Fábio Faria deixa claro que não vai lutar pela permanência da Petrobras no RN: “Governo liberal”

Fábio Faria se junta com dirigentes da Petrobras para tratar saída da estatal como fato consumado (Foto: reprodução)

Em um vídeo postado nas redes sociais o ministro das comunicações Fábio Faria deixou bem claro que não vai interceder juntos ao presidente Jair Bolsonaro para que a Petrobras não só permaneça no Rio Grande do Norte como retome os investimentos.

Fábio aparece reunido com os dirigentes da Petrobras Roberto Furian Ardenghy (diretor executivo de relacionamento institucional), Fernando Borges (gerente executivo de relacionamento externo) e João Romeiro (gerente de relacionamento com poder público federal).

Em sua fala ele volta a criticar a governadora Fátima Bezerra (PT) a quem acusa de ter se limitado a criticar o presidente. “Em dezembro de 2019 o presidente Roberto (Castello Branco) anunciou para o mundo inteiro, o Brasil inteiro que eles iriam se desfazer dos campos rasos e campos terrestres e ele não recebeu nenhuma ligação da governadora tratando desse tema”*, garantiu.

Ele alegou ainda que a Petrobras está em uma outra fase. “A Petrobras pertence a um governo liberal e não é mais um puxadinho do Governo”, declarou.

Segue abaixo o vídeo com as falas de Fábio e dos diretores da Petrobras:

*Das duas uma ou Fábio Faria está mentindo sobre a omissão da governadora ou enganaram ele. Numa rápida conferida no Google detectamos que Fátima Bezerra esteve reunida com Roberto Castello Branco em fevereiro deste ano e recebeu dele a garantia de que a Petrobras não deixaria o Estado. Inclusive o próprio Roberto Ardenghy que participa do vídeo acima esteve presente.

Segue o link:

http://tribunadajustica.com.br/em-nova-reuniao-fatima-trata-de-permanencia-da-petrobras-no-rn/

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *