Fátima Bezerra assinou investimentos de R$ 20 milhões em recuperação de estradas (Foto: Elisa Elsie)

Fátima afirma que só foi possível investir na recuperação de estradas após recuperar situação fiscal do Estado

A governadora Fátima Bezerra (PT) explicou que só agora foi possível iniciar o processo de recuperação das estradas estaduais por causa do rombo fiscal herdado da gestão de Robinson Faria (PSB) cujo problema maior foi o atraso de quatro folhas salariais.

“Em 2019 assumimos o Estado com quatro folhas salariais dos servidores em atraso que somavam R$ 1 bilhão, fornecedores em atraso, estradas e hospitais sucateados, na segurança pública o RN era considerado o Estado mais violento do país. Mas com muito trabalho e uma equipe competente, pagamos os atrasados, saneamos as contas públicas e agora estamos fazendo investimentos como estes”, explicou.

Fátima Bezerra assinou a autorização para a restauração de 16 trechos críticos de rodovias nas regiões Seridó, Agreste, Oeste e Alto Oeste, no valor de mais de R$ 20 milhões.

Ao todo o Governo do RN está investindo R$ 53 milhões na execução do Programa de Restauração de Trechos Críticos das rodovias estaduais. A iniciativa é com recursos próprios.

As ordens de serviço assinadas ontem vão contemplar os trechos: Região Seridó – RN 228, São José do Seridó/Caicó ligando a RN118/BR427. RN 087, Florânia/Tenente Laurentino. RN 087, São Vicente/Florânia, BR226. RN 082 Ouro Branco/divisa com a Paraíba. RN 089 Ouro Branco/Jardim do Seridó, BR427. RN 081, Santana do Seridó. Região Agreste – RN 120, Nova Cruz. RN 269, Barra do Cunhaú/acesso a Vila Flor. RN 003 Espírito Santo/Jundiá. RN 001 Lagoa D’Anta. RN 160 Vera Cruz/Monte Alegre. RN 203, São Tomé/Cerro Corá. RN 203, Barcelona/São Tomé. RN 221, Macau. Região Oeste RN 177, São Miguel/divisa com Pereiro/CE. RN 233, Caraúbas/Apodi. Os serviços serão executados pelas construtoras CLC, Nova Tec e Potiguar.

 

Comments

comments

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter