Hermano critica condução de processo no PV (Foto: reprodução)

Hermano questiona legitimidade de decisão do PV

O deputado estadual Hermano Morais (PV) em entrevista ao programa Band Cidade questionou a legitimidade da votação do PV que decidiu por 12 x 10 que o partido vai apoio o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT).

Para o pevista seriam necessário numa tomada de decisão deste nível a presença dos deputados do partido (Ele, George Soares, Eudiane Macedo e Vivaldo Costa). “Com todo respeito aos integrantes do partido que participaram da reunião acho que caberia numa decisão tão importante a presença dos que representam o partido no legislativo estadual”, comentou.

Hermano informou que o convite para a reunião foi feito de última hora. “Nem eu nem meus colegas deputados, somos quatro deputados, participamos dessa reunião. Eu respeito a direção do partido e a reunião aconteceu num sábado e eu fui avisado através de um assessor já tarde da noite da sexta-feira e a gente já tinha toda uma programação. Estamos no período pré-eleitoral e no período junino. Essa reunião aconteceu no sábado e hoje eu sabendo pela imprensa o resultado me parece 12 x 10”, declarou.

A crise no PV está instalada.

Comments

comments

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter