Entidade cobra posição do Governo sobre aeroporto

Governador-inicia-agenda-de-três-dias-entregando-reforma-do-Aeroporto-de-Mossoró_06-Ivanízio-Ramos

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Mossoró, juntamente com as demais entidades de classe que representam setores da construção civil, indústrias e hotéis da região de Mossoró, protocolaram ofício, no terça-feira, dia 07.03, solicitando audiência, em caráter de urgência, com o governador Robinson Faria para esclarecer o plano de liberação do Aeroporto Dix-sept Rosado.

Após reunião realizada em fevereiro entre as entidades e representantes do Aeroporto, foi apresentado relatório pela própria administração onde apontava uma série de reivindicações da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), Azul Linhas Aéreas e Corpo de Bombeiro que podem retardar a liberação do equipamento aeroportuário de Mossoró.

A audiência tem o objetivo de cobrar respostas do Governo do Estado e entender como o poder público pretender se posicionar assim que o relatório de reivindicações for finalizado pela ANAC. A CDL Mossoró lembra que o prazo para início das operações da Linhas Aéreas foi anunciado pelo governo para o mês de abril. Outro ponto mencionado no ofício diz respeito ao aeroporto de Aracati. Distante cerca de 90 km de Mossoró, lá o equipamento já recebeu autorização de funcionamento e poderá dificultar novas avaliações pela ANAC em Mossoró, ponto observado pelas entidades no ofício.

Além da CDL Mossoró, também protocolaram o ofício a Associação Comercial e Industrial de Mossoró (ACIM), Sindicato do Comércio Varejista de Mossoró (Sindivarejo), Sindicato da Construção Civil de Mossoró (SINDUSCON), Mossoró Convention & Visitors Bureau (MC&VB), Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do RN (ABIH) e Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e similares do RN (SHRBS-RN).

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *