quando disse que a Transposição do São Francisco seria concluída em 2012,voltou a mentir quando marcou a conclusão para 2015. Quando chegamos ao Gov, encontramos obras paradas,canais p refazer, abandono,um mar de irregularidades*”, disparou.

*Grafia conforme a postagem de Rogério Marinho.

Comments

comments

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter