Fábio Faria mente para atacar adversários e processa quando ele é o alvo da calúnia (Foto: reprodução)

Fábio Faria quer ser senador para votar pela permanência do teto de gastos, reforma trabalhista e política de preços que fez gasolina disparar

A proposta do PT de revogar a reforma trabalhista e acabar com o teto de gastos irritou muita gente da elite econômica e política brasileira.

Apesar das medidas não terem entregado os resultados prometidos, muito pelo contrário a situação piorou ano a ano, ainda existem políticos que apostam na manutenção delas.

Um deles é o ministro das comunicações Fábio Faria (PSD) que sonha se eleger senador. Ele acha que o eleitor potiguar concorda com o teto de gastos, reforma trabalhista e também com a política de preços dos combustíveis adotada por Michel Temer e mantida por Jair Bolsonaro.

Disse Fábio em resposta a um post da presidente nacional do PT Gleisi Hoffman no Twitter:

1- Acabar com o teto de gastos.

2- Revogar a reforma trabalhista.

3- Interferir no preço do combustível.

Aos poucos o PT vai mostrando a cara e o que ele quer para o Brasil.

O nosso País não vai entrar no retrocesso!!

#NÃOaoPT

Fábio Faria acredita que dá para se eleger com apostas que prejudicaram os mais pobres e com apoio de um Bolsonaro com mais de 60% de rejeição entre os potiguares.

Talvez dê certo chegar ao Senado por São Paulo, onde mora. Lá essas ideias são mais aceitas.

Aqui é o post de Fábio é uma peça de propaganda para o senador Jean Paul Prates (PT).

Comments

comments

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter